Achei Sudoeste

BUSCA PELA CATEGORIA "Mundo"

06 Mai 2021 - 11:30h

Halima Cisse pensava estar grávida de 7, o que por si só já era uma gestação difícil. Por conta de todos os riscos, ela foi transferida do Mali, onde mora, para um hospital do Marrocos – mas o que ela não esperava é que daria à luz 9 bebês, em um caso raríssimo de nônuplos. Todo o procedimento foi organizado por meio da cooperação internacional entre os dois países. O Ministério da Saúde do Mali confirmou, nesta terça-feira (4), o nascimento dos 9 pequenos – 5 meninas e 4 meninos – e garantiu que todos passam bem. Em nota, o governo do Mali informou que Cisse esteve por duas semanas internada em um hospital local para acompanhamento dos médicos, mas que no fim de março foi transferida para uma maternidade no Marrocos que se encarregou do procedimento de risco. “Agradecemos o apoio da família Cisse, voluntários e de todo o povo do Mali”, disse a ministra da Saúde, Fanta Siby, em um comunicado. “Damos os parabéns às equipes médicas do Mali e do Marrocos cujo profissionalismo fez com que o resultado desta gravidez fosse tão feliz”. A jovem mãe, de 25 anos, e seus bebês devem voltar para casa apenas em algumas semanas. A nota do governo do Mali não informou o peso dos bebês ou após quantas semanas de gestação eles nasceram. Há registro de casos anteriores de gestação de nônuplos, mas com problemas de saúde graves. Em 1971, Geraldine Brodrick, de 29 anos, teve 9 bebês num hospital da Austrália – dois deles nasceram já sem vida, e os demais acabaram morrendo no decorrer de uma semana, segundo registro da época do jornal The New York Times. Houve ainda um nascimento de nônuplos em março de 1999, na Malásia, mas nenhum deles sobreviveu.

03 Mai 2021 - 14:30h

Após mais de um ano de espera, foliões no Reino Unido retornaram nesta sexta (30) à pista de dança em um evento piloto de segurança em meio à pandemia. Cerca de 6 mil pessoas são esperadas ao todo na festa First Dance, que vai durar duas noites na boate Circus, em Liverpool. Durante o evento, os foliões puderam se aglomerar sem distanciamento e sem uso de máscaras. Muitos foram vistos se beijando e se abraçando, enquanto outros eram carregados nos ombros de amigos para olhar o palco. Ele só precisava apresentar o teste negativo para Covid-19 antes de entrar. De acordo com a Revista Época, a festa faz parte o Programa Nacional de Pesquisa de Eventos para ver como as instalações podem ser reabertas com segurança. O mesmo esquema permitiu que 8 mil torcedores assistissem à final da Copa da Inglaterra entre Manchester City e Tottenham, no estádio de Wembley, no último fim de semana. À rede britânica Sky News, jovens presentes no evento descreveram a atmosfera como “incrível” e “surreal”. Um deles afirmou que se sentia “como uma criança na véspera de Natal”, enquanto outro participante disse que era “muito estranho estar de volta ao redor de tantas pessoas e sem máscaras”.

27 Abr 2021 - 14:30h

A Nova Zelândia realizou neste sábado (24) um show para mais de 50 mil pessoas – foi o primeiro evento deste porte realizado no país desde o início da pandemia do novo coronavírus. O show aconteceu em Auckland, a maior cidade do país. De acordo com a CNN, imagens das redes sociais mostram milhares de pessoas reunidas no estádio Eden Park, sem máscaras ou necessidade de distanciamento social. A banda Six60 comandou o show, que marcou um novo passo rumo à normalidade no país. “Mais de 50 mil fãs da Six60 para comemorar o início de uma nova era para o estádio nacional da Nova Zelândia”, escreveu o Eden Park nas redes sociais. Desde o começo da pandemia, a Nova Zelândia adotou medidas como lockdown, fechamento de fronteiras e outras restrições em suas principais regiões – a estratégia fez com que o país tivesse pouco mais de 2,5 mil casos de Covid-19 e 26 mortes até esta segunda-feira (26), segundo dados da Universidade Johns Hopkins.  Nas redes sociais, a banda Six60 agradeceu ao público. “Que sonho, Eden Park. Para os livros de história. Obrigado a todos por tornarem isso possível”. Em fevereiro, a primeira-ministro Jacinda Ardern anunciou um lockdown de três dias em Auckland após três casos locais positivos para Covid-19 – na época, eram as primeiras infecções confirmadas desde o final de janeiro.

27 Abr 2021 - 06:59h

Sabe-se atualmente que o ser humano, especialmente em seu primor infantil, é extremamente criativo e está sempre em busca de solucionar problemas.  Dentro deste contexto assume-se que na educação, de maneira especial na educação primária, jogos e atividades lúdicas que exploram a criatividade e capacidade de resolver problemas sejam poderosas armas no desenvolvimento crítico e cognitivo.

Como pautar pontos, nos ensinos primário e fundamental por exemplo, como trabalhos escolares, regras da ABNT, prazos, provas e burocracias de forma lúdica? A resposta é: através de brincadeiras e atividades lúdicas. E qual a importância dessas atividades no ensino?

 

Histórico de jogos e brincadeiras no ensino

Como dito acima, o ser humano possui  por natureza uma necessidade de resolver e solucionar problemas em diversas situações. Logo, brincadeiras, jogos e a humanidade caminham juntos há séculos já. Um grande exemplo disso são jogos ancestrais como o

Go. Conhecido também como Weiqi ou Baduq, o jogo surgiu há mais de 2.5 mil anos na China antiga e é um jogo de tabuleiro similar ao Xadrez.

Essas ''armas'' lúdicas estavam presentes na cultura humana há milênios. E com o passar do tempo, jogos e  brincadeiras passaram a ter um caráter educativo no que  diz respeito à educação infantil, especialmente. Alguns artigos, inclusive, mostram que no século XVI, na Grécia e em Roma, já existiam jogos e brincadeiras  com intuito educativo e de alfabetizar crianças e jovens. Conseguimos ver aqui como, ao longo do tempo, esses dois instrumentos para exercício da criatividade passaram a ter uma forte relação com a educação e com o aprendizado.

Métodos lúdicos de aprendizado e brincadeiras

A etimologia da palavra Lúdico remete a palavra ludus, que no Grego Clássico possuía relação com jogos. Inclusive, diversos pesquisadores e autores, atualmente, defendem que brincadeiras e atividades lúdicas são essenciais na educação infantil, pois possibilitam que o aprendizado seja realizado de maneira divertida, descontraída e prazerosa.

Segundo a educadora Adriana Friedmann, atividades lúdicas são praticamente um organismo vivo, sendo definidas por suas constantes mudanças e não por serem conceitos estáticos. Essas atividades variam de um grupo cultural e social para o outro e de um contexto específico para outro.

Vários pesquisadores nos dias de hoje reconhecem e inclusive defendem o uso e proveito de atividades e brincadeiras lúdicas no ensino infantil. De acordo com Santa Marli Pires dos Santos, em 2002, conceitos e atividades lúdicas podem facilitar o aprendizado de forma significativa, evidenciando os desenvolvimentos social, cultural e interpessoal.

Contextualizada a devida importância de brincadeiras e jogos no aprendizado e desenvolvimento pessoal, podemos elucidar alguns exemplos de atividades lúdicas utilizadas no aprendizado infantil:

  1. Jogos de criação e construção

  2. Livros

  3. Jogos de tabuleiro

  4. Jogos de expressão corporal (dança, música)

  5. Quebra-cabeças

  6. Jogos científicos

Segundo o Externato Champagnat, essas atividades podem ser motivadores

desenvolver competências cognitivas e interpessoais, além de serem ótimas ferramentas para atuar com alunos que apresentam déficit de aprendizado.

Espaços não-formais e informais de ensino e educação

Atualmente inúmeros pesquisadores reconhecem o caráter multi-semântico que a palavra Educação possui. Ou seja, o conceito de educação não é apenas uma coisa estática, podendo, na verdade, apresentar inúmeros sentidos, maneiras, formas e contextos diferentes.

Portanto, além das tradicionais escolas, internatos e externatos, existem também os chamados Espaços não-formais e informais de ensino e educação. Mas o que são esses espaços? Como atuam? E qual a importância definitiva deles no fomento educacional pessoal?

A priori é necessário definir o que se entende por educação informal e não-formal.

Segundo a Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) a educação não formal

pode ser definida por um conjunto de atividades e processos que ocorrem em um espaço 

próprio e que visam o desenvolvimento e instrução de indivíduos, porém, sem a obtenção  de um certificado do sistema educativo formal. 

De forma simplificada, educação informal e educação não-formal podem ser entendidas como aquelas que ocorrem fora de um espaço escolar. Portanto, também pode-se entender como o processo de aprendizado diário das pessoas em diferentes locais, ocasiões com diferentes atividades.

Dentre os espaços de educação informal e não-formal, podemos citar Museus, Zoológicos,  Parques, Estações Ecológicas e Ambientais e Jardins Botânicos. Cada um destes espaços possui relevância não só em seu cunho técnico, como também em seu cunho educativo para com a sociedade em geral.

CONTINUE LENDO

26 Abr 2021 - 09:30h

Ao longo da pandemia, 6.346 pessoas morreram em Israel, segundo dados do ministério da saúde israelense. A última vez que o país relatou zero mortes por Covid-19 foi no final de junho de 2020, depois que outro lockdown conteve o avanço da primeira onda de infecções. De acordo com a Revista Época, a doença recuou depois de atingir seu pico em janeiro deste ano. O governo israelense começou a flexibilizar as restrições à circulação de pessoas do lockdown um mês depois, à medida que as vacinações contra a Covid-19 seguiam de forma mais ampla. Israel tem a maior taxa de vacinação do mundo. Na quinta-feira (22), o país atingiu a marca de 5 milhões de pessoas vacinadas com as duas doses, o correspondente a 52% dos 9 milhões de habitantes — o Brasil, por exemplo, vacinou completamente 5% de seus 212 milhões de habitantes. “Esta é uma grande conquista para o sistema de saúde e os cidadãos israelenses. Juntos, estamos erradicando o coronavírus”, tuitou o ministro da Saúde, Yuli Edelstein, na sexta-feira (23). Na semana passada, Eyal Leshem, diretor do maior hospital de Israel, o Sheba Medical Center, disse que o país pode estar perto de alcançar a “imunidade coletiva”. A imunidade do rebanho ocorre quando um número suficiente de uma população tem proteção contra uma infecção impedindo que ela se espalhe com força.

18 Abr 2021 - 17:00h

Pesquisa realizada pela ADP Research Institute, no fim de 2020, em 25 países em todo o mundo, incluindo o Brasil, mostra como a pandemia influenciou o envolvimento dos funcionários e sua resiliência no local de trabalho. Apesar de globalmente o envolvimento dos profissionais continuar baixo, no Brasil houve aumento no ano passado. Em comparação com o estudo anterior, realizado em 2018, a porcentagem de funcionários totalmente envolvidos em nível global diminuiu um ponto percentual. Hoje, 14% dos trabalhadores estão totalmente engajados. Arábia Saudita (21%), Índia (20%) e África do Sul (19%) lideram a pesquisa. Já Coreia do Sul, Taiwan e China são os países com menor taxa de engajamento, com 6%, 8% e 8%, respectivamente. No Brasil, houve um ganho de 4 pontos percentuais no engajamento dos trabalhadores, que subiu de 14% em 2018 para 18% em 2020. No caso da resiliência, o índice também é baixo. Apenas 15% dos colaboradores em todo o mundo são altamente resilientes. Os países com maior porcentagem de funcionários altamente resilientes são: Índia (32%), Arábia Saudita (26%) e Emirados Árabes Unidos (24%). Já os com a menor taxa são Taiwan, Suécia e Coreia do Sul, com 8% cada. No Brasil, a taxa de trabalhadores altamente resilientes chega a 16%. No estudo, o engajamento é definido como uma atitude positiva e dedicada em relação ao trabalho e ao empregador. Já a resiliência é definida como a capacidade de resistir a condições desafiadoras no local e durante o trabalho. Foram entrevistados cerca de 27 mil colaboradores.

09 Abr 2021 - 09:30h

A americana que foi reconhecida, em 2017, como a mulher com as maiores unhas do mundo, decidiu cortar os 73,355 centímetros de queratina. Agora, a recordista vai poder fazer tarefas domésticas simples, como lavar louça ou trocar a roupa de cama. Ayanna Williams não cortava as unhas desde a década de 1990 e, para retirá-las, foi necessário usar uma ferramenta giratória elétrica, já que a lixa e um alicate não deu certo. "Eu tenho deixado as minhas unhas crescerem por décadas. Agora, estou pronta para uma nova vida. Eu sei que eu vou sentir falta delas, mas chegou a hora – a hora delas irem embora", disse ao site do Guinness World Records. Quando entrou para o livro dos recordes, ela tinha 57,64 centímetros nas unhas. Agora, sem 'uma parte do corpo', a moradora de Houston fica feliz que suas unhas serão exibidas em um museu em Orlando, Flórida. "Vai ser incrível. Vai ser como uma cera de mim mesma, embora sejam apenas minhas unhas. Mal posso esperar para ver isso, de verdade. Vou estar sorrindo de orelha a orelha. Pensa realmente sobre isso, é incrível", comentou empolgada.

29 Mar 2021 - 14:30h

Cinco mil pessoas participaram, no sábado (27) de um show em Barcelona, na Espanha, para testar eventos pós-pandemia. Todas precisaram usar máscaras e passar por um teste de Covid antes de entrar na arena, mas manter o distanciamento não foi necessário. A apresentação foi da banda espanhola de pop rock “Love of Lesbian”, já indicada ao MTV Europe Music Awards. O show precisou de aprovação do governo para ocorrer. “Bem-vindos a um dos shows mais emocionantes de nossas vidas!”, disse o vocalista da banda, Santi Balmes, em uma saudação à multidão, que aplaudiu.

 Em cenas surreais depois de um ano de distanciamento social, os fãs dançaram próximos uns dos outros, mas o mar de rostos cobertos de máscaras mostrou que as coisas não haviam voltado ao normal. Os controles sanitários na entrada atrasaram o início do show, mas não diminuíram o espírito de celebração, segundo a agência de notícias Reuters. “Foi espetacular. Nos sentimos seguros em todos os momentos. Estávamos na primeira fila e foi algo de que sentimos muita falta”, declarou o publicitário Salvador, de 29 anos, à Reuters após o show. “Estamos muito orgulhosos de ter tido a chance de participar disso. Esperamos que seja o primeiro de muitos”, disse. Antes da apresentação, um dos co-organizadores do evento, Jordi Herreruela, afirmou à agência que "será mais seguro estar no Palau Sant Jordi [local do show] do que andar na rua”.

18 Fev 2021 - 06:00h

Você já se perguntou o que o Jackpot significa nas slots? Descubra aqui!

Se você é um novato, ou não joga com tanta frequência, em cassinos online e reais, bem como em casas de apostas, é provável que não esteja tão familiarizado com certos termos ou conceitos do mundo do jogo. De palavras como probabilidades a técnicas de contagem de cartas ou estratégias de jogo. Para se ter uma experiência de jogo adequada, é necessário conhecer a referida terminologia, saber do que trata cada conceito, para o compreender e poder aplicá-lo. Aqui vamos falar sobre um termo comum, mas poucos sabem o que realmente é, Jackpot. Portanto, se você quiser saber do que se trata, é melhor continuar lendo.

Como podemos definir um Jackpot?

Embora possamos nos aprofundar na definição técnica do que é um Jackpot, falar sobre números, conceitos e até mesmo citar autores, isso não é tão relevante quando podemos definir o que é um Jackpot em poucas linhas. Assim, podemos dizer que todas as apostas acumuladas que ocorrem quando vamos jogar um jogo, por exemplo, no pôquer, é um Jackpot. Simplificando, o banco de dinheiro, as apostas pelas quais você e a casa vão lutar são definidos como um Jackpot. Também é conhecido como o maior pote de apostas em um cassino.

Desta forma, podemos definir um Jackpot como aquilo que todos procuram, o tão esperado prêmio que todos queremos ganhar. Bem, em um Jackpot encontraremos o maior, mais suculento e mais provocativo pote de apostas de todos os potes de apostas.

Você também deve saber que o conceito de Jackpot é amplamente utilizado em todos os jogos de cassino, seja bingo, roleta, pôquer ou caça-níqueis, embora seja este último onde o Jackpot é mais comum e geralmente é mais atraente para o que todos querem ganhe.

Como ganhar um jackpot?

Agora que você sabe que um Jackpot é o saque que todo jogador de cassino quer ganhar, você precisa saber que existem pequenos truques ou estratégias que podem ajudá-lo a aumentar as chances de ganhar um Jackpot e, assim, deixar o cassino com um grande sorriso.

No caso dos casinos online, a estratégia para ganhar um jackpot no casino online começa com a escolha de uma slot machine. Em primeiro lugar, você terá que entender como funciona para poder executar o primeiro passo, qual é a escolha de slots com jackpots menores.

Outra estratégia na qual você pode aumentar suas chances de ganhar é jogar em máquinas caça-níqueis de custo mais alto. As máquinas mais caras geralmente não têm grandes jackpots acumulados, também é muito mais provável ganhar um jackpot de vez em quando, em comparação com outros jogos em que eles saem muito pouco.

Finalmente, você deve saber que tudo está sujeito à sorte, assim como ao acaso, então tudo dependerá se as estrelas estão alinhadas com você. Além disso, você também deve ter em mente que, para um Jackpot, é necessário jogar constantemente em cassinos online.

CONTINUE LENDO

12 Fev 2021 - 07:30h

O site jw.org disponibiliza sete dicas práticas para lidar com a ansiedade causada pela pandemia, que abalou o mundo e afetou o bem-estar emocional das pessoas em vários países. A ameaça de contrair e transmitir um vírus que pode matar, bem como a ansiedade e o isolamento social tiveram um profundo impacto em pessoas de diferentes formações. Para ajudar as pessoas a lidar com essa situação, o site oficial das Testemunhas de Jeová apresenta o vídeo Epidemias – O que você pode fazer? A animação de três minutos fornece ajuda prática, emocional e espiritual para as famílias enfrentarem os efeitos da pandemia. Desde o começo da pandemia, o site tem publicado informações que ajudam pessoas de todas as idades e formações a ficarem calmas, bem informadas e saudáveis. Com conteúdo disponível em 1.028 idiomas, o endereço responde a perguntas feitas com frequência e mostra a garantia da Bíblia de que teremos um futuro maravilhoso.

22 Jan 2021 - 11:30h

O ex-presidente Lula (PT) anunciou nesta quinta-feira (21) que foi diagnosticado com Covid-19 em Cuba, durante uma viagem iniciada em 21 de dezembro, mas que já está recuperado da doença. Em nota oficial, ele afirma que cumpriu a quarentena no país e que não precisou ser internado. O ex-presidente afirma ainda “que decidiu comunicar a doença apenas na chegada ao Brasil para preservar sua família e a dos demais infectados”. Além dele, todos os outros membros da sua comitiva tiveram resultado positivo e foram monitorados em Cuba. Apenas o escritor Fernando Morais precisou de internação hospitalar, por complicações pulmonares.

05 Jan 2021 - 10:30h

O WhatsApp bateu recorde de chamadas por voz e por vídeo na véspera do Ano Novo. Foram 1,4 bilhão de ligações ao redor do mundo durante a virada de 2020 para 2021, de acordo com o Facebook, dono do aplicativo de mensagens. Em um comunicado na última sexta-feira (1º), a companhia lembrou que a véspera do Ano Novo costuma gerar alto volume de mensagens, além de publicações de fotos no Facebook e Instagram. Desta vez, com a pandemia de Covid-19 e com as reuniões menores entre familiares e amigos, as ligações dispararam. A companhia afirmou que nunca registrou esse volume de chamadas em um único dia. As 1,4 bilhão de ligações representaram um aumento de mais de 50% em comparação com as chamadas feitas na virada de 2019 para 2020. O Facebook disse ainda que o réveillon marcou um recorde de chamadas de vídeo em grupo (com mais de 3 pessoas) no Messenger, considerando dados apenas dos Estados Unidos. Segundo a rede social, foram duas vezes mais ligações durante a véspera do Ano Novo se comparado com um dia normal, mas os números não foram divulgados em detalhes. Além disso, Facebook e Instagram registraram, juntos, mais de 55 milhões de transmissões ao vivo em todo o mundo na véspera de Ano Novo.

29 Dez 2020 - 09:30h

Um menino de apenas 7 anos ajudou a salvar a irmã de 22 meses em meio a um incêndio na casa onde moravam no estado americano de Tennessee, nos EUA. De acordo com a mãe, Nicole Davidson, seu filho Eli garantiu que a irmã bebê saísse com segurança da casa em chamas. As informações são da emissora local WVLT. Nicole disse que acordou no meio da noite e percebeu que havia fumaça e chamas na casa. Ela e seu marido Chris são ex-bombeiros e entraram em ação, tirando dois de seus filhos da situação de perigo. “Chris pegou o extintor tentando me dar tempo para pegar as crianças, e eu agarrei os meninos porque eles estavam mais próximos do fogo”, disse Nicole. Nicole conta que o fogo na sala de estar a impediu de chegar ao quarto onde sua filha de 22 meses ainda estava dormindo.

22 Dez 2020 - 14:30h

O diretor de emergências da Organização Mundial da Saúde (OMS), Michael Ryan, afirmou nesta segunda-feira (21) que a nova variante do coronavírus “não está fora de controle”, mas que bloqueios adotados por diferentes países são “prudentes”. A afirmação de que a variante B.1.1.7. estava "fora de controle" foi feita pelo ministro da Saúde britânico, Matt Hancock, no domingo (20) para justificar novas medidas de isolamento social às vésperas do Natal. Citando a taxa de reprodução do vírus, o diretor da OMS Michael Ryan alertou que a afirmação não é correta. “Tivemos uma R0 (taxa de reprodução do vírus) muito superior a 1,5 em diferentes momentos da pandemia e conseguimos controlá-la. Portanto, essa situação não está, neste sentido, fora de controle”, declarou Michael Ryan, em coletiva de imprensa. Ele disse ainda que “embora o vírus tenha se tornado um pouco mais eficiente em termos de propagação, ele pode ser detido”. Por outro lado, Ryan ressaltou que, ao impor novas medidas restritivas, os países estão agindo com base no “princípio da precaução” e que isso é “prudente”. “As medidas atuais são boas. Devemos continuar fazendo o que temos feito até agora”, declarou.

14 Dez 2020 - 11:30h

A Alemanha vai fechar o comércio e as escolas entre os dias 16 de dezembro e 10 de janeiro para conter a propagação da Covid-19 no país, anunciou a chanceler Angela Merkel neste domingo (13). Apenas serviços essenciais, como supermercados, farmácias e bancos, poderão funcionar no período. De acordo com o G1, as empresas estão orientadas a dispensar os funcionários ou a priorizar o home office. O governo alemão também proibiu o consumo de bebidas alcóolicas em locais públicos. O país está em “lockdown” parcial há seis semanas, com bares e restaurantes fechados, mas lojas e escolas abertas. Com o aumento das infecções, algumas regiões da Alemanha já haviam imposto medidas de restrição mais rígidas. A preocupação com a segunda onda de casos cresce com a aproximação do Natal. O número diário de novos registros e óbitos atingiu na última semana o maior patamar desde o início da pandemia. Somente nas últimas 24 horas, segundo o governo da Alemanha, foram 381 mortes, elevando o total para 21.787. Houve ainda 20.200 novos casos confirmados, somando 1.320.716 registros.

03 Dez 2020 - 18:54h

O mundo registrou mais de 1,5 milhão de mortes causadas pelo novo coronavírus, oito dias após passar de 1,4 milhão de óbitos. O levantamento da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, também aponta quase 65 milhões de casos confirmados de Covid-19 até esta quinta-feira (3). De acordo com o G1, a universidade americana tem um painel em tempo real que monitora o avanço da pandemia em todo o mundo. Ele é abastecido com dados oficiais, que podem ser revisados e alterados.

20 Nov 2020 - 15:30h

O jornal norte-americano “The New York Times” publicou na quinta-feira (19) o obituário do humorista baiano Jotinha, que morreu no início deste mês, aos 52 anos, após falência múltipla dos órgãos, em decorrência da Covid-19. Na publicação, o jornal traduziu o nome artístico do humorista para “Little J”. O obituário do jornal faz parte de uma série sobre pessoas que morreram por causa da pandemia do coronavírus e traz uma parte da história de Jotinha. “Quando alguém em 2016 enviou uma mensagem para um grupo de WhatsApp brasileiro, provocando a baixa estatura e voz aguda de José Luiz da Silva, o senhor Silva viu e ofereceu a outra face – com um resultado surpreendente”, escreveu o jornal, explicando como começou a popularidade de Jotinha. “A mensagem continha uma foto adulterada de sua cabeça no topo do corpo de um pintinho, e perguntava se ele era popular com as mulheres. O senhor Silva, conhecido como Jotinha, respondeu ao grupo com uma mensagem de áudio com sua distinta voz de criança: “Não, não entendi. Não entendi nada, ha ha ha ha”. Por alguma razão, sua resposta chamou atenção e as pessoas começaram a compartilhar em outros grupos do whatsapp, que é muito popular no Brasil. No fim do dia, ela tinha recebido 3.600 mensagens no aplicativo. Ele continuou a postar mensagens de áudios e elas continuaram a fazer sucesso. Logo, ele estava recebendo mais de 10 mil mensagens por dia, fazendo com que a mídia brasileira o chamasse de “Rei do WhatsApp”, acrescentou a publicação. O 'New York Times' ainda descreveu sobre o time de coração do humorista, o Esporte Clube Bahia, o início do trabalho dele como locutor em Elísio Medrado, sua cidade natal e sobre a história da família de Jotinha. Abordou, ainda, a infecção por Covid-19 da mãe dele, Teresinha César, de 88 anos, que já está curada. A publicação ainda destacou que “políticos, jogadores de futebol e artistas populares que trabalharam com o senhor da Silva lamentaram sua morte”.

13 Nov 2020 - 09:30h

Pelo menos 11 pessoas morreram depois que o tufão Vamco atingiu o sul da principal ilha das Filipinas, Luzon, informou nesta quinta-feira (12) a agência de desastres do país. Essa já é a terceira grande tempestade a afetar o arquipélago em menos de um mês. Muitos bairros de Manila, capital filipina, ficaram alagados. Há nove pessoas desaparecidas. O tufão, com ventos de mais de 155km/h, já deixou o litoral da ilha e partiu em direção ao Mar da China. Uma das regiões mais afetadas, Bicol, ainda não se recuperou dos tufões anteriores, Molave e Goni, que deixaram milhares de desabrigados e graves inundações nas últimas semanas. Autoridades alertaram para o risco de deslizamentos de terra, assim como de mar revolto. Cerca de 180 mil pessoas ficaram desabrigadas e foram deslocadas para abrigos em escolas e academias, segundo a Defesa Civil. Os serviços meteorológicos alertaram que a costa, incluindo Manila, ainda pode ser afetada por mais tempestades neste mês. O presidente filipino, Rodrigo Duterte, disse em um comunicado que o governo tem “a situação sob controle” e prometeu indenizações e atendimento psicológico para os afetados. As Filipinas são um arquipélago de mais de 7,6 mil ilhas que registram anualmente cerca de 20 grandes tempestades. Em 2013, o tufão Haiyan deixou mais de 7,3 mil mortos, sobretudo na cidade de Tacloban, no centro do país.

12 Nov 2020 - 15:30h

O governo da Argentina legalizou o cultivo da maconha para uso próprio e com fins medicinais no país nesta quinta-feira (12). O decreto do presidente Alberto Fernández foi publicado no diário oficial da Argentina. Os argentinos também podem cultivar a planta em grupos, desde que seja para uso próprio e fins médicos. O decreto regulamenta uma lei de 2017 que permitia o uso de óleos feitos com base na planta da maconha, mas que ainda mantinha o cultivo proibido, assim como a posse de sementes. “É impostergável criar um marco regulatório que permita acesso seguro e inclusivo a quem quiser usar a cannabis como ferramenta terapêutica”, diz o texto do decreto. Além do cultivo para consumo próprio, as farmácias estão autorizadas a vender óleos e cremes feitos de cannabis. Para ter a permissão para comprar ou plantar, os argentinos precisam se cadastrar em um programa nacional de cannabis, ligado ao Ministério da Saúde. Havia uma pressão política de pais de crianças com doenças graves que poderiam se beneficiar de remédios feitos de cannabis, mas que tinham dificuldade para encontrar os produtos.

07 Nov 2020 - 20:45h

O democrata Joe Biden passou a marca dos 270 delegados no Colégio Eleitoral neste sábado (7), segundo projeções de diversos veículos de imprensa. O número é suficiente para derrotar o republicano Donald Trump e se tornar o 46º presidente dos Estados Unidos. Kamala Harris será a primeira mulher vice-presidente do país. Joe Biden agradeceu aos eleitores pelas redes sociais e afirmou que será um presidente para todos os americanos. “América, estou honrado por ter me escolhido para liderar nosso grande país. O trabalho que temos pela frente será árduo, mas prometo o seguinte: serei um presidente para todos os americanos - quer você tenha votado em mim ou não. Vou manter a fé que vocês colocaram em mim”, postou Biden no Twitter. Em sua página oficial, Biden também afirmou que se sente hornado pela confiança que o povo americano depositou nele e na vice-presidente eleita, Kamala Harris, e pediu a união do povo norte-americano.