Brumadense mata a companheira e comete suicídio em Montes Claros

15 Mai 2020 - 08:20h

Um homem de 40 anos, natural da cidade de Brumado, matou a companheira, de 24, e depois cometeu suicídio na casa que os dois moravam, em Montes Claros, no Norte de Minas. Os dois corpos foram encontrados por familiares da mulher na noite dessa quinta-feira (14). Segundo a Polícia Militar, eles arrombaram o portão do imóvel porque suspeitaram que teria ocorrido algo, já que a vítima não atendia o telefone. O corpo de Maria Dileusa da Silva estava na cama onde o casal dormia. Ainda de acordo com a PM, Irineu Silva Santos foi encontrado morto pendurado em uma corda no corredor da casa. A perícia esteve no local e informou que a mulher possivelmente foi estrangulada, e o corpo já estava em início de decomposição. Familiares disseram à polícia que os dois tinham um relacionamento conturbado, ficaram separados por seis meses e reataram há uma semana. De acordo com o G1, os corpos foram encaminhados ao IML e o caso será investigado pela Polícia Civil.

Comentários

Antônio Rizério

"Precisamos nos amar mais!"

Deixar comentário

Comentário