Secretaria investiga profissionais que falsificaram documentos para serem vacinados em Conquista

21 Jan 2021 - 16:30h

Denúncias que profissionais da área que não estão enquadrados entre o grupo prioritário para receber a primeira dose da vacina contra a Covid-19 foram recebidas pela Secretaria de Saúde de Vitória da Conquista, a 132 km de Brumado. As informações são do Jornal A Tarde. De acordo com as denúncias, funcionários teriam burlado documentos para receberem o imunizante na última terça-feira, 19. Segundo o cronograma definido pela prefeitura, os profissionais que seriam vacinados primeiro seriam os que atuam no combate direto ao coronavírus. Profissionais de redes hospitalares que não estão enquadrados como prioridade teriam falsificado a declaração de trabalho para receberem o imunizante. A secretaria disse que não tem controle dos profissionais que trabalham na rede hospitalar e fica a cargo de cada instituição a responsabilidade de encaminhar apenas os profissionais que atuam na linha de frente. O órgão disse também que os fatos foram apurados e a instituição que enviou funcionários que não faziam parte deste grupo foi convocada para uma reunião nesta quarta-feira, 20, para as devidas notificações. O nome da instituição, nem quais penalidades podem sofrer a rede hospitalar e os profissionais que falsificaram a documentação foram divulgados.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias