Governador da Bahia sanciona lei orçamentária de 2020 com receita de R$ 49,2 bilhões

14 Jan 2020 - 08:30h

O governador Rui Costa (PT) sancionou, no sábado (11), a Lei Orçamentaria Anual (LOA) para o estado em 2020. O texto aprovado pelos deputados tem previsão de investimento de R$ 49,2 bilhões. A Lei Orçamentária Anual foi aprovada em segundo turno pelos deputados no dia 17 de dezembro. O orçamento é maior que o liberado em 2018 para este 2019 Na época, foi aprovado recurso de R$ 47,1 bilhões. O aumento é de cerca de R$ 2,1 bilhões. Segundo a Secretaria do Planejamento do Estado (Seplan), R$ 39,8 bilhões do orçamento têm como fonte os recursos do tesouro. Em 2019, os recursos do tesouro atingiram R$ 37,9 bilhões. De acordo com a Seplan, a composição do orçamento proposto para 2020 está representada pelos orçamentos Fiscal e da Seguridade Social com R$ 48,3 bilhões, ou seja, 98,1% dos recursos, distribuídos entre o Orçamento Fiscal com R$ 32,8 bilhões e o Orçamento da Seguridade Social com R$ 15,6 bilhões, e participação de 66,5% e 31,6%, respectivamente. A Seplan informou que o orçamento de Investimento das Empresas, integrado pelas estatais não dependentes, totaliza R$ 939,8 milhões e contribui com 1,9% do total orçado. O órgão acredita que as operações de crédito ampliarão em R$ 1 bilhão a capacidade de investimento e vai impulsionar o desenvolvimento do Estado.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias