Achei Sudoeste
Achei Sudoeste
uneb
'Se haverá ou não a greve dos professores só o governador pode responder', pontua Aduneb Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Em suas assembleias, a Uneb, a Uesc, a Uesb e a Uefs aprovaram um indicativo de greve, o que significa que a categoria está predisposta a deflagrar uma greve caso as negociações com o Governo do Estado não avancem. Ao site Achei Sudoeste, o presidente da Associação dos Docentes da Universidade do Estado da Bahia (Aduneb), professor Clóvis Piau, ressaltou que a deflagração de um movimento grevista vai depender do Governo da Bahia. “O indicativo de greve é uma sinalização para o governo de que, se não houver negociação por parte do governo, a gente vai pensar na possibilidade de deflagrar a greve. O governo está nos empurrando para uma greve, tudo vai depender da resposta do governador”, esclareceu. Segundo Piau, até o momento, não houve nenhuma negociação, embora o governo tenha recebido a categoria docente nas respectivas secretarias. “Isso não significa que o governo esteja negociando. Não está havendo negociação, apenas reuniões de informação”, afirmou. A categoria reivindica a recomposição salarial, tendo em vista a perda de mais de 40% do seu poder de compra em 9 anos. Neste ano, segundo o presidente da Aduneb, o governo concedeu à categoria um reajuste de apenas 4%, diluído em duas parcelas. “Queremos que o governo anuncie um calendário de recomposição salarial. Estão dando 4% agora e, no próximo ano, vão dar quanto? E em 2025, 2026? Precisamos recuperar esses mais de 40% minimamente falando”, cobrou.

Brumado: Prédio do CEEP pode se tornar sede própria da Uneb; governo estuda viabilidade Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Em Brumado, o prédio do Centro Estadual de Educação Profissional em Gestão e Meio Ambiente (CEEP) pode se transformar na sede própria da Universidade do Estado da Bahia (Uneb). Atualmente, a universidade funciona em um espaço alugado na Rua Exupério Pinheiro Cangussu. Ao site Achei Sudoeste, o professor do campus, Alexandre Xandó, ressaltou que a sede própria abrirá maiores possibilidades de expansão da Uneb, que possui em sua grade apenas os cursos de Letras, Pedagogia e Direito, bem como de mais investimentos. “Então, essa luta é uma luta muito importante”, destacou. Em audiência recente com a secretária estadual de educação, Xandó foi informado que, com a inauguração do Colégio Estadual de Tempo Integral, o governo está realizando uma reforma no Colégio Estadual de Brumado (CEB) e há a chance de transferência do funcionamento do CEEP para a unidade. “Com isso, temos uma grande possibilidade de que o espaço onde hoje funciona o CEEP possa ser destinado para a Uneb. Essas foram palavras da secretária de educação. Isso significa, de fato, que o negócio está bem encaminhado. É uma movimentação de muitas mãos. Estamos somando forças em prol da sede própria da Uneb”, afirmou.

Professores da Uneb, Uefs, Uesb e Uesc aprovam indicativo de greve Foto: Reprodução/Bahia Notícias

Professores da Uneb, Uefs, Uesb e Uesc aprovaram no início da noite desta segunda (10), o indicativo de greve por tempo indeterminado. A decisão foi tomada durante assembleia geral da Associação dos Docentes da UNEB (ADUNEB), que afirmou em nota que aguarda o governador Jerônimo Rodrigues apresentar “disposição para uma negociação satisfatória”. Ainda segundo a categoria, os professores demonstraram grande insatisfação com o Governo do Estado e que a solicitação pela abertura das negociações com o Executivo acontece desde o primeiro mês da gestão do governador, em 11 de janeiro de 2023, momento em que foi protocolada na Governadoria, Secretaria de Educação (Sec), Secretaria de Administração (Saeb) e Secretaria de Relações Institucionais (Serin), a pauta de reivindicações. “O descontentamento foi ratificado por várias representações do sindicato, dos campi da Uneb do interior, presentes na atividade. Seguindo a orientação da Aduneb realizaram reuniões prévias em seus Departamentos e também trouxeram para a assembleia a defesa do indicativo de greve”, diz a nota.  Segundo a Coordenação da Aduneb, o reajuste salarial conquistado este ano de 6,97%, sem retroatividade à data-base da categoria e sem negociação com as representações sindicais, não recompõe nem a inflação de 2023 e mesmo com o reajuste, as perdas inflacionárias, desde 2015, superam 34% de perda salarial. A Aduneb ressalta ainda que em nenhum momento o governo abriu negociação, realizando apenas o que denomina de “mesa de diálogo”. A Aduneb afirma que o indicativo de greve ainda não é uma greve por tempo indeterminado e que a pauta aprovada pela assembleia da Aduneb sinaliza o aumento da mobilização e a disposição da categoria docente em deflagrar a greve, caso o governo não apresente resposta à pauta de reivindicações. As informações são do Bahia Notícias, parceiro do Achei Sudoeste.

Felizes para sempre: Matrimônio coletivo une 50 casais através do Casar é Legal em Brumado Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

No último sábado (08), 50 casais tiveram a sua união celebrada oficialmente em um casamento coletivo realizado pela Uneb em Brumado. O pastor Wellington Manfine celebrou a cerimônia. Ao site Achei Sudoeste, ele destacou a importância da iniciativa. “Eu, como estudante de Direito da Uneb, fazendo parte como ministro do evangelho e podendo celebrar essa cerimônia. Famílias estão sendo contempladas e abençoadas com este momento tão significativo para os casais”, afirmou. Na oportunidade, o pastor pregou sobre a aliança eterna que os casais firmaram perante Deus. “É, de fato, eterno e não até um determinado momento”, pontuou. Érico Rodrigues, que está à frente do Cartório Rodrigues em Brumado, ressaltou que é uma satisfação muito grande promover o projeto Casar é Legal na cidade, em parceria com o Núcleo de Práticas Jurídicas da Uneb. “Quando a gente ajuda um pouco, acho que nós próprios é quem somos ajudados. Realmente, é uma satisfação muito grande partilhar desse momento de felicidade, sobretudo em um mundo em que temos tantos momentos ruins”, declarou. Diretora do Campus XX, Luciana Cruz frisou que a segunda edição do evento é uma ação de cidadania para reconhecimento do casamento civil e, consequentemente, para a garantia de direitos de tantas famílias. “A Uneb continua desenvolvendo ações que envolvam a comunidade. Lutamos por uma sociedade melhor", falou. Finalmente casados, Nelci e José Caetano esperaram seis anos por esse momento tão especial. "Esperei por 6 anos. Foi muito especial”, concluiu Nelci.

Segunda edição do projeto Casar Legal unirá 50 casais em Brumado Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

A segunda edição do Projeto Casar é Legal será realizada em Brumado por meio de uma parceria entre a Uneb e o Cartório Rodrigues. A iniciativa promove casamentos comunitários para atendimento de uma grande demanda na cidade. Ao site Achei Sudoeste, a diretora do Campus XX, Luciana Cruz, destacou que, nesta edição, o projeto vai atender 50 casais em cerimônia que acontecerá no próximo sábado (08). Segundo Cruz, o projeto dá oportunidade para os casais celebrarem a sua união de forma gratuita. “É uma ação que envolve toda comunidade e que já entrou para o calendário de eventos do município”, ressaltou. A professora Micheline Flores informou que ainda resta uma fila de espera com cerca de 20 casais que já aguardam a próxima edição do Casar é Legal, tamanha a demanda que existe em Brumado. Flores frisou que os casais precisam estar com todos os documentos atualizados para fazer parte da iniciativa. “Muitos casais queriam se habilitar, mas não conseguiram porque precisam ter essa documentação em dia. Os 20 casais aguardando ficarão para o ano que vem”, pontuou. A ação está ligada ao Núcleo de Práticas Jurídicas da Uneb, que busca assegurar o direito à cidadania para essas pessoas. Segundo Micheline, a cidadania perpassa pela oficialização do casamento.

Governador ainda indeciso quanto à sede própria do Campus XX da Uneb em Brumado Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Em Brumado, há mais de 20 anos, o campus da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) funciona em um espaço alugado pelo Governo do Estado. Ciente da situação, o governador disse ao site Achei Sudoeste, que, no momento, prefere investir na qualificação ainda maior dos cursos que estão sendo oferecidos. “A universidade sabe que terá todo apoio, sou professor de universidade e de uma estadual, sei o que a universidade passa. Precisa de orçamento, mas prefiro que a gente possa primeiro qualificar ainda mais os cursos que estão sendo oferecidos, vê os que estão saturados. Vou ter a agenda de trabalho dialogada com a reitora para vermos qual a demanda real”, explicou.

Matrículas são realizadas em cursos de nível superior pela Uneb na UAB em Brumado Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Estão abertas as inscrições para preenchimento de vagas residuais em cursos de nível superior pela Uneb, através da Universidade Aberta do Brasil (UAB), polo de Brumado. As vagas são destinadas a 3 categorias de candidatos. Por meio do Enem, para qualquer candidato que tenha feito a prova do Exame Nacional do Ensino Médio em alguma edição entre 2017 e 2023. Portador de diploma, para servidores públicos municipais, estaduais ou federais. Rematrícula, para ex-alunos que perderam parte do curso ou evadiram. As inscrições são realizadas gratuitamente pela internet. Os candidatos devem ler atentamente o Edital nº 040/2024. Para se inscrever, basta preencher um requerimento.

Uneb: Feira de Trabalho, Emprego e Renda impulsiona as oportunidades em Brumado Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Nesta quarta-feira (15), a Uneb está promovendo em seu campus na cidade de Brumado a 3ª Feira de Trabalho, Emprego e Renda. Neste ano, o evento tem como tema “Trabalho, Emprego, Renda e Desenvolvimento do Sertão Produtivo”. Ao site Achei Sudoeste, o professor José Ricardo Moreno, secretário de articulação institucional da Uneb, destacou que a iniciativa é uma oportunidade para o público, principalmente para os estudantes, de ter contato com os intermediadores de mão de obra, tanto do ponto de vista do estágio como da possibilidade de ser efetivado em uma vaga no mercado de trabalho. Durante a feira, são realizadas várias atividades sobre a temática, como oficinas, minicursos, rodas de conversa, entre outras ações. O Sebrae, o IEL, o CIEE e o Sine/Bahia também marcam presença no evento com programas de estágio e emprego. Coordenadora estadual do Sine/Bahia, Cadine Bárbara ressaltou que a feira é um momento muito importante para disseminação de informações sobre as políticas públicas para emprego e renda do Governo do Estado. “Trazemos informações de cursos, de vagas de emprego e estágio e a ideia é que a gente consiga cadastrar as pessoas. Existem oportunidades que podem ser tanto um trabalho formal, mas também políticas públicas de trabalhos informais. O importante é saber os caminhos”, detalhou. Diretora do Campus XX, Luciana Cruz celebrou a promoção de ações que envolvam a formação de novos profissionais. “Portas abertas para que muitas pessoas possam vir aqui entregar os seus currículos e criar oportunidades de trabalho”, pontuou. O evento será realizado de forma semestral em um campus diferente da universidade.

24° BPM e Uneb formam parceria para implantação do projeto Recicla PM em Brumado Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Em Brumado, o 24º Batalhão de Polícia Militar (BPM) e a Uneb firmaram uma parceria que busca implantar o projeto Recicla PM na região. A Major Maria Oliveira apresentou a proposta na 3ª Feira de Trabalho, Emprego e Renda da Uneb. Ao site Achei Sudoeste, a Major explicou que o programa de reciclagem da PM é gerido pelo Departamento de Polícia Comunitária e Direitos Humanos. Sua criação teve início a partir da falta de local para descarte dos uniformes da PM. “Alguns policiais, em parceria com ONGs, com a iniciativa privada, com órgãos públicos, doaram os uniformes que não mais usavam e começaram a transformar esses uniformes em artesanato. Hoje, temos em diversos cantos da Bahia projetos que integram o programa Recicla PM”, explicou. Oliveira ressaltou que a ideia da iniciativa, além de preservar o meio ambiente, é ajudar mulheres em situação de vulnerabilidade a fazer uma renda extra por meio da venda desses materiais reutilizáveis. A apresentação da proposta em Brumado objetiva criar um núcleo do Pró-Recicla PM na cidade. “Lancei essa proposta aqui em parceria com a Uneb pra ver se a gente consegue criar um núcleo também aqui. Temos um núcleo em Vitória da Conquista”, adiantou.

Uneb realiza abaixo assinado para governo construir sede própria em Brumado Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Em Brumado, a Uneb está colhendo assinaturas em um abaixo-assinado em prol da criação da sede própria do Campus XX na cidade. Ao site Achei Sudoeste, a diretora do campus, Luciana Cruz, lamentou que, mesmo após 20 anos de sua implantação no município, a Uneb ainda não tem sede própria para funcionar adequadamente. Encabeçando a mobilização, Cruz pede o apoio da comunidade. “Estamos hoje convidando as pessoas e a população em geral para que possam fortalecer esse apelo que nós estamos fazendo. A Uneb/Campus XX precisa ter a sua sede própria e, pra isso, convidamos a população para assinar o nosso documento”, afirmou. O abaixo-assinado será entregue diretamente ao Governo do Estado com a solicitação.

Uneb: Feira de Trabalho, Emprego e Renda promete grande capacitação em Brumado Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Em Brumado, a Uneb está organizando a 3ª Feira de Trabalho, Emprego e Renda. Neste ano, o evento tem como tema “Trabalho, Emprego, Renda e Desenvolvimento do Sertão Produtivo”. Ao site Achei Sudoeste, a diretora da instituição de ensino, Luciana Cruz, detalhou que a feira acontecerá no dia 15/05, no Campus XX, onde serão realizadas uma série de atividades que envolvem a temática. Segundo Cruz, o objetivo é atender a demanda dos próprios alunos da Uneb que, futuramente, serão inseridos no mercado de trabalho. “As atividades visam a profissionalização e também vão contemplar o atendimento à comunidade a partir de outras instituições parceiras”, pontuou. Diversos estandes montados no evento irão trazer para população de Brumado e dos municípios do entorno a oportunidade de pensar, discutir e vivenciar o mercado de trabalho. Agentes de integração, a exemplo do Sebrae e da Secretaria Estadual de Trabalho, Emprego e Renda, estarão presentes nesses estandes oferecendo oficinas de estágio e mercado de trabalho, oficinas sobre pesquisa e mercado de trabalho, minicursos, rodas de conversa, entre outras ações, para agregar conhecimento ao público participante. A diretora destacou que a Feira também é uma oportunidade ímpar de capacitação e de geração de emprego, possibilitando a apresentação de currículos e contratação em empresas.

Uneb pede correção de requisito em Concurso Público da Prefeitura de Caetité Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Em nota técnica recebida pelo site Achei Sudoeste, a Universidade do Estado da Bahia (Uneb) em Guanambi recomendou à Prefeitura de Caetité a correção dos requisitos para o provimento do cargo de professor do ensino fundamental (1ª ao 5º ano), constantes do Anexo II do Edital nº 02/2024, referente ao Concurso Público aberto pelo Município. Para o cargo, o edital exige como requisito a formação em Nível Superior, com diploma de conclusão em curso de licenciatura, de graduação plena, em universidades e institutos superiores de educação. Ao mesmo tempo admite como formação mínima a oferecida pelo Ensino Médio completo, na modalidade normal, para o exercício do magistério nos cinco primeiros anos do ensino fundamental. Segundo a Uneb/Guanambi, trata-se de uma contradição de princípio, que desautoriza o Artigo 62 da LDB 9394/96, posto que, foi justamente esta lei que, ao instituir a década da educação na data de sua publicação, determinou que o Conselho Nacional de Educação (CNE) definisse diretrizes curriculares para a oferta de cursos de formação de professores em Nível Superior para todas as etapas da educação básica, extinguindo, paulatinamente, a formação em nível médio. “Recomendamos que especifique o curso de graduação correspondente a cada etapa da Educação Básica, sendo que, para o Ensino Fundamental (1º ao 5º ano) - código 8, constante do Anexo II do Edital nº 02/2024, seja: Ensino Superior, Diploma de Conclusão em Curso de Graduação em Pedagogia, Licenciatura”, afirmou, na nota.

Uneb promoverá Feira de Trabalho, Emprego e Renda no campus de Brumado Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Em maio, a Universidade do Estado da Bahia (Uneb) e a Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) vão promover a 3ª Feira de Trabalho, Emprego e Renda da Universidade no campus de Brumado. O evento acontece no dia 15 de maio, às 8h, com o tema “Trabalho, Emprego, Renda e o Desenvolvimento do Sertão Produtivo”. A iniciativa visa fortalecer a conexão entre a universidade e as empresas, contribuindo para a formação e a preparação dos participantes para o mercado de trabalho. Durante o evento, serão realizadas oficinas de carreira, palestras focadas em orientação profissional, orientações para o aprimoramento dos estudos e fornecimento de informações atualizadas sobre o mercado de trabalho e os processos seletivos. A feira é gratuita e aberta ao público. Os interessados se inscrever através do site http://www.sge.uneb.br/. O evento é realizado em parceria com o Instituto Euvaldo Lodi (IEL), o Centro de Integração Empresa Escola (CIEE), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). Além disso, conta com o apoio da Secretaria Especial de Articulação Interinstitucional (Seai).

Morre Fabiana Andrade Santos, ex-diretora da Uneb de Brumado

A ex-diretora da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), campus de Brumado, Fabiana Andrade Santos, morreu nesta segunda-feira (22), na cidade de Vitória da Conquista. A causa da morte não foi divulgada. A professora foi uma das pioneiras na fundação do Campus XX na capital do minério. Fabiana atuou para o crescimento da instituição no município, atuando nas coordenações dos cursos de Direito e Letras, além de ter sido diretora entre os anos de 2006 a 2010. Fabiana Andrade era reconhecida no meio acadêmico por muitos atributos, mas, sobretudo, pelo seu compromisso com uma universidade pública e de qualidade. Atualmente, ela residia em Vitória da Conquista e atuava como diretora do Departamento de Estudos Linguísticos e Literários da Universidade do Sudoeste da Bahia (Uesb). A direção da Uneb suspendeu as atividades nesta terça-feira (23) em Brumado e decretou luto oficial.

24º BPM e Uneb se unem para promover ações em defesa dos adolescentes em Brumado Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

O 24º Batalhão de Polícia Militar (BPM) e a Universidade do Estado da Bahia (Uneb) se uniram para promover ações em defesa das crianças e adolescentes em Brumado. Na última quarta-feira (17), o comandante do 24º BPM, Elson Pereira, realizou uma visita comunitária institucional no campus da Uneb. Ele foi recepcionado pela diretora da Uneb, Luciana Cruz. Na oportunidade, foram debatidos importantes assuntos para a atuação em parceria das instituições, principalmente no que se refere à proteção das crianças e adolescentes. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, a diretora destacou que o diálogo proposto pelo 24º BPM e pela Uneb visa o fortalecimento de ações que envolvem toda comunidade brumadense. “O objetivo dessa parceria é podermos dialogar sobre a formação de ações de educação e também ações que possam promover um diálogo mais profícuo para sociedade. Isso passa também pelo papel da Polícia Militar no desenvolvimento de ações para o bem-estar da sociedade”, afirmou. A diretora citou que entre as propostas discutidas está o patrulhamento da educação. O impacto das ações, segundo frisou, poderá repercutir na diminuição do número de crimes e situações de risco para toda população.

Com perda de 50% nos salários, servidores públicos da Bahia realizam paralisação Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

Há cerca de dois meses, a Seção sindical dos docentes da Universidade do Estado da Bahia (Aduneb) vem construindo um movimento que unifica os professores, servidores e servidoras públicas da Bahia com o objetivo de sensibilizar o governo para as demandas da categoria. Ao site Achei Sudoeste, o professor Clóvis Piau, que está à frente da Aduneb, disse que os servidores estão ganhando 50% a menos nos seus salários. “Nosso poder de compra diminuiu pela metade. Temos nossas obrigações que precisam ser quitadas e a forma como estamos recebendo nossos proventos não está nos permitindo viver minimamente dentro daquilo que consideramos necessário”, afirmou. Diante das perdas, os servidores realizaram uma paralisação nesta quinta-feira (18). Piau ressaltou que a ideia dessa grande mobilização, que reúne sindicatos e servidores públicos de diversos segmentos, é chamar a atenção do governo do estado para dois pontos principais: a proposta de recomposição salarial e a precariedade do serviço do Planserv (plano de saúde da categoria). Clóvis apontou que as reivindicações estão diretamente relacionadas à valorização dos servidores. “O governo abriu para o diálogo, mas a negociação ainda está pendente”, falou. Caso as demandas não sejam atendidas, novas paralisações serão realizadas na Bahia.

Professores de universidades baianas paralisam nesta quinta; grupo cobra reajustes Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Docentes das universidades estaduais Uneb, Uefs, Uesb e Uesc vão paralisar as atividades por 24 horas nesta quinta-feira (18). A manifestação se concentrará às 9h, em frente à Governadoria, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. Com o mote “Não queremos viver pela metade”, o protesto cobra a abertura de negociações, como forma de equiparar os salários. Segundo os docentes, a categoria registra perdas salariais desde 2015, o que, para algumas categorias, representa quase 50% do valor de compra do salário. Os professores ainda criticam a retirada de direitos trabalhistas da categoria; além de desmonte do Planserv; vale refeição sem reajuste, entre outras questões. Para o coordenador geral da Aduneb [sindicato dos docentes da Uneb], Clóvis Piáu, desde o início do governo de Jerônimo Rodrigues, os docentes buscam negociação, mas não são recebidos. “A pauta de reivindicações já foi protocolada na Governadoria e secretarias de Administração e Educação em abril e novembro de 2023; e janeiro e abril deste ano. Porém, até o momento, as representações do Palácio de Ondina apenas recebem a comissão de docentes para o que chamam de ‘mesa de diálogo’, sem que ela tenha um caráter de negociação. Evidenciam assim, a falta de vontade política com as professoras e os professores que proporcionam conhecimento, formação e desenvolvimento a todas as regiões da Bahia”, disse. As informações são do Bahia Notícais, parceiro do Achei Sudoeste.

Projeto Casar Legal vai realizar 2ª edição do casamento comunitário em Brumado Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

A segunda edição do Projeto Casar Legal será promovida na cidade de Brumado. Através da iniciativa, fruto de uma parceria entre o Cartório Civil e o Núcleo de Justiça da Uneb, são realizados casamentos comunitários. À frente do Cartório Civil no município, Érico Rodrigues explicou que o projeto visa atender pessoas em situação de hipossuficiência econômica. Ao site Achei Sudoeste, Rodrigues destacou que a demanda é grande e, nesta segunda edição, a expectativa é atender cerca de 50 casais. O processo é totalmente gratuito e, para participar, o casal deve demonstrar que não possui condições financeiras de arcar com os custos de um casamento. Rodrigues informou que os documentos comprobatórios estão sendo recepcionados na Uneb e os interessados devem formalizar o pedido o mais breve possível. O projeto atende casais heterossexuais e homossexuais. O cerimonial acontecerá no dia 8 de junho.

Inscrições abertas para o curso pré-vestibular da UPT na microrregião de Brumado Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

O programa Universidade Para Todos (UPT), do Governo do Estado, visa democratizar o acesso ao ensino superior. Através do programa e em parceria com as universidades estaduais e federais da Bahia, é oferecido um curso pré-vestibular gratuito para os estudantes egressos da rede pública. Ao site Achei Sudoeste, o professor e colaborador do programa, Ígor Araújo, informou que as inscrições do curso estão abertas até o dia 1º de abril. Os interessados, concluintes ou egressos da rede pública, podem se inscrever no site www.educacao.ba.gov.br. Basta preencher um cadastro com dados pessoais e aguardar o resultado dos alunos contemplados. Em Brumado, são ofertadas 100 vagas para o cursinho pré-vestibular por meio da UPT. Na microrregião, também há vagas disponíveis para Malhada de Pedras, Aracatu, Livramento de Nossa Senhora, Dom Basílio, Rio de Contas, Macaúbas e Caculé. As aulas serão ministradas no período noturno, na Uneb. O início está previsto para o final do mês de abril. Além das aulas, Araújo especificou que os alunos terão acesso a material didático, simulados e fardamento.

Corpo de ex-servidor da Uneb é encontrado na barragem do Poço Magro em Guanambi Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

O corpo do ex-servidor da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), que estava desaparecido na barragem do Poço Magro, em Guanambi, após um barco afundar, foi localizado na noite desta quarta-feira (13), por volta das 18h30. A vítima foi identificada como José Souza Guimarães, de 74 anos. Segundo apurou o site Achei Sudoeste, mergulhadores do 7º Grupamento de Bombeiros Militar (GBM) encontraram o corpo no manancial. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) realizou o levantamento cadavérico no local. O corpo de Guimarães foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) em Guanambi para ser necropsiado. Não há informações sobre velório e sepultamento.

Ex-servidor da Uneb está desaparecido após barco afundar em barragem de Guanambi Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

Um ex-servidor da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), identificado como José de Souza, está desaparecido após um barco afundar na barragem do Poço Magro, em Guanambi, na noite desta terça-feira (12). O 17º Batalhão de Polícia Militar (BPM) foi acionado por volta de 20h20. Segundo apurou o site Achei Sudoeste, no local, familiares informaram que três homens estariam em um barco dentro da barragem quando o veículo afundou. Dois conseguiram se salvar e um terceiro segue desaparecido. Uma guarnição do Corpo de Bombeiros já está realizando buscas para fazer o resgate. A Polícia Civil também foi acionada.

Professor entrega ofício a governador cobrando sede própria da Uneb em Brumado Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

Professor na Uneb, campus de Brumado, Alexandre Xandó esteve pessoalmente com o governador Jerônimo Rodrigues (PT) para entrega de um ofício solicitando a sede própria da universidade, um desejo antigo de toda comunidade. Ao site Achei Sudoeste, Xandó disse que estão sendo feitos todos os esforços possíveis no diálogo com a Secretaria Estadual de Educação na busca de um espaço para o funcionamento da Uneb na cidade. O Colégio Estadual de Brumado (CEB), que passará a funcionar nas dependências do Colégio Estadual de Tempo Integral, e o CEEP são duas opções possíveis para o novo endereço do Campus XX. Segundo o professor, uma grande mobilização, inclusive política, culminou na confecção do ofício para atendimento do pleito. “Estamos nessas movimentações tentando buscar um espaço desse para que venha a ser instituído um espaço físico próprio da Uneb. Teremos como crescer e desenvolver projetos permanentes”, defendeu. O aumento da oferta de cursos, segundo Xandó, depende da concessão de uma estrutura apropriada para Uneb e toda população precisa se engajar nessa luta, cobrando do Governo do Estado a viabilização da demanda. “Temos uma universidade muito grande que precisa desse espaço próprio. É menos recursos que gastaremos com aluguel. Esse recurso poderá ser investido mais e mais em melhorias para universidade”, defendeu.

Professores paralisam atividades em universidades estaduais da Bahia Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Professores das quatro universidades estaduais da Bahia (Uneb, Uefs, Uesb e Uesc) farão paralisação das atividades acadêmicas nesta quarta-feira (17). O protesto acontecerá de maneira unificada em todo território baiano, terá a duração de 24 horas e foi aprovado em assembleias. Segundo a coordenação da Associação dos Docentes da Uneb (Aduneb), a pauta com as reivindicações da categoria foi protocolada na Governadoria e nas secretarias de governo em 1º de dezembro e, posteriormente, em 11 de janeiro. Na primeira reunião, em 23 de janeiro, os representantes do governo afirmaram que o espaço não se caracterizaria como uma mesa de negociação, mas apenas como uma mesa de diálogo. Dentre as reivindicações da categoria docente estão alteração de regime de trabalho e concessão de auxílio para mobilidade e transporte. Apenas três reuniões aconteceram e outras duas foram desmarcadas pelos prepostos do Palácio de Ondina. Em nenhum dos itens da pauta houve avanço.

Brumado: Representantes culturais recebem formação para edital da Lei Paulo Gustavo Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

O assessor técnico da diretoria de espaços culturais da Superintendência de Territorialização da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, Thiago Carvalho, está na cidade de Brumado para uma formação a respeito do Edital da Lei Paulo Gustavo, o qual compreende a manutenção e a implementação de espaços culturais insurgentes e alternativos, como bares, lonas de circo, arenas e ateliês. O curso aconteceu na tarde desta terça-feira (10), na Uneb. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, Carvalho explicou que esses espaços desenvolvem suas atividades sem uma contribuição cultural ou uma política de estado. O referido edital da Lei Paulo Gustavo é uma oportunidade para obtenção de incentivo a essas atividades culturais. Ao todo, segundo o assessor, uma demanda de 60 propostas será contemplada. A Bahia recebeu o aporte de R$ 150 milhões que foram divididos em 26 editais com propostas diversas. As inscrições seguem até o dia 26 de outubro.

Uneb entra em processo para reformulação do seu estatuto Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Neste ano, a Uneb completou 40 anos e o estatuto da universidade existe desde a sua fundação. A analista universitária Tatiana Porto disse que o estatuto já está defasado e necessita de uma reformulação. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, Porto destacou que, levando em consideração as demandas administrativas, pedagógicas e acadêmicas da Uneb, o estatuto precisará ser revisto para que possa atender melhor a comunidade interna e externa. “Estamos vivendo agora esse momento de fazer a revisão do nosso estatuto”, afirmou. O processo de reformulação do estatuto seguirá um cronograma e envolverá todos os campi da Bahia. Segundo a analista, cada departamento conta com uma comissão local responsável por articular esse diálogo entre os docentes, discentes, técnicos e a sociedade. “É muito importante todos participarem para contribuírem com esse novo estatuto da universidade”, ressaltou. Em Brumado, nesse primeiro ciclo, a comissão já organizou dois momentos de diálogo online. Nesta terça-feira (10), às 19h, acontecerá o segundo debate virtual com a presença do professor Wilson Matos, lotado no departamento de Salvador, para ampliação das proposições do campus do município nesse processo.  

Arquivo