Brumado: Zé Walter diz que Conselho da Cidadania está sem representatividade

29 Nov 2013 - 18:00h

Fundador do Conselho da Cidadania de Brumado (CCB), o sociólogo José Walter Pires conversou com a reportagem do site Brumado Notícias, ocasião em que cobrou a reativação do órgão. Segundo ele, o CBB perdeu a sua representatividade. “Não tenho conhecimento da atuação do Conselho da Cidadania. Ele não tem mais representativa no município. Não quero falar de como foi feita a última eleição, mas vejo que o Conselho perdeu seu impulso de lutar pelos interesses da sociedade brumadense”, avaliou o sociólogo. Pires relembrou que o CCB foi criado no ano de 1998 a partir da necessidade de se unir todas as esferas da sociedade brumadense a fim de apresentar ideias e projetos em prol da melhor qualidade de vida dos munícipes. Zé Walter apontou que na época o município precisava de atenção por conta da grande seca que atingia a região. “A falta d’água foi a gota que transbordou a nossa sede”, este era o tema da luta em defesa da cidade no período de criação do Conselho, conforme destacou o sociólogo. Nesse sentido, Pires fez alusão ao projeto de construção da barragem do agronegócio. ”A falta d’água será o grande motivo para se arrasar a nossa região novamente”, afirmou o professor. A nossa reportagem tentou contato com o último presidente do CCB, o médico Dantes Guedes, para falar sobre o assunto, mas não obtivemos êxito.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.


Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Achei Sudoeste. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias