Brumado: Polícia investiga suposto estupro coletivo e faz alerta quanto à publicação indevida de imagens

01 Nov 2021 - 12:00h

A Polícia Civil de Brumado está investigando denúncias de um suposto estupro coletivo ocorrido na cidade. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o delegado titular da Delegacia Territorial de Brumado, Paulo Henrique, alertou à população que qualquer crime de natureza sexual é resguardado pelo segredo de justiça. “Devemos expor o mínimo possível a vítima de qualquer crime sexual. Não divulgue, não compartilhe, por mais que seja para querer justiça. O único órgão que precisa saber é a polícia e a polícia já está ciente e tomando as providências”, garantiu. O delegado informou que existe um crime específico para quem divulgar cenas de sexo sem autorização dos participantes, com pena prevista de até 5 anos de reclusão. “Peço para que as pessoas tomem conta de suas vidas. Não podemos expor as vítimas de um crime como esse. As pessoas precisam ter ciência disso”, reiterou.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.


Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Achei Sudoeste. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias