Equipe formada por médicos baianos realiza cirurgia de separação de gêmeos siameses em Salvador

07 Mai 2021 - 10:30h

Pela primeira vez, uma cirurgia de separação de bebês siameses foi realizada em Salvador, apenas por profissionais baianos. O procedimento foi feito por uma equipe multidisciplinar do Hospital Ana Nery e da Maternidade Professor José Maria de Magalhães Netto, e aconteceu na terça-feira (4), na unidade de saúde. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab), os bebês Nathan e Nathanael nasceram prematuros em dezembro de 2020, na maternidade. Eles nasceram interligados pelo tórax e abdômen, e os dois apresentavam cardiopatias congênitas. Além disso, os irmãos dividiam o fígado e um circuito vascular. Ainda segundo a Sesab, os bebês estavam sob uso de ventilação mecânica e de drogas vasoativas desde o primeiro dia de vida, para continuarem vivos. Apesar de ter sido um procedimento bem sucedido, Nathanael, que apresentava quadro grave de cardiopatia congênita, não sobreviveu depois de uma parada cardiorrespiratória, após a cirurgia. Para o procedimento, cerca de 50 profissionais de saúde se dedicaram a estudar o caso, durante os últimos quatro meses. Participaram da cirurgia oito profissionais da Cirurgia Pediátrica; três na equipe cardíaca; quatro anestesistas, além do suporte da enfermagem e técnicos. Em novembro de 2020, a maternidade realizou uma cirurgia para separação de duas irmãs siamesas. As irmãs Aila e Maylla Gabriely nasceram em 29 de outubro, na mesma unidade de saúde onde foi realizada a cirurgia de separação. Porém, após a cirurgia, Aila não resistiu e faleceu.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.


Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Achei Sudoeste. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias