Mulher que matou homem que a estuprava é condenada em julgamento na França

28 Jun 2021 - 11:30h

Uma mulher que matou o homem que a submeteu a anos de estupros e abusos foi condenada pelo júri, em julgamento na França, por assassinato premeditado. Mas ela não terá que passar mais tempo na cadeia. O júri do tribunal de Chalon-sur-Saône, região central da França, deliberou por cinco horas na sexta (25) antes de rejeitar o argumento da defesa de Valerie Bacot de que ela não estava mentalmente sã no momento em que matou Daniel Polette. Apesar de condenar Bacot por assassinato, a Justiça aplicou uma pena de prisão que pode ser totalmente abatida do período em que ela ficou provisoriamente presa. Com isso, Bacot deixou o tribunal em liberdade.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.


Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Achei Sudoeste. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias