Brumado: Aglomerações nos finais de semana são mais prejudiciais do que o comércio funcionando, pondera presidente da CDL

25 Mai 2020 - 07:00h

Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Brumado, Manoel Messias, comentou a decisão da comissão de enfrentamento ao novo coronavírus de manter o comércio aberto. Ele afirmou que a prefeitura e a CDL estão alinhadas no sentido de garantir o bem comum e que trabalham para encontrar o ponto de equilíbrio entre saúde e economia. “A gente sabe que, se apertar a questão da saúde, é claro que vamos optar por preservar a saúde dos munícipes. Não podemos estar numa situação que permita vivermos a saúde econômica, sem afetar a saúde humana, e estarmos parados sacrificando a nossa saúde econômica por conta de uma pandemia psicológica. Temos segurança de estarmos funcionando como está”, avaliou. Para Messias, a postura da comunidade frente às aglomerações, encontros nos finais de semana, churrascos é muito mais preocupante do que a circulação no comércio. “Parabenizo a população nos seus 80% que realmente está preocupada, obedecendo, usando a máscara, mas, infelizmente, existem alguns que afrontam e não acreditam na gravidade da situação. Podemos passar por isso muito bem se nos prevenirmos. A gente conclama a todos para seguirem as normas para proteger a si e ao próximo”.

Comentários

Amaury

"Concordo, tem que criar regras duras para mercadinhos e padarias de bairro, fiscalizar e multar porque vedem bebidas quentes e geladas, o pessoal compra e ficam bebendo no entorno dos comércios fazendo aglomerações nas portas das residências próximas."

Deixar comentário

Comentário

mais notícias