ANTT publica regras e metodologia para cobrança de frete de cargas

17 Jan 2020 - 11:30h

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) publicou nesta quinta-feira, 16, uma resolução que estabelece regras e metodologia para cobrança de frete em transporte de cargas feito por caminhoneiros. A medida, publicada no Diário Oficial da União, trata de uma nova tabela, com coeficientes dos pisos mínimos referentes ao quilômetro rodado na realização dos serviços de transporte de cargas, por eixo carregado. Segundo o texto, não integram o cálculo do piso mínimo os valores de lucro, pedágio, custos relacionados às movimentações logísticas complementares e despesas de administração, tributos e taxas. Os pisos mínimos de frete devem ser calculados por meio dos coeficientes de deslocamento (CCD) e dos coeficientes de carga e descarga (CC) apresentados na resolução. Segundo o caminhoneiro autônomo e um dos líderes das manifestações de 2018, Wanderlei Alves, o Dedéco, a repercussão da medida foi positiva na categoria. “O pessoal nos grupos diz que a tabela é positiva, mas é preciso ter fiscalização porque no Brasil as empresas sempre dão um jeitinho de burlar”.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias