Por que fevereiro tem 28 dias?

27 Fev 2015 - 10:30h

De acordo com o calendário gregoriano, promulgado em 1582 pelo Papa Gregório XIII, o mês de fevereiro tem 28 dias, e a cada quatro anos, 29. Essa distinção pode ser explicada por uma sequência de ajustes feitos no calendário. Ele começou a tomar forma quando os astrônomos antigos começaram a ter noção de equinócios e solstícios, portanto, das estações. Esse conhecimento fez surgir o ano solar, que dura aproximadamente 365 dias, 5 horas, 48 minutos e 47 segundos. Além disso, eles observavam as fases da lua: nova, crescente, cheia e minguante. Cada uma durava pouco mais de 7 dias e o ciclo completo dura 29,5 dias, o que deu origem ao mês solar. Daí, os romanos adotaram um calendário baseado nas mudanças de fase da Lua, com 355 dias distribuídos em 12 meses. O ano começava em março e terminava em fevereiro, sendo que os meses tinham 29 ou 30 dias. Fevereiro, que era considerado de mau agouro por ter seu nome derivado de Februus, deus etrusco da morte, ficou com apenas 28 dias. Porém, durante o Império, em 46 a.C., Júlio César fez uma mudança significativa no calendário romano: moveu janeiro e fevereiro para o começo do ano e adicionou 10 dias ao ano para chegar ao total de 365 dias. O mês Quintilis passou a se chamar Julius (Julho) e ganhou um dia extra, 31, em homenagem ao então imperador. Fevereiro ficou com 29 dias.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.


Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Achei Sudoeste. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias