Brumado: Secretário de saúde não aprova penalizar todo o comércio com o lockdown

01 Mar 2021 - 00:00h

O Governo do Estado determinou o fechamento de todos os serviços não essenciais desde às 17h da última sexta-feira (26), em virtude do expressivo aumento de casos e óbitos da Covid-19 na Bahia. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o secretário de saúde de Brumado, Cláudio Soares Feres, declarou que o município irá acompanhar a determinação. “Esperamos a colaboração e compreensão de toda população brumadense em respeitar esse decreto estadual. Isso se faz necessário em razão do colapso e estrangulamento da rede de saúde no município”, afirmou. O lockdown foi estabelecido até às 5h da manhã de quarta-feira (3). O secretário ponderou que nem todo comércio não deve ser penalizado. “Isso deve ser repensado. Precisamos buscar uma saída, talvez de fechamento de locais que são passíveis de gerar maior aglomeração, como bares, restaurantes, lanchonetes, lotéricas e clubes. Não defendo esse fechamento total”, argumentou. 

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.


Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Achei Sudoeste. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias