Suspeito de balear ex-namorada e matar companheiro dela é preso no norte da Bahia

25 Nov 2021 - 14:30h

O homem suspeito de balear a ex-namorada e matar o atual companheiro dela na cidade de Curaçá, no norte da Bahia, foi preso pela Polícia Civil na quarta-feira (24). Joaquim de Araújo foi interrogado na presença de um advogado na delegacia e admitiu, em depoimento, ter cometido o crime. As informações preliminares apontam que Joaquim atentou contra a vida das vítimas por não aceitar o fim do relacionamento que tinha com a mulher, Maria Gorethe. Segundo a polícia, ele disse que atirou por ter se sentido “ofendido pelas vítimas”. Além disso, Joaquim revelou também que perdeu a arma do crime em um rio da região. Segundo a polícia, ele também confessou já ter cometido atentado contra outra ex-companheira. Joaquim passou por exames de lesões corporais e segue preso à disposição da Justiça nesta quinta (25) e deve ser indiciado por homicídio duplamente qualificado, por motivo fútil e dificultar a defesa da vítima, e tentativa triplamente qualificada. O homem deve ser encaminhado para o Conjunto Penal de Juazeiro. O crime ocorreu na noite da última segunda-feira (22), em um bar no Centro de Curaçá, e uma câmera de segurança registrou o momento em que o suspeito chegou ao local. Maria Gorethe estava com o então companheiro, Sebastião Evangelista, quando Joaquim atirou contra os dois. As vítimas foram socorridas para o Hospital de Urgências e Traumas, que fica em Petrolina (PE), cidade vizinha a Curaçá. Maria Gorethe está internada na unidade, mas não corre risco de morte. Sebastião não resistiu aos ferimentos. O corpo dele foi enterrado na quarta-feira (24).

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.


Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Achei Sudoeste. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias