Barra da Estiva: Homem que matou companheira e cunhado é condenado a 32 anos

18 Nov 2021 - 10:00h

Em Barra da Estiva, a 132 km de Brumado, o réu Edvan Santos da Silva foi condenado a 32 anos de reclusão por matar a tiros a companheira Itamara Santos Caires, que estava grávida de dois meses, o cunhado Iranildo Ribeiro Santos, além de tentar contra a vida da sogra. Em julgamento realizado no Fórum Eliezer Rodrigues de Souza, a Juíza de Direito Substituta da Comarca, Mirã Carvalho Dantas, proferiu a leitura da sentença e considerou o réu culpado pelos crimes de homicídio qualificado consumado e feminicídio consumado e tentado. A acusação foi feita pelo Promotor de Justiça, George Elias Gonçalves Pereira. O crime ocorreu em abril de 2019, na Fazenda Cachoeirinha, comunidade rural do município.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.


Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Achei Sudoeste. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias