Achei Sudoeste
Achei Sudoeste
secretariadecultura
Lajedo e Túmulo de Leocádia é tombado como patrimônio histórico em Guanambi Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

Na última sexta-feira (23), foi publicado no Diário Oficial do Município (DOM), o decreto 1.464 que dispõe sobre o tombamento de uma área de três hectares onde estão localizados o Lajedo onde o corpo de Leocádia foi encontrado e o Túmulo onde foi sepultado, em Guanambi, na região sudoeste da Bahia. O decreto visa resgatar e preservar o patrimônio material existente, decorridos mais de 133 anos do fato e que envolve um dos personagens mais conhecidos da história do município. 

Lajedo e Túmulo de Leocádia é tombado como patrimônio histórico em Guanambi Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

O município acolhe uma recomendação do Ministério Público da Bahia (MP-BA) que em recente Audiência Pública debateu a história de Leocádia em seus diversos aspectos. Em 2007 a área foi declarada de utilidade pública, bem como a Lei municipal 223/2007, que instituiu o Plano Diretor, prevendo a preservação e proteção da mesma área.

Sem plano de ação cultural, Brumado poderá perder cerca de R$ 600 mil da Lei Paulo Gustavo Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

O Município de Brumado ainda não apresentou um plano de ação cultural para recebimento dos recursos da Lei Paulo Gustavo para benefício da classe artística, em especial do segmento do audiovisual. Com atuação cultural em toda região, o vereador da cidade de Vitória da Conquista, Alexandre Xandó (PT), tem mobilizado a classe nas cidades que ainda não se prepararam para obtenção do recurso. Ao site Achei Sudoeste, ele destacou que a Lei Paulo Gustavo é um importante instrumento criado no período da pandemia para incentivo à categoria, que foi bastante prejudicada na época. O valor disponibilizado pela lei deverá, segundo Xandó, ser destinado em sua maior parte à produção de longas metragens, curtas metragens, produção de videoclipes, construção de sala de cinema, cineclube, entre tantos outros. Brumado pode perder cerca de R$ 600 mil em recursos caso não cadastre o plano de ação da cultura mediante o Governo Federal. O vereador explicou que o recurso não é para prefeitura e sim para sociedade civil, por isso a importância de a classe artística se mobilizar diante da apresentação de projetos e provocação da prefeitura. “O Governo Federal aporta o recurso para que os artistas possam promover essas atividades”, frisou. Na Bahia, 215 municípios ainda não cadastraram o referido plano, entre as quais o município de Brumado. “Se o município não cadastrar o plano de ação vai, literalmente, perder o recurso. Esse recurso vai voltar e vai ser dividido para outras cidades. Imagine uma cidade do porte de Brumado, com uma pujança cultural, uma juventude engajada, grupos de teatro, grupos de capoeira, comunidades de matriz africana, terreiros com uma série de ações culturais, várias possibilidades... isso nos chama a atenção e estamos cobrando do prefeito Eduardo e do setor de cultura que tenham compromisso nesse sentido”, criticou. O parlamentar se colocou à disposição da prefeitura para todas as orientações necessárias a fim de que o plano seja cadastrado e o recurso não se perca.

São João do Gurutuba atrai milhares de pessoas para a cidade de Guanambi Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

A cada ano que passa o São João do Gurutuba está se consolidando no calendário junino da região sudoeste da Bahia. Uma verdadeira multidão tem tomado conta da Praça Henrique Pereira Donato, a Praça do Feijão, e seus arredores durante os dois dias de festa na cidade de Guanambi. A abertura oficial do evento aconteceu na quarta-feira (14). O prefeito Nilo Coelho (União Brasil), a primeira dama Solange Coelho, que é a idealizadora da festa, o vice-prefeito Arnaldo Pereira Azevedo (União Brasil), o Nal, o secretário de cultura e lazer Victor Boa Sorte, o deputado estadual Felipe Duarte (PP) e diversas autoridades marcam presença no festejo. O secretário de cultura do município registrou e agradeceu o empenho de toda a gestão, que está realizando uma grande festa. O vice-prefeito, ao usar da palavra, desejou a todos uma festa em paz e harmonia, ressaltando o espírito familiar e a tradição cultural do evento, bem como os esforços da gestão em fazer uma festa de qualidade sem comprometer o orçamento de outras áreas. O prefeito Nilo Coelho se dirigiu à multidão ressaltando o desejo de uma grande festa para toda a comunidade. “Fico feliz de ver o povo na praça da minha querida Guanambi participando do São João. Não mediremos esforços para proporcionar o melhor”, concluiu. Nos dois primeiros dias de festa já se apresentaram: Tarcísio do Acordeon, Cacau com Leite, Indira Charles, Gui Soares, Ivan Martins, Limão com Mel, Dio do Acordeon, Mounir Caldas, Dielle Anjos e Léo do Forró. Nesta sexta-feira (16), o festejo segue com toda animação com Maria Cecília e Rodolfo, Nilmara Senna, Patrick Mendel e Gil Martins.

São João do Gurutuba vai movimentar R$ 10 milhões na economia local em Guanambi Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

O tradicional Forró do Gurutuba começa nesta quarta-feira (14), a partir de 19h, na cidade de Guanambi, a 141 km de Brumado (veja aqui). Ao site Achei Sudoeste, secretário municipal de cultura e lazer, Victor Boa Ssorte destacou a importância da festa para o fomento cultural e para o aquecimento do comércio local. “A cada R$ 1 que o Poder Público investe no evento circula cerca de R$ 5 no comércio local. A gente tem um gasto na casa de R$ 2 milhões, então calcula-se que R$ 10 milhões gira no nosso comércio”, afirmou. Segundo Boa Sorte, a rede hoteleira, as lojas de vestuário, calçados, salões de beleza, restaurantes, entre outros segmentos são envolvidos e beneficiados, direta ou indiretamente, com a realização do São João do Gurutuba. Além disso, mais de 1 mil postos de trabalho são gerados dentro do evento, são 147 pontos de barracas e ambulantes trabalhando no circuito e dez entidades filantrópicas atendidas no local. O secretário salientou que é um evento de grande porte. “É um evento grande que a gente espera que transcorra na tranquilidade. É um evento pra família. Começa cedo, a partir de 19h. São seis atrações por dia. Estamos fazendo tudo com muito carinho”, acrescentou. O evento não conta com o apoio do Governo da Bahia.

Brumado: Prefeitura oferece bandeira, mas nega ajuda financeira para intercâmbio de capoeirista Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

A professora de capoeira Norma Lene Fernandes, popular Gingadinha, foi convidada por uma associação francesa para realização de uma turnê pela Europa (veja aqui). O objetivo é promover atividades de capoeira no continente europeu. A brumadense não conseguiu apoio do poder público para custear as despesas com a viagem, as quais giram em torno de R$ 12 mil. Ao site Achei Sudoeste, Gingadinha disse que os capoeiristas da região e os empresários do município abraçaram a causa e estão ajudando a juntar os recursos necessários para a turnê. Além disso, a professora tem vendido brigadeiros e trufas pelas ruas da cidade a fim de completar o montante. Gingadinha criticou a postura da prefeitura em não oferecer o patrocínio para que a mesma possa representar o município de Brumado no exterior. “Infelizmente, porque isso é vergonhoso para o nosso Município, a Secretaria de Cultura e Esportes não deu apoio nenhum financeiramente. Nada! O atleta sofre com isso no município. Acho isso um descaso muito grande com os atletas”, disparou. Para a professora, a justificativa de que o Município não tem verba para isso, dada pelo secretário de cultura João Nolasco, é sem noção e sem respeito com o atleta. “Ele [João Nolasco] falou que a única maneira que poderia me ajudar era emprestando uma bandeira de Brumado para que eu pudesse levar. Disse pra ele que foi uma proposta de muito cinismo. Muito vergonhoso!”, completou. Para os interessados em ajudar, o pix é (77) 99923-7442.

Brumado: Prefeitura inflaciona valor de barracas e ambulantes cobram melhores atrações Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Na segunda-feira (05), a prefeitura de Brumado realizou uma reunião no auditório da Escola Antônio Carlos Magalhães para discutir detalhes da logística e organização das festas juninas na cidade. O secretário municipal de cultura e lazer, João Nolasco, conduziu o encontro, que contou com a presença de representantes do Cicom (Centro Integrado de Comunicação), da 34ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), da Superintendência Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), do setor de tributos e de ambulantes. Ao site Achei Sudoeste, o ambulante Robson Santos, que esteve na reunião e atua no ramo há 38 anos, disse que nada de novo foi debatido no encontro. Segundo ele, a comissão organizadora apenas falou sobre as diversas proibições impostas aos ambulantes para atuação nos festejos. Aproveitando a oportunidade, Santos criticou o aumento razoável no valor das barracas. “A barraca de bebida vai girar em torno de R$ 300 à noite. Como vão ser cinco noites de festejos, será algo em torno de R$ 1,5 mil”, informou. Embora as expectativas sejam boas, o ambulante disse que as atrações deste ano não atraem o público de fora para incremento das vendas, apenas a própria população da cidade. “Não existe o investimento cultural necessário para atrair o público [de fora]”, concluiu.

Brumado: Sem apoio do estado, Município investirá R$ 600 mil em festejos juninos Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Sem apoio do Governo do Estado, o Município de Brumado irá realizar a festa de aniversário da cidade apenas com recursos próprios. Questionado se a falta de repasse do governo se deve ao impasse entre o prefeito e o governador, o secretário municipal de cultura, João Nolasco, preferiu não entrar no mérito do assunto. Ao site Achei Sudoeste, Nolasco informou que, apesar de ter passado a lista dos festejos juninos que serão realizados na cidade para o Governo do Estado, até o momento, ninguém se manifestou com relação à disponibilização de recursos. “Não quero falar em entrave político, mas o Estado, desde 2017 que eu estou aqui, a única vez que mandou um valor de R$ 80 mil para custear uma festa... a gente foi prestar conta, mandaram pedir um monte de foto que a gente não tinha condições de fornecer porque a festa já tinha passado. Acabou que o Município foi, mais uma vez, o pagão da conta”, relatou. Para este ano, o Município está investindo cerca de R$ 600 mil na realização dos festejos juninos.

Secretário de Cultura destaca eventos no período junino em Brumado Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

No dia 9 de junho, a prefeitura de Brumado irá realizar uma grande festa em comemoração ao aniversário de 146 anos da cidade. Ao site Achei Sudoeste, o secretário municipal de cultura, João Nolasco, disse que, embora o orçamento seja apertado, a prefeitura está preparando um dia de festa com várias atrações. Estão confirmadas até o momento as seguintes atrações: Elis Martins e Banda, Amor de Cinema, Cid Ferrari e Lady Day. No dia 10, será realizado o tradicional show gospel no município. Ainda no mês de junho, nos dias 16 e 17, o Forró da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) será promovido com o apoio da prefeitura. Para fechar o mês junino, nos dias 30 de junho e 1º de julho, acontece o Forró do São Pedro no Bairro Olhos D’água. O secretário participou de uma reunião com a Polícia Militar, Cicom (Centro Integrado de Comunicação), Superintendência Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) e Guarda Municipal a fim de organizar a logística de segurança das festas e de organização dos ambulantes.

Prefeitura de Brumado divulga atrações da festa de aniversário da cidade

A grade de programação da festa em comemoração aos 146 anos de emancipação política do município de Brumado foi divulgada pela prefeitura. Com o tema "Festejando a história, celebrando nossa gente", o evento promete uma programação diversificada para agradar a todos os gostos. No dia 09 de junho, a festa será animada pelas seguintes atrações: Leide e Dai, Eline Martins e Banda Amor de Cinema e Sinho Ferrary. Já no dia 10, o show será gospel com a cantora Nívea Soares. As apresentações musicais certamente trarão momentos de diversão e entretenimento para os moradores e visitantes da região.

Justiça autoriza livre comércio de bebidas na Missa do Vaqueiro e Vaqueja de Lagoa Real Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

O juiz José Eduardo das Neves Brito, da comarca de Caetité, concedeu uma liminar nesta sexta-feira (02), autorizando que populares adentrem ao espaço da festa, como comerciantes, e ali, portando cooler ou isopor, pratique, livremente, o comércio a que se propõem, todos de natureza lícita, caso, frise-se, não haja local, no âmbito da festa, destinado à prática do comércio, através do uso de coolers e isopor, na Missa do Vaqueiro e Vaquejada de Lagoa Real, a 80 km de Brumado. Entre as atrações do evento estão Eduardo Costa, Mano Walter Edgar Mão Branca, Gibão Surrado, Alcimar Monteiro, Rasga Tanga e Daniel Vieira. Segundo apurou o site Achei Sudoeste, a justiça acatou uma Ação Popular movida contra o Município de Lagoa Real e o prefeito Pedro Cardoso Castro (MDB). De acordo com a peça, a denominada Missa do Vaqueiro e Vaquejada constitui evento de natureza popular, sendo tradicionalmente realizada, há 33 anos, em Lagoa Real, sendo momento de resgate da cultura regional, com abrangência de cunho nacional, além de representar renovação da fé e esperança do povo sofrido e trabalhador daquele Município. Ainda de acordo com a ação popular, na data de primeiro de junho do ano fluente foi divulgado post no instagram, algumas medidas, dentre as quais a proibição de que qualquer popular adentre ao espaço público portando cooler e caixa de isopor o que, segundo alegado, causou espanto à população da cidade e região. 

Justiça autoriza livre comércio de bebidas na Missa do Vaqueiro e Vaqueja de Lagoa Real Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Para sustentar ao que entende por ilegalidade, trazer à baila o fato de que o Município não publicou qualquer decreto relativo àquela proibição, havendo, tão somente, feito a publicação no post do instagram oficial. “Aduzem, outrossim, que o Município vendeu o espaço público sem licitação para empresários particulares no intuito da exploração e barracas, estacionamento e um camarote que está situado no espaço interno do evento. Dizem, além disso, que a proibição quanto a entrada de populares portanto cooler e isopor decorre de exigência dos empresários que são titulares das barracas e do camarote instalados no circuito da festa”. Em sua decisão, o magistrado disse de sua admiração pelo prefeito Pedro Cardoso, reconhecendo a sua grande capacidade de organizar festa de tamanha grandeza e importância histórica e cultural, denominada Festa do Vaqueiro, tenho que reconhecer, ao mesmo tempo, o direito daquelas pessoas, humildes e simples, que desejam adentrar ao circuito, livremente, para ali exercer o seu comércio, com cooler ou isopor. “Desse modo, concedo a liminar perseguida, o que faço, exclusivamente, para autorizar a que populares adentrem ao espaço da festa, como comerciantes, e ali, portando cooler ou isopor, pratique, livremente, o comércio a que se propõem, todos de natureza lícita, caso, frise- se, não haja local, no âmbito da festa, destinado à prática do comércio, através do uso de coolers e isopor”, sentenciou, determinando cumprimento, com urgência, uma vez que a festa terá início, na noite desta sexta-feira (02).

Guanambi: MP recomenda preservação à História de Leocádia como patrimônio cultural Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

O Ministério Público da Bahia (MP-BA), por meio da promotora de Justiça Tatyane Miranda Caires, expediu recomendações ao Município de Guanambi, à Câmara de Vereadores e ao Conselho Municipal de Cultura visando a adoção de uma série de medidas para a preservação da História de Leocádia como patrimônio cultural e imaterial da cidade. No documento, o MP recomendou ao Município de Guanambi que promova, no prazo de até 60 dias, por meio de decreto municipal, o tombamento da área do Lajedo e do túmulo de Leocádia, bem como o registro de sua história como Patrimônio Cultural Material e Imaterial de Guanambi. Além disso, o Município deve elaborar plano de fiscalização e uma rotina de monitoramento e controle dos locais considerados como sagrados pela população, a fim de evitar demolições, reformas, construções ou qualquer tipo de intervenção nos referidos bens culturais, sem a prévia autorização do órgão competente. Também foi recomendado à Secretaria Municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo (Secelt) que, no prazo de até 45 dias, contados a partir das datas de publicações dos decretos, promova, dentre outros, a formulação de uma política de revitalização cultural do Lajedo e do Túmulo de Leocádia, bem como de promoção e incentivo ao conhecimento e divulgação da história da jovem, mediante a sua integração com as escolas municipais, grupos de crianças e comunidade. Já a Câmara de Vereadores de Guanambi deverá criar o Fundo Municipal de Proteção ao Patrimônio Cultural.

Guanambi: Faltando 40 dias para o São João do Gurutuba, prefeitura ainda não divulgou atrações Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

A demora para assinatura dos contratos, e a falta de uma definição, já levou a secretaria municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo de Guanambi, a 141 km de Brumado, a perder quase uma dezena de atrações renomadas do meio musical para o tradicional São João do Gurutuba neste ano. A festa acontece na Praça do Feijão de 14 a 18 de junho. As informações foram obtidas pelo site Achei Sudoeste por pessoas ligadas a gestão municipal. Segundo fontes ouvidas reservadamente, o grande problema é a falta de autonomia do prefeito interino Arnaldo Pereira de Azevedo (União Brasil), o Nal, e do secretário Victor Boa Sorte em autorizar a publicação dos contratos, tendo a necessidade de um familiar do prefeito licenciado Nilo Coelho (União Brasil) autorizar, o que não foi feito até a manhã desta quinta (4). Até o momento, os munícipes e os visitantes não têm conhecimento dos artistas que vão se apresentar na festa junina, o que pode acarretar em perda de público regional, devido aos demais eventos já anunciados e com atrações confirmadas no Sertão Produtivo da Bahia.

Brumado: Mercado Municipal de Artes passará por reforma nos próximos dias Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Em Brumado, o Mercado Municipal de Artes passará por uma reforma para revitalização do espaço. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o secretário municipal de cultura, João Nolasco, informou que as obras devem ser iniciadas já nos próximos dias. A reforma é um anseio antigo dos artistas da cidade. Segundo o secretário, como o prédio é considerado patrimônio histórico do município, a estrutura do local será preservada e a revitalização incluirá o serviço de pintura, manutenção do telhado e melhorias nas partes elétrica e hidráulica. “Estamos na fase final da licitação e, assim que a mesma for concluída, os trabalhos serão iniciados. Espero que na semana que vem ou, no mais tardar, na outra a obra começará. Os usuários dos boxes já foram informados”, falou.

'Desconheço a realização de micareta em Brumado', diz secretário de cultura Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o secretário interino de cultura, esporte e lazer, João Nolasco, disse que não tem conhecimento de nenhum projeto para realização de uma micareta nos dias do aniversário da cidade de Brumado, em junho (veja aqui). O secretário afirmou que não sabe de onde partiu a especulação de que a prefeitura promoveria a festa. “Não chegou nada pra mim em nenhum momento. Como secretário, lhe digo que não tem nenhuma informação nesse sentido. Não tem micareta em Brumado oficialmente”, afirmou. Questionado se haverá alguma programação especial para a data, Nolasco respondeu que ainda é cedo e que o assunto sequer foi discutido pela gestão até o momento.

Brumado: Após extinguir Carnaval, prefeito deve utilizar verba federal para realizar micareta Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Contrário à realização de festas, o prefeito de Brumado, Eduardo Lima Vasconcelos (Sem Partido), deve utilizar verba federal da Lei Paulo Gustavo para realizar uma micareta nos dias 7, 8, 9 e 10 de junho para comemorar o aniversário da cidade. Dentro da programação ainda estaria incluído o Dia do Evangélico. O anúncio através de pessoas próximas a sua gestão pegou a população de surpresa, já que Vasconcelos aboliu o tradicional Carnaval de Brumado do calendário festivo do município. A folia momesca era a principal festa do interior da Bahia e perdia apenas para a capital, Salvador. Grandes atrações já estiveram na capital do minério realizando apresentações em memoráveis carnavais. Ao longo de suas gestões, a festa chegou a ser realizada algumas vezes apenas nas proximidades do período eleitoral municipal. Segundo foi divulgado, recursos no valor de mais de R$ 600 mil, que já estão na conta da Secretaria de Cultura e Lazer, da Lei Paulo Gustavo, serão utilizados para a realização da festa.

Prefeito de Brumado culpa Estado pela não construção do anfiteatro no Mercado de Artes Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

No governo do ex-prefeito Aguiberto Lima Dias, foi elaborado um projeto para construção de um anfiteatro no Mercado Municipal de Artes de Brumado. Embora a proposta seja muito bem fundamentada, o atual prefeito, Eduardo Lima Vasconcelos (Sem Partido), disse que a mesma só seria viabilizada diante da contribuição do Estado. No entanto, ele apontou que talvez por questões eleitoreiras as obras nunca saíram. No momento, o prefeito prometeu apenas a reforma do prédio, que está bastante deteriorado (veja aqui).

Brumado: Prefeito promete manutenção no Mercado de Artes Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Tendo em vista o avançado estado de deterioração do prédio do Mercado Municipal de Artes, a prefeitura de Brumado está elaborando um projeto para reforma do local. Em entrevista ao radialista Carlos Silva, o prefeito Eduardo Lima Vasconcelos (Sem Partido) disse que o projeto prevê melhorias nas instalações do mercado, inclusive com a recuperação do telhado da área. Além da manutenção no local, o gestor frisou que irá definir a corresponsabilidade dos usuários diante da conservação do mercado a fim de que o espaço não se deteriore tão rapidamente como vinha acontecendo.

Brumado: 'Deterioração do Mercado de Artes se deve à inércia da prefeitura', diz artesã Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

O prefeito Eduardo Lima Vasconcelos (Sem Partido) disse que a deterioração do prédio do Mercado Municipal de Artes, em Brumado, é causada, em parte, pelos próprios usuários diante da má conservação do espaço e da não contribuição para pagamento das contas. No entanto, a artesã Zalete Cruz rebateu as declarações do gestor (veja aqui). Há cinco anos no local, ela disse que nunca houve a cobrança de nenhuma taxa por parte da administração do mercado. Apesar do fato, Cruz acha justo que a taxa seja cobrada até para que os artesãos possam reivindicar melhorias junto ao Poder Público. No que se refere à deterioração do local, a artesã falou que os usuários cuidam do espaço na medida que lhes cabe, porém a prefeitura precisa agir e fazer as devidas manutenções no espaço. “Não queremos pequenos reparos, precisamos de uma reforma”, afirmou.

'Uso inadequado colaborou para deterioração do Mercado de Artes', diz prefeito de Brumado Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Parte do patrimônio histórico do município de Brumado, o Mercado de Artes tem se deteriorado com a ação do tempo. O prefeito Eduardo Lima Vasconcelos (Sem Partido) justificou que, além de se tratar de uma construção antiga, o uso inadequado do espaço tem colaborado para a deterioração rápida do prédio. Segundo o gestor, alguns artesãos estariam utilizando o espaço para outras atribuições, as quais não competem a um mercado de artes. “O Município não deu grande assistência justamente em função da contrapartida que seria deles e que eles não contribuíram”, afirmou.

Após réveillon ser cancelado, Guanambi terá queima de fogos em dez pontos da cidade Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

A Prefeitura de Guanambi, a 141 km de Brumado, promoverá através da Secretaria de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo, um dinâmico show pirotécnico em 10 pontos da cidade, durante o réveillon deste ano, que será na noite deste sábado (31). Nos três distritos e também na Comunidade do Suruá haverá queima de fogos. O secretário Victor Boa Sorte esteve reunido com o prefeito Nilo Coelho (UB), que autorizou a ação da pasta. Segundo o secretário “é uma forma criativa e de baixo custo, de amenizar a não realização do evento em praça pública, e marcar a virada do ano, contemplando diretamente toda a população, que acompanhará diretamente de suas casas a queima de fogos, em um dia de celebração e renovação”. O festejo de réveillon de Guanambi em praça pública foi suspenso, devido ao aumento exponencial de 856% de casos de Covid nos últimos 30 dias e recomendação do Conselho Municipal de Saúde.

Artistas voltam a cobrar criação de Conselho de Cultura em Brumado Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Na sessão legislativa desta segunda-feira (05), os artistas de Brumado voltaram à Câmara de Vereadores para defender o projeto de lei que estabelece uma cota de 30% de participação de artistas da terra em eventos festivos do município (veja aqui), bem como para cobrar a criação de um Conselho Municipal de Cultura. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o artista plástico Robson Trindade disse que o pleito é antigo e precisa do apoio dos vereadores para ser viabilizado. Segundo frisou, há 32 anos, a classe artística do município já reivindicava o seu espaço, com provocações ao Poder Público. “A cultura faz parte da economia criativa, movimenta toda uma cadeia de trabalhadores”, argumentou.

Brumado: 'Teve gente ganhando por nada', diz vereador sobre recursos da Lei Aldir Blanc Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Durante a sessão legislativa na segunda-feira (05), o vereador Reinaldo de Almeida Brito (UB), o Rey de Domingão, denunciou desvio de finalidade dos recursos enviados pelo Governo Federal, no período da pandemia, para os artistas de Brumado. O vereador acusou o Município de dividir mal os R$ 397 mil repassados pelo governo através da Lei Aldir Blanc. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o parlamentar colocou em dúvida os critérios utilizados pela administração para divisão do recurso. “Por exemplo, teve três reiseiros ligados ao ex-vereador Márcio Moreira que recebeu R$ 7 mil cada um, totalizando R$ 21 mil”, pontuou. Domingão ainda citou a empresa Cinemas HR Brumado Ltda, que recebeu R$ 50 mil sendo que já estava fechada antes mesmo da pandemia. “Isso causa estranheza. Causa estranheza também repórter da prefeitura municipal receber R$ 25 mil por um documentário. Que documentário é esse que ninguém viu?”, questionou, enumerando outros artistas beneficiados com altos montantes por trabalhos pouco conhecidos ou nunca vistos. Por fim, o parlamentar convocou o prefeito a dar explicações quanto ao relatório da divisão da verba. “Conheço muitos cantores e artistas que não foram beneficiados com nenhum centavo, enquanto os amigos do prefeito levaram quase a metade dos recursos destinados aos artistas brumadenses”, disparou.

Brumado tem projetos, mas não definiu prazo para recuperação de patrimônios históricos Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Após diversas cobranças quanto à preservação do patrimônio histórico e cultural do município de Brumado, o secretário de cultura João Nolasco respondeu que o “poder público tem a força de um trator e, talvez, a lentidão de uma tartaruga”. A educadora Maria José Ramalho de Meirelles, a Tia Zé, chamou a atenção acerca do abandono do patrimônio histórico municipal (veja aqui). Questionado pelo site Achei Sudoeste com relação ao prazo estabelecido pela Administração para revitalização do prédio da antiga prefeitura, onde funcionará uma biblioteca, ele disse que, embora o Município tenha boas intenções, nem sempre tudo é feito no tempo esperado pela população. “Não tá esquecido, estamos buscando o planejamento. Temos os projetos para revitalização da prefeitura velha, para reativar a biblioteca no arquivo histórico, no mercado de artes, mas, infelizmente, não temos oportunidade de fazer aquilo que a gente deseja no tempo que a gente queria. É no tempo que a burocracia permite”, afirmou.

'A história de Brumado está se apagando', diz educadora sobre abandono de patrimônios Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Na sessão legislativa desta segunda-feira (15), a proprietária da Escola Nossa Senhora de Fátima (Ensf), Maria José Ramalho de Meirelles, popular Tia Zé, utilizou a Tribuna Livre da Câmara de Vereadores de Brumado para chamar a atenção dos parlamentares acerca do abandono do patrimônio histórico municipal. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, José disse que a antiga prefeitura da cidade se transformou em um banheiro público. “Fico horrorizada de ver aquilo. Pintaram bem grande lá na frente ‘banheiro público’. Está tudo caindo”, lamentou. Além deste, Tia Zé cobrou maior atenção do Poder Público para manutenção e conservação de outros prédios históricos com o objetivo de manter viva a história de Brumado. “Se as autoridades não tomarem providências vamos perder tudo”, salientou.

Brumado precisa criar conselho municipal de cultura para receber recurso, diz conselheiro Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Representando o Sertão Produtivo da Bahia, o conselheiro estadual Marcos Porto alertou as prefeituras da região que, para obter os recursos emergenciais liberados através da Lei Paulo Gustavo, os Municípios precisam elaborar, até o final do ano, um plano de ação. Cerca de 80% do recurso é destinado para o audiovisual. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, Porto explicou que as prefeituras também devem ter estruturado um Conselho Municipal de Cultura a fim de viabilizar a verba. “Os Municípios podem até receber o recurso sem um conselho, mas, de qualquer forma, terão que assinar um termo de responsabilidade para criação do órgão para receber as próximas parcelas da Aldir Blanck”, afirmou. Brumado pode receber R$ 600 mil referente à Lei Paulo Gustavo e R$ 490 mil referente à Lei Aldir Blanck. Apesar do montante, o conselheiro reiterou que as prefeituras só receberão às quantias através do fundo do Conselho Municipal de Cultura.

Arquivo