Brumado: 'Prefeito atropela a lei ao obrigar que alunos fiquem nas escolas em tempo integral', diz vereador

10 Set 2021 - 00:00h

O vereador Reinaldo de Almeida Brito (DEM), o Rey de Domingão, se posicionou contra a obrigatoriedade imposta pela prefeitura de Brumado com relação ao tempo integral nas escolas. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, Almeida citou o projeto de lei, aprovado pelo legislativo em 2020, que retira essa obrigatoriedade de o aluno permanecer o dia todo na escola. “O prefeito está passando por cima da lei colocando o tempo integral de novo como obrigatório. Ele fala tanto que lei é pra ser cumprida, mas está passando por cima dela”, acusou. Caso o prefeito insista em manter o tempo integral como obrigatório, o vereador disse que a Câmara Municipal será obrigada a recorrer à Justiça. Para o parlamentar, o prefeito age em benefício próprio ao considerar apenas as demandas que a casa legislativa aprova a seu favor. “Ao contrário, ele não aceita e passa por cima”, reiterou. Domingão ainda requereu que a prefeitura disponibilize o transporte escolar para àqueles alunos que não queiram permanecer nas unidades de ensino em sua integralidade.

Comentários

Sílvia Daniely

"Ditador! Isso é o que ele é!!"



Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Achei Sudoeste. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias