Bebê que teve parto prematuro nasce com anticorpos contra a Covid-19 na Bulgária

22 Jan 2021 - 10:30h

Um bebê na Bulgária nasceu com anticorpos contra a covid, depois que a mãe contraiu o vírus no sétimo mês de gravidez, informou a mídia local. A mulher de 28 anos, da cidade de Pazardzhik, no sul do país, teve que dar à luz por cesariana, pois sofreu alterações na placenta e a covid também limitou o crescimento do feto, disse a Rádio Bulgária. Apesar das complicações, o bebê nasceu pesando 2,75 kg e medindo, 46 centímetros e estava bem de saúde, segundo os médicos.  De acordo com a Revista Crescer, esse não é o primeiro bebê que nasceu com anticorpos contra a covid. O primeiro caso de uma possível transmissão pela placenta ocorreu em março, em um hospital de Paris, onde a mãe, que foi infectada por covid na última fase da gravidez, foi submetida a uma cesariana de urgência. Ao longo de 2020, também foram relatados casos em países como na China, Singapura e Espanha. A Organização Mundial da Saúde (OMS) disse que ainda não é possível afirmar se gestantes com covid-19 transmitem o vírus ao bebê. Até agora, ainda não existem comprovações suficientes de que o vírus ativo seja transmitido pela placenta ou pelo leite materno, apesar de estudos mostrando que é possível.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias