Cemitério Municipal de Guanambi entra em colapso e não há mais vagas para abertura de covas

03 Ago 2020 - 08:00h

Na sexta-feira (31), em desabafo na Rádio 96 FM de Guanambi, uma família denunciou que não conseguiu espaço para enterrar um ente querido no Cemitério Municipal. Eles chegaram a entrar em contato com o coveiro para abertura da cova, mas o mesmo disse que não há mais espaço no local. A família terá de pagar R$ 3 mil para sepultar o corpo no cemitério particular Jardim Juliana. “Não tem espaço no cemitério municipal. Onde vamos enterrar nossa tia? Não temos condições de pagar R$ 3 mil. Quer dizer que não podemos morrer mais? É desesperador passar por isso”, declarou um familiar, bastante abalada.

Somente familiares que têm jazigo no cemitério consegue realizar os sepultamentos. Segundo informações obtidas pelo Achei Sudoeste, há dois anos, as covas vinham sendo abertas em espaços de passagem devido ao colapso no espaço, porém, agora, não há mais nenhuma vaga. A população cobra do poder público municipal uma resposta para a situação. 

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias