Brumado: Médico que atuava na linha de frente no combate à pandemia morre de coronavírus

25 Jan 2021 - 13:00h

O médico brumadense Sizóstenes Lívio Cunha de Almeida, 44 anos, que atuava na linha de frente no combate à pandemia, morreu vítima da Covid-19 na manhã desta segunda-feira (25). A informação foi confirmada ao site Achei Sudoeste pelo fisioterapeuta Tito Almeida, que é irmão de Lívio. Segundo Tito, a infecção pulmonar se agravou, causando infecção generalizada. “A saturação de oxigênio caiu e, infelizmente, agora pela manhã ele faleceu. É muito difícil. Faleceu lutando contra a Covid-19, esse era o propósito de sua vida”, relatou. O médico completou 44 anos enquanto estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), em Vitória da Conquista.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias