Brumado: Uso indevido de carro legislativo pode culminar na perda do mandato parlamentar, diz advogado

26 Jul 2021 - 00:00h

Um veículo oficial da Câmara de Brumado foi flagrado na quinta-feira (22) transportando membros de uma empresa para participar de uma licitação na cidade de Caetité (veja aqui). O vereador Wanderley Amorim da Silva (DEM), o Nem, realizou a solicitação de uso do carro à presidência da casa. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o advogado eleitoral Manoel Nunes destacou que a situação pode ensejar, de forma concomitante, três tipos de responsabilização ao agente político: uma infração político administrativa no próprio parlamento, um processo judicial por ato de improbidade administrativa e um processo criminal, a depender das nuances do caso concreto. Segundo Nunes, o parlamentar pode perder o mandato político em qualquer das instâncias. “A Câmara não pode, sob pena de prevaricação, se eximir de apurar o possível fato infracional”, pontuou. A presidência da Câmara Municipal deverá esperar o retorno do recesso parlamentar no dia 2 de agosto para abrir uma sindicância com a finalidade de apurar os fatos.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.


Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Achei Sudoeste. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias