Fumantes são mais propensos a desenvolver casos graves da Covid-19, diz OMS

11 Jul 2020 - 09:20h

O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS) Tedros Adhanom Ghebreyesus afirmou que fumantes são mais propensos a desenvolver casos mais graves da Covid-19. Segundo o portal G1, o representante disse que é urgente que as pessoas parem de fumar com a pandemia. A declaração foi dada durante a coletiva de imprensa semanal desta sexta-feira (10). A OMS lançou um programa gratuito para ajudar 1 bilhão de pessoas a parar de fumar e, com isso, reduzir os riscos em caso da Covid-19. “Essa iniciativa ajudará a acessar gratuitamente os recursos necessários para deixar o tabaco, como terapia de reposição de nicotina e acesso a um profissional de saúde digital para aconselhamento (sobre Covid-19 e nicotina)”, explicou o diretor-geral. Nas últimas seis semanas os casos do novo coronavírus passaram do dobro, de acordo com o representante. Mais de 12 milhões de casos foram descobertos. “Mais de 544.000 vidas foram perdidas. A pandemia ainda está se acelerando”, alertou.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias