Brumado: Mosaísta morre após perder controle de motocicleta na Fazenda Lamarão

10 Mai 2020 - 14:25h

O mosaísta Leonardo Guenes de Oliveira morreu na tarde deste domingo (10) vítima de acidente na Fazenda Lamarão, na cidade de Brumado. Segundo apurou o site Achei Sudoeste, Léo Guenes, como era conhecido, trafegava pela localidade, quando perdeu o controle da direção da motocicleta e foi arremessado ao solo. O capacete acabou soltando da cabeça de Leonardo. Devido a gravidade do impacto, o artista morreu na hora. Oliveira era filho da psicóloga Fátima Guenes. A Polícia Militar foi acionada e registou a ocorrência. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) realizou o levantamento cadavérico. O copo de Oliveira foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), em Brumado, para ser necropsiado. 

Guenes produzia peças originais desenvolvidas através da arte abstrata e de figuras temáticas. Suas coleções sempre agradavam os amantes da boa arte moderna. Ele mantinha um box no mercado Municipal de Artes e já havia realizado duas exposições dos seus trabalhos na cidade. Léo estava em atividade na construção de um grande mosaico retratando a natureza e a empatia da convivência social no prédio de uma das mais tradicionais unidades de ensino particular da cidade, localizada na Avenida Otávio Mangabeira. Léo faleceu sem concluir seu sonho de poder administrar cursos de mosaico a interessados. “Todo talento deve ser repassado. O dom me foi dado e não posso deixá-lo morrer em mim, tenho que repassá-lo nem que seja teoricamente”, disse o artista em entrevista anterior ao site Achei Sudoeste. Clique aqui e aqui e veja as reportagens publicadas em nosso site com Léo Guenes.

Comentários

Robson Trindade

"Conheci muito pouco o mosaicista Leonardo Guenes, ele e eu nos encontramos duas vezes e, mesmo assim, por breves instantes. Numa das oportunidades que tive de encontrá-lo chegamos a conversar sobre arte e sobre a situação atual da cultura no Brasil. Para mim, o mais triste desse trágico acidente com o artista Léo é que o fato ocorreu em pleno domingo, Dia das Mães, um dia que tem um significado simbólico bastante grande para todas as pessoas. Tudo isso, acaba contribuindo por tornar o luto dos familiares, amigos e colegas do artista plástico Leonardo Guenes muito mais dramático e doloroso. Sei que é muito difícil curar as dores no coração de uma mãe que sofre a perda de um filho que morre de forma trágica ou outra forma repentina, só me resta agora pedir a Deus que alivie os sofrimentos e aflições nos corações e mentes de todas as mães que se encontram nessa mesma situação tão triste e angustiante, principalmente nos tempos atuais, num mundo cheio de incertezas onde a morte se encontra tão próxima e tão presente na vida de todos nós."

Deixar comentário

Comentário