Brumado: Podemos pede expulsão do vereador eleito Renato Santos por infidelidade partidária

24 Nov 2020 - 16:00h

O Podemos (Pode), por meio do Conselho de Ética e Disciplina Partidária, notificou o candidato eleito ao cargo de vereador pela sigla nessas eleições 2020, Renato Santos Teixeira, para apresentar defesa, no prazo de 10 dias, em relação aos fatos constantes na denúncia de descumprimento das normas do estatuto. Segundo apurou o site Achei Sudoeste, consta na denúncia que no dia 13 de novembro, dois dias antes da eleição, Renato Santos fez duas lives em apoio ao então candidato a prefeito Geraldo Leite Azevedo (PP), descumprindo diversas normas e princípios estatutários, já que o seu partido, o Podemos, indicou como vice-prefeito o médico oftalmologista Aurino Rocha para compor a chapa majoritária do então candidato a prefeito Fabrício Abrantes (DEM). De acordo com a denúncia, Renato Santos se valeu da estrutura partidária, do quociente eleitoral e, sem qualquer justificativa, apoiou candidato adversário, sendo infiel e tentando prejudicar o partido que o elegeu, violando as regras democráticas e gerando insegurança nas futuras relações entre candidatos e partido nas eleições deste município. A denúncia pede ao Conselho de Ética a expulsão de Renato Santos Teixeira do Podemos, uma vez reconhecida a sua infidelidade e a violação ao estatuto partidário.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário