Achei Sudoeste
Achei Sudoeste
secretariadecultura
Governador inaugura novo centro cultural e melhorias na infraestrutura em Érico Cardoso Foto: Mateus Pereira/GOVBA

O novo Centro Cultural de Érico Cardoso foi inaugurado, nesta sexta-feira (3), com uma estrutura moderna projetada para abrigar a rica cultura da região do Vale do Paramirim. Em visita ao município, o governador Jerônimo Rodrigues (PT) entregou o equipamento, que contou com um investimento de mais de R$ 1 milhão nas obras de construção de salão de dança térreo e superior, palco, sistema de som, bar, cozinha, sala administrativa e sanitários. O secretário da Cultura, Bruno Monteiro, destacou a importância de mais um centro cultural construído no interior da Bahia. “Este espaço será uma fonte de inspiração, um local onde a criatividade florescerá e a comunidade poderá compartilhar suas expressões artísticas. É uma celebração de nossa herança cultural e um investimento no enriquecimento cultural de nossa cidade e região”.

Governador inaugura novo centro cultural e melhorias na infraestrutura em Érico Cardoso Foto: Mateus Pereira/GOVBA

Além disso, durante a agenda em Érico Cardoso, o governador Jerônimo Rodrigues entregou várias outras melhorias para a população. Isso inclui a revitalização e ampliação da Praça São João e a pavimentação em paralelepípedo das Ruas A, B, C e D, na Comunidade do Brejo. Ele ainda deu por entregue a iluminação em LED do Estádio Municipal de Futebol do município. O governador também assinou um convênio com a prefeitura para reforma e adequação do Hospital Municipal Drª Monalisa Louzada, com um investimento de R$ 3,4 milhões. Além disso, foi autorizado o processo licitatório para a construção de três pontes na localidade de Morro do Fogo. Essas ações abrangem investimentos significativos em infraestrutura e melhorias nas atividades econômicas locais, como agricultura e pecuária.

Secult-BA prorroga inscrições para editais da Paulo Gustavo Bahia até dia 30 de outubro

A Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (Secult-BA) prorrogou o prazo para inscrição de projetos nos 26 editais da Paulo Gustavo Bahia (PGBA) para às 11h59 do dia 30 de outubro (segunda-feira). De acordo com o secretário de Cultura da Bahia, Bruno Monteiro, a Secult-BA fez todas as adaptações necessárias ao cronograma e à equipe técnica para ampliar o prazo e atender a solicitação da sociedade civil. “O nosso governo está comprometido no diálogo com a sociedade baiana e, com muita sensibilidade, discutimos as demandas do setor cultural com as nossas as equipes e pudemos, de forma responsável, fazer todas as adequações necessárias para prorrogar as inscrições dos 26 editais da Paulo Gustavo Bahia, garantindo maior participação e o maior recebimento de propostas”, diz. As inscrições para os editais da PGBA iniciaram no dia 26 de setembro, depois de uma semana de disponibilizados para consulta no site da secretaria (www.cultura.ba.gov.br).

Brumado: Representantes culturais recebem formação para edital da Lei Paulo Gustavo Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

O assessor técnico da diretoria de espaços culturais da Superintendência de Territorialização da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, Thiago Carvalho, está na cidade de Brumado para uma formação a respeito do Edital da Lei Paulo Gustavo, o qual compreende a manutenção e a implementação de espaços culturais insurgentes e alternativos, como bares, lonas de circo, arenas e ateliês. O curso aconteceu na tarde desta terça-feira (10), na Uneb. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, Carvalho explicou que esses espaços desenvolvem suas atividades sem uma contribuição cultural ou uma política de estado. O referido edital da Lei Paulo Gustavo é uma oportunidade para obtenção de incentivo a essas atividades culturais. Ao todo, segundo o assessor, uma demanda de 60 propostas será contemplada. A Bahia recebeu o aporte de R$ 150 milhões que foram divididos em 26 editais com propostas diversas. As inscrições seguem até o dia 26 de outubro.

Secretário de Cultura de Guanambi é esfaqueado em discussão de trânsito Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

O secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Victor Oliveira Boa Sorte, foi esfaqueado após uma discussão de trânsito, na noite desta quinta-feira (12), por volta das 21h, na BR-030, trecho urbano do município de Guanambi, na região sudoeste da Bahia. Segundo apurou o site Achei Sudoeste, o secretário estava em seu veículo particular com sua família, quando foi fechado por um caminhão, em uma rotatória, em frente ao Espaço Brasil, na cidade beija-flor. De acordo com testemunhas, o veículo de Victor havia sido fechado três vezes pelo caminhoneiro. Boa Sorte parou seu veículo para que o caminhoneiro seguisse sua viagem, mas foi atingido com duas facadas, sendo uma no tórax e outra no braço. Segundo a Polícia Civil, o secretário disse ao caminhoneiro que ele quase matou a sua família, momento em que foi golpeado e ameaçado de morte. Ele foi socorrido e encaminhado para o Hospital Geral de Guanambi (HGG). Durante a madrugada, Oliveira passou por cirurgia e passa bem. Não há informações sobre alta hospitalar. O caminhoneiro ainda não foi identificado e localizado. Ele empreendeu fuga sentido a Caetité. O caso já está sendo investigado pela 22ª Coordeadoria de Polícia do Interior (Coorpin), que apura a tentativa de homicídio contra Boa Sorte. (Matéria atualizada às 09h20).

Livramento de Nossa Senhora celebra 102 anos com festa, missa e grandes atrações Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

A cidade de Livramento de Nossa Senhora, na região sudoeste da Bahia, está em festa em razão das comemorações pelos 102 anos de emancipação política. Ao site Achei Sudoeste, o secretário de cultura do município, Hugo Lino Lima, informou que a celebração acontecerá nesta quinta (05), sexta-feira (06) e sábado (07). “É uma cidade hospitaleira, que acolhe e cuida. Temos aqui uma grande variedade de pessoas que amam esta terra e não poderíamos deixar de presenteá-la com essa grande festa”, afirmou. O evento promete movimentar a cidade e região. Os shows começam às 21h30, na principal avenida do município, onde um trio elétrico vai fazer a alegria do público presente. O cantor Bell Marques será a atração mais aguardada da noite. No dia 6, aniversário do município, antes do início dos shows, uma missa será celebrada para marcar a data. No dia 7, um evento gospel foi especialmente preparado com a presença da cantora Fernanda Brum e demais artistas. O secretário destacou que tudo foi organizado com muito carinho e pensando na segurança e lazer da população. “Esse grandioso evento vai movimentar a nossa economia, a rede hoteleira, o turismo, os barzinhos, as lojas, enfim todo nosso município. Além de garantir o lazer, a roda da economia vai girar. Serão três dias de festa para abrilhantar o aniversário do nosso município. Estamos de braços abertos para receber a todos”, destacou.

Brumado: Conselho e artistas comemoram primeira aprovação do Fundo de Cultura Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

O projeto para criação do Fundo Municipal de Cultura foi aprovado em primeira votação na Câmara de Vereadores de Brumado, no Sertão Produtivo. Ao site Achei Sudoeste, o presidente do Conselho Municipal de Cultura, Vítor Carvalho, comemorou a aprovação e destacou que a criação do fundo cultural será um marco muito importante para o município. “Com essa criação, poderemos movimentar a cultura de Brumado de uma forma nunca vista antes. Tô bem confiante com esse projeto”, afirmou. Carvalho adiantou que, assim que a proposta for aprovada na segunda votação, o Conselho Municipal já lançará o primeiro edital da Lei Paulo Gustavo em benefício do segmento da cultura. Diversos representantes do setor marcaram presença na sessão que deu início à votação do projeto. Para o presidente do Conselho de Cultura, essa participação expressiva é fundamental, não só para pressionar os vereadores, mas também para mostrar que a classe artística e cultural é ativa e atuante no segmento. “Isso fez uma diferença enorme”, pontuou.  

Governador promete retornar a Guanambi com projetos para cultura e segurança pública Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Em sua visita ao município de Guanambi, na região sudoeste da Bahia, nesta segunda-feira (02), o governador Jerônimo Rodrigues (PT) garantiu que voltará à cidade ainda neste mês de outubro com uma agenda específica para atender as demandas da população. Questionado sobre a segurança pública, o governador disse que, nesse próximo bloco de concursos, espera sanar a demanda de médico legista para o Instituto Médico Legal (IML) na cidade. Rodrigues ainda destacou que falará sobre o Centro Municipal de Cultura, bem como projetos para áreas de cultura e segurança pública. A unidade cultural está há cinco anos fechada.

Brumado: Fundo de Cultura será fundamental para recebimento de benefícios do governo Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

O Conselho Municipal de Cultura elaborou um projeto de lei para criação do Fundo de Cultura de Brumado. Ao site Achei Sudoeste, Vitor Carvalho, presidente do órgão, explicou que o projeto prevê a criação de duas ferramentas extremamente importantes para a gestão de cultura no município: o Sistema Municipal de Cultura e o Fundo Municipal de Cultural. Este último, conforme salientou, é essencial para a gestão das despesas da área. “Por exemplo, se tivermos algum investimento na cultura para receber, como a Lei Paulo Gustavo e a Aldir Blanc, sem o Fundo de Cultura não conseguimos receber esse recurso. A Aldir Blanc I não tinha essa exigência de ter um fundo próprio de cultura”, afirmou. Desta vez, o Município de Brumado celebrou um termo de cooperação com o Ministério da Cultura, o qual determinou a criação das duas ferramentas acima referidas. Segundo Carvalho, o Sistema Municipal de Cultura também é fundamental, não só pela obrigação, mas pela gerência desse fundo, visto que é composto pela Secretaria Municipal de Cultura, pelo Conselho Municipal de Cultura e pelo Fundo Municipal de Cultura, três pilares para gestão da cultura no município.  

Estudantes protagonizam atividades artísticas e culturais em festival literário em Carinhanha Foto: Divulgação/SEC

Os estudantes da rede estadual de ensino vêm se expressando nas distintas linguagens artísticas, como literatura, audiovisual, música e dança, nas feiras literárias realizadas nos municípios baianos com o apoio do Governo do Estado, por meio das secretarias da Educação (SEC) e da Cultura (Secult). Nesta semana, por exemplo, está acontecendo a I Feira Literária de Carinhanha (Flicar), na região sudoeste da Bahia, que começou na quarta (20) e prossegue até sexta-feira (22). E a partir desta quinta-feira (21) até sábado (23) será realizada mais uma edição do Festival Literário em Carinhanha, na região sudoeste da Bahia, com o tema: “200 anos: ditos e não ditos sobre a nossa história”. E o festival em Itaparica apresenta o tema: “Com tiranos não combinam”. As programações da Flicar e do Festival são repletas de atividades como palestras, apresentação de dança, de exposições e homenagens a artistas locais, além da participação de escolas e de estudantes da rede estadual. Entre os protagonistas da Flicar, por exemplo, estão os alunos do Colégio Estadual Velho Chico, localizado às margens do Rio São Francisco.

Estudantes protagonizam atividades artísticas e culturais em festival literário em Carinhanha Foto: Divulgação/SEC

Já na noite de abertura, os estudantes da unidade escolar apresentaram a peça teatral “Mulheres baianas que se destacaram na História do 2 de Julho”, mostrando a força e o protagonismo feminino de heroínas como Maria Felipa e Maria Quitéria. Para Gabriela Carvalho, 3º ano do Ensino Médio, a expectativa “está lá em cima”. “A Flicar é uma ação nova e de grande porte. Estamos trabalhando para mostrar o melhor que a cidade pode oferecer, através de sua história e vivências. Esperamos por dias incríveis em que todos vão poder ver e aprender como a leitura e as portas que ela abre podem fazer diferença na nossa vida”, afirma a estudante, que participou com outros integrantes da comunidade escolar da organização do stand do colégio, montado na Praça do Cais. Ela também integra o grupo que irá produzir um documentário sobre a iniciativa intitulado “Histórias que as águas trazem – olhares sobre a 1ª Feira Literária Internacional de Carinhanha – Flicar”.

Conselho Municipal de Cultura já possui estrutura completa em Brumado Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

O Conselho Municipal de Cultura de Brumado já possui presidentes, titulares e suplentes definidos. Os membros foram escolhidos e nomeados na última quinta-feira (14), por meio de publicação no Diário Oficial do Município. Ao total, 16 pessoas estão ligadas diretamente ao órgão: 8 membros da administração pública e 8 da sociedade civil, com 4 titulares e 4 suplentes de cada setor. O presidente do conselho é o advogado Victor Mattos, já o presidente de honra, que substitui o presidente quando necessário, é o atual secretário municipal das pastas de educação, cultura e esporte, João Nolasco. No momento, os conselheiros estão focados em enviarem o projeto de lei que cria o Fundo Municipal de Cultura para a Câmara de Vereadores. Por meio do fundo, o conselho terá recursos financeiros para apoiar projetos e programas artístico-culturais de Brumado. O órgão também está trabalhando na realização da Conferência Municipal de Cultura, que deve acontecer em breve e será um espaço democrático para discussões que visam fortalecer os segmentos culturais e as políticas públicas de incentivo à cultura.

Secretário de Cultura de Ilhéus é preso após agredir esposa Foto: Divulgação/SSP-BA

O secretário de Cultura e Turismo e o ex-secretário de Administração de Ilhéus, no sul da Bahia, foram presos após agredirem as respectivas esposas, na última semana. As informações são do G1. Nesta segunda-feira (18), nenhum dos dois está detido. Eles foram soltos depois de pagar fiança. O primeiro caso envolveu o atual secretário Fábio Manzi Júnior. Ele foi preso em flagrante, durante uma denúncia de violência doméstica, na última quinta-feira (14). A polícia não divulgou o valor da fiança paga por ele, nem deu detalhes sobre a prisão e liberação do secretário. Uma medida protetiva foi expedida em favor da esposa de Fábio. A reportagem da TV Santa Cruz, afiliada da TV Bahia, tentou contato com o secretário e com a assessoria da Prefeitura de Ilhéus, mas ainda não obteve retorno. Já o ex-secretário Dinailson Nascimento de Oliveira foi preso no sábado (16). Também autuado em flagrante, ele está sob investigação de lesão corporal e ameaça, em contexto de violência doméstica contra a companheira. A reportagem também tentou falar com o ex-secretário e a defesa dele, mas não conseguiu contato. A Justiça concedeu a ele liberdade provisória, a pedido da Defensoria Pública. Ele terá que cumprir medidas cautelares, como o afastamento da vítima, proibição de contato até por telefone ou redes sociais, e compromisso de comparecer a todos os atos processuais, até que haja julgamento.

Após 13 anos, município de Paramirim comemora aniversário com desfile cívico Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

A cidade de Paramirim, na região sudoeste da Bahia, completou 145 anos de emancipação político-administrativa no último sábado (16) e, para comemorar, a prefeitura, por meio da Secretaria de Educação e da Secretaria de Cultura, realizou um desfile cívico. O evento não era realizado há mais de uma década e agora voltou com a participação de todas as escolas municipais, da sede e da zona rural, do Colégio Estadual, Apae, Clube de Desbravadores da Igreja Adventista do Sétimo Dia, além de segmentos culturais do município, como grupo de capoeira, reisado, filarmônica, e grupos de religiões católica e africanas. O desfile de aniversário contou ainda com a participação de 6 fanfarras de municípios circunvizinhos, que entregaram belas apresentações e empolgaram todo o público. Segundo a Polícia Militar, cerca de 7 mil pessoas participaram do evento que, em suas 14 alas, falou sobre inclusão educacional, respeito, diversidade religiosa, feira livre de Paramirim, a história dos centros de ensino e a identidade cultural do município. Os paramirinhenses e visitantes foram unânimes em afirmar o quanto a volta do desfile cívico às ruas de Paramirim foi lindo, emocionante e um verdadeiro espetáculo.

Sertão Produtivo receberá R$ 4 milhões para agentes de cultura mediante Lei Paulo Gustavo Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

Em plenária extraordinária na última semana, o Conselho Estadual de Cultura aprovou os recursos que serão destinados aos municípios através da Lei Paulo Gustavo. Representando o Sertão Produtivo, o conselheiro Marcos Porto informou que, na reunião, foram aprovados 26 editais e o valor de R$ 148 milhões, o qual será distribuído em toda Bahia. Ao site Achei Sudoeste, Porto, explicou que o recurso será dividido entre os 27 territórios e a capital, beneficiando artistas e agentes culturais. “O Sertão Produtivo será premiado com mais de R$ 4 milhões. Todos os artistas e agentes culturais serão assistidos com o recurso”, afirmou. Neste ano, segundo Porto, a cota para negros e pardos aumentou para 50%. Os editais serão publicados em breve com todos os detalhes acerca dos projetos e público específico para participação. Os municípios contemplados são: Brumado, Caculé, Caetité, Candiba, Contendas do Sincorá, Dom Basílio, Guanambi, Ibiassucê, Ituaçu, Iuiu, Lagoa Real, Livramento de Nossa Senhora, Malhada de Pedras, Palmas de Monte Alto, Pindaí, Rio do Antônio, Sebastião Laranjeiras, Tanhaçu, Tanque Novo e Urandi.

Criado o Conselho Municipal de Política Cultural em Brumado Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

Na última sexta-feira (01), o Conselho Municipal de Política Cultural foi criado na cidade de Brumado. O órgão de caráter consultivo e deliberativo foi criado por meio de uma eleição. É composto por 8 membros, sendo 4 do poder público e 4 da sociedade civil. O próximo passo é a escolha do presidente, que será feita ainda nesta semana. Os conselheiros agora têm o dever de acompanhar e formular ações que dialoguem com os fazedores de cultura e que incentivem as manifestações culturais na cidade. O órgão é considerado uma importante ferramenta para o fortalecimento da cultura local e suas manifestações. Uma das primeiras ações a serem planejadas e executadas pelo Conselho Municipal será a construção da Conferência Municipal de Cultura e a busca por um debate mais amplo com os fazedores de cultura sobre a Lei Paulo Gustavo, que financia projetos de atuação na área cultural.  

Guanambi: Radialista denuncia que trabalhadores do São João do Gurutuba estão sem receber Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

O radialista Rony Santos, que é repórter do Programa 104 Notícias, do radialista Val Rodrigues, conhecido como Bocão, fez uma grave denúncia na manhã desta sexta (25), onde apontou que dezenas de trabalhadores que laboraram na ornamentação e preparação do São João do Gurutuba, em Guanambi, que aconteceu entre os dias 14 e 18 de junho deste ano, ainda não receberam os seus proventos. “Tem gente que tem até mais de R$ 3 mil reais para receber, eu digo e provo”, citando ainda o nome de um trabalhador que autorizou o mesmo a fazer a denúncia. “Imagine, um pobre coitado de um trabalhador, não pode responder pela inconsequência de quem faz uma festa para fazer bonito e deixa de pagar aqueles que ajudaram a organizar”, frisou. Ainda segundo o comunicador: “Uma turma de quase trinta trabalhadores ainda não recebeu e se eu estiver mentindo, que a gestão ligue e esclareça, eu recebi a autorização de um dos trabalhadores que está passando por privação, sendo que ele trabalhou e o homem que trabalha é merecedor do seu trabalho” finalizou.

Guanambi comemora 104 anos de emancipação política com atividades culturais e esportivas Foto: Divulgação/PMG

Uma vasta programação cultural e esportiva marcou a festa de aniversário de 104 anos de emancipação política do município de Guanambi. Foram realizadas apresentações teatrais, ballet, capoeira, hip hop, entre outras. Na sexta-feira (11), por ocasião da passagem do segundo ano do SAC Municipal, foi feito o lançamento do Circuito A’ gosto de Boteco (um concurso gastronômico) e a segunda edição do Prêmio Guanambi de Negócios. Ainda na sexta-feira, aconteceu a Virada Cultural na área externa do Centro Cultural de Guanambi. No sábado (12), aconteceu a abertura do Campeonato Guanambiense de Futebol no Estádio 2 de Julho. Já no domingo (13) foi comemorado o Dia do Ciclista com pedalada no circuito Praça do Feijão, Casa de Dona Dedé e Parque da Cidade, e o início da 18ª edição do Campeonato Armindo Paes, no Distrito de Morrinhos. Simultaneamente no domingo (13), em Ceraíma, a 15ª Cavalgada, que contou com uma megaestrutura de som, palco e iluminação para uma programação musical de sucesso. Na segunda-feira (14) foi a vez da tradicional Alvorada com a Filarmônica Flávio Avelar David, que percorreu as ruas principais do centro da cidade. O secretário municipal de cultura, Victor Boa Sorte, disse que o prefeito Nilo Coelho não mediu esforços para seguir o que determina a Lei Orgânica, promovendo diversas atividades esportivas e culturais. As atividades comemorativas se encerrarão no próximo final de semana com uma exposição de carros antigos na Praça Henrique Pereira Donato.

Fechado há cinco anos, SecultBA contrata servidores para o Centro Cultural de Guanambi Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Mesmo com o Centro de Cultura de Guanambi, na região sudoeste da Bahia, fechado há mais de cinco anos (veja aqui) e sem previsão de retorno de suas atividades devido a grave degradação de sua estrutura, a Secretaria Estadual de Cultura da Bahia (SecultBA), promoveu uma seleção Reda, na modalidade “análise de currículo” e contratou dois funcionários que já trabalham no local há mais de oito anos, para seguir na sonorização e iluminação do espaço. Os aprovados, segundo apurou o site Achei Sudoeste são dois militantes do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) local, legenda que também indicou Rosangela Oliveira, que é a diretora da unidade. Segundo apurou a nossa reportagem, a SecultBA descumpriu o seu próprio Edital, ao contratar servidores que já tinham vínculo com a pasta, pois um dos itens, obriga: “Não ter firmado contrato Reda anterior com o Poder Executivo do Estado por período igual ou superior a 72 (setenta e dois) meses”. Artistas da cidade já estão se articulando para acionar o Ministério Público da Bahia (MP-BA) e formalizar a denúncia.

Após um mês, Prefeitura de Guanambi ainda não desfez ornamentação do São João do Gurutuba Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Passado o mês junino de festas e do tradicional São João do Gurutuba, na próxima terça-feira (18), completa exatos trinta dias do final da festa, mesmo assim, a ornamentação da Praça do Feijão ainda não foi desfeita, conforme flagrou o site Achei Sudoeste, na noite deste domingo (16). Embora a sua beleza encante visitantes e torne a praça muito mais bela e colorida, os materiais seguem expostos ao sol, vento e vandalismo. Com material frágil, conhecido como tnt, as bandeirolas estão perdendo a cor e podem não ser utilizadas no próximo ano, por muitas já estarem também já rasgadas. Entre materiais de ornamentação, e mão de obra, foram investidos mais de R$ 100 mil para que a praça fosse utilizada nos cinco dias do festejo, que foi realizado de 14 até 18 de junho. Anualmente, os materiais utilizados são reaproveitados, mas esta exposição contínua pode fazer que parte já danificado não seja reutilizado, gerando gasto extra desnecessário para o erário público.

Primeira-dama debate ações de valorização das artesãs em Guanambi Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

Na quarta-feira (12), a primeira-dama da cidade de Guanambi, Solange Coelho, foi convidada pelas artesãs do Mercado das Artes para um café e um bate-papo no local. O encontro contou com a presença de doze artesãs locais, a Secretária de Assistência Social, Carla Maria, e Ivani Santana, responsável pela fábrica da solidariedade. Na oportunidade, Coelho dialogou com as artesãs participantes, principalmente sobre as ações realizadas no município. 

Primeira-dama debate ações de valorização das artesãs em Guanambi Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

Falou também do projeto Casa do Artesão, que será um novo espaço construído com clima aconchegante e acolhedor com o objetivo de valorizar ainda mais os artesanatos produzidos e melhor receber visitantes e turistas. “A qualidade e delicadeza dos nossos produtos só demonstram o profissionalismo das artesãs”, definiu a primeira-dama.

100% dos municípios da Bahia garantem inscrição na Lei Paulo Gustavo Foto: Mateus Pereira/GOVBA

Todos os 417 municípios da Bahia completaram a etapa de envio dos documentos que garantem o envio dos valores da Lei Paulo Gustavo (LPG), que repassa recursos para o setor cultural. A informação foi divulgada pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (Secult-BA). Os recursos da LPG para a cultura baiana destinam R$ 148 milhões a serem geridos pelo estado e outros R$ 138 milhões para administração dos 417 municípios. De acordo com o painel de dados do Ministério da Cultura, 78 cidades já têm recursos disponíveis. A ferramenta permite o acompanhamento da liberação dos recursos. No dia 28 de junho, quase metade das cidades baianas ainda não tinham aderido à Lei Paulo Gustavo. O município que não se cadastrasse até segunda-feira (11), perderia o recurso que será redistribuído para outras cidades baianas. As propostas de editais para o estado estão em elaboração e o conjunto de editais do Programa Paulo Gustavo Bahia (PPG-BA), que tem previsão de ser lançado pela Secult-BA neste mês de julho. A secretaria informou que desde 11 de maio foi realizado trabalhos juntos aos municípios para que nenhuma cidade do estado ficasse sem receber os recursos da LPG. Uma série de formações para dirigentes municipais e fazedores de cultura da Bahia foram realizadas em diversos territórios e contou com o apoio de Ministério da Cultura (MinC), do Fórum Estadual de Dirigentes Municipais de Cultura e da União dos Municípios da Bahia (UPB). Foram mais de 4.495 agentes culturais capacitados em 64 atividades que chegaram a 17 territórios de identidade e 189 municípios. Cada formação contou com parceiros locais que iam desde as Prefeituras e as Câmaras Municipais dos municípios, além das associações de fazedoras e fazedores de cultura, além das colegiadas culturais.

Centro de Cultura de Guanambi completará 5  anos fechado e artistas cobram Secult-BA Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

No próximo mês de agosto, completará cinco anos do fechamento do Centro Cultural de Guanambi, na região sudoeste da Bahia. O espaço foi inaugurado oficialmente em 30 de novembro de 2006, e entregue para a gestão da Prefeitura de Guanambi para administrá-lo nos primeiros anos. Foi devolvido à gestão estadual em janeiro de 2009. Palco de grandes eventos e espetáculos, sua sala principal, com palco estilo italiano, tem a capacidade de abrigar 320 pessoas confortavelmente sentadas. Segundo apurou o site Achei Sudoeste, diante desta data insólita, foi bastante tensa uma das reuniões de representantes da secretaria estadual de Cultura (Secult) e representantes do setor cultural local realizada no saguão de entrada do espaço no último sábado (8). Muitos foram os tons de cobrança, pelo descaso da pasta estadual com Centro Cultural, que está localizado em terreno amplo e nobre no centro administrativo e que permanece fechado e sem previsão de reabertura.

Centro de Cultura de Guanambi completará 5  anos fechado e artistas cobram Secult-BA Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Em uma das reuniões, o poeta, pesquisador e produtor cultural João Roberto fez uma dura cobrança aos representantes da Secult e em tom de desabafo, pediu providências para que o prédio seja reformado, afirmando que sua degradação aumenta a cada dia. “Este descaso é um tapa na cara de artistas, produtores e da própria população de Guanambi, passar aqui de frente e ver uma estrutura dessa entregue a sua própria sorte, se degradando ano após ano, sem ao menos uma previsão de reforma”, disse. Ao responder a indagação, a representante da Secult afirmou que a pasta está buscando elaborar um projeto de reforma que posteriormente irá para outros setores para se licitado, mas sem ter uma data para anunciar, de início de reforma. O espaço foi fechado para realização de reparos elétricos em agosto de 2018. De lá para cá, não se observou qualquer movimentação de operários ou obras no local. O Centro Cultural conta com uma nova coordenadora, a artista Rosangela Oliveira, indicada pelo diretório municipal do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), como também funcionários da limpeza, técnicos e de segurança.

Após plano de ação, artistas recebem curso para implantação da Lei Paulo Gustavo em Brumado Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Após muitas manifestações da classe artística, o Município de Brumado apresentou o plano de ação para recebimento da verba da Lei Paulo Gustavo, que totaliza quase R$ 600 mil para fomento do setor cultural, em especial o setor de audiovisual. Cumprida essa etapa, a Secretaria Estadual de Cultural, a Uneb e o Projeto Machado de Xangô promoveram, na noite desta quarta-feira (05), um curso para formação dos artistas sobre a Lei Paulo Gustavo em Brumado. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, Thaís Pimenta, representante territorial do sudoeste baiano, da Secretaria de Cultura do Estado, explicou que a Lei Paulo Gustavo é o maior investimento feito na cultura na história do país. São quase R$ 4 bilhões investidos de forma descentralizada pelo Governo Federal nos municípios, os quais têm autonomia para gerir o recurso. “O Município é o intermediário entre o Governo do Estado e quem está na ponta, que são os agentes culturais e os artistas”, pontuou. Segundo Pimenta, a Lei Paulo Gustavo tem o diferencial de ser um processo totalmente simplificado, com acesso facilitado e democrático para que chegue de fato aos fazedores de cultura de cada município. Nesse sentido, a representante frisou que cada município tem de realizar escutas públicas com artistas. “Os Municípios precisam fazer escutas públicas com a sociedade civil para definir quais as categorias e valores dos projetos que irão ser contemplados”.

Brumado: Secretário aciona consultoria para elaborar plano de ação à Lei Paulo Gustavo Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Após protestos da classe artística (veja aqui, aqui e aqui), o secretário municipal de cultura, João Nolasco, acionou uma empresa de consultoria para ajudar Brumado a elaborar um plano de ação para adesão à Lei Paulo Gustavo. A classe pode perder cerca de R$ 600 mil em recursos caso o Município não apresente o referido plano no tempo hábil. Ao site Achei Sudoeste, Paulo Esdras, que compõe a comissão de artistas no município, disse que, em reunião com o secretário, a classe foi informada sobre a consultoria especializada. O plano deverá ser enviado até o dia 11 de julho, prazo final para adesão. “Isso deixou a gente com mais esperança que esse recurso da Lei Paulo Gustavo não retorne para União”, afirmou. Os recursos serão destinados em sua maior parte para os artistas do audiovisual.

Jéssica Silva diz que gestão de Brumado não tem identidade cultural, por isso é tão negligente Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Em entrevista ao site Achei Sudoeste, Jéssica Silva, representante da comissão dos artistas de Brumado, disse que, em nenhum momento, a prefeitura, através da secretaria de cultura, convocou os agentes culturais da cidade para debater a elaboração do plano de ação para obtenção dos recursos da Lei Paulo Gustavo. Agora, o Município pode perder quase R$ 600 mil, que seria utilizado para fomento do setor cultural na cidade, devido a não inscrição do plano de ação no prazo devido (veja aqui). Silva criticou o fato de a prefeitura não ter chamado nenhum agente cultural do município para compor a comissão de cultura com o objetivo de debater a criação do plano, tendo em vista a obtenção do recurso. Para a agente cultural, a prefeitura agiu com inércia, descaso e negligência diante da situação. “Falta interesse de chamar os artistas pra conversar e aprender”, pontuou. Por fim, Jéssica defendeu a classe e destacou que cultura também é investimento. “Artista tem que comer, pagar aluguel. Artista adoece e tem que comprar remédio. O investimento na cultura beneficia a toda população. Quando há um show não é só o cantor que ganha um cachê, a pessoa que aluga o palco também ganha, a pessoa que aluga a iluminação, a senhora que coloca sua barraca. A cultura gira a economia local. Investir em cultura não tira investimento da saúde e educação, são complementares em sua importância”, finalizou.

Lei Paulo Gustavo: Comissão cobra empenho e celeridade da prefeitura de Brumado Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Em Brumado, a classe artística montou uma comissão para cobrar da prefeitura a elaboração do plano de cultura para obtenção dos recursos da Lei Paulo Gustavo, de incentivo aos artistas. À frente da comissão, Jéssica Silva salientou que o setor cultural de Brumado é bem vasto e a classe está mobilizada para cobrar os seus direitos. Ao site Achei Sudoeste, Silva apontou que falta para a atual gestão ouvir os artistas. “Nunca foi falta de mobilização dos artistas de Brumado. E sim, uma falta de diálogo da gestão municipal com a nossa classe. Falta uma escuta realmente ativa com quem entende verdadeiramente sobre cultura, nós os artistas”, justificou. Além disso, Jéssica afirmou que a comissão composta pela secretaria municipal de cultura para confecção do referido plano não conta com agentes culturais. “Tudo é decidido aqui de cima para baixo. Isso tem que mudar, pois a primeira voz tem que ser a do povo. Artista precisa comer, beber, vestir. E essa lei foi uma conquista de todos os artistas do Brasil, carregando o peso de milhares de nós artistas que se foram pela Covid-19”, afirmou. Silva lamenta o fato de os artistas da terra perderem o recurso, avaliado em cerca de R$ 600 mil, devido à morosidade e falta de interesse da gestão municipal. “Imagina o prejuízo que é mitigar esse recurso”, pontuou.  

Arquivo