Achei Sudoeste

BUSCA PELO ARQUIVO "02/2021"

24 Fev 2021 - 11:30h

O aumento médio nas contas de luz em 2021 deve ser o maior desde 2018, de acordo com o diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), André Pepitone. Atualmente, informou ele, a estimativa da agência é que o aumento médio fique em 13% em 2021. Esse percentual cairia para 8% com a devolução aos consumidores de uma parte dos R$ 50 bilhões em impostos cobrados a mais nas contas de luz nos últimos anos. Mesmo assim, o aumento de 8% continuaria sendo o maior desde 2018, quando a alta média das tarifas foi de 15%.

24 Fev 2021 - 11:00h

Embora ainda não seja comprovado oficialmente, o secretário de saúde de Brumado, Cláudio Soares Feres, acredita que a nova variante do coronavírus já esteja circulando em Brumado e na região, tendo em vista o aumento considerável de internações e óbitos em decorrência da doença. “Não tem nenhuma informação oficial, mas, provavelmente, sim. Até o final do ano passado, tínhamos mais pacientes idosos e, agora, de repente, nesse início de ano, passamos a receber pacientes jovens”, declarou ao site Achei Sudoeste. Segundo o secretário, só nessa semana, a UPA Covid regulou três pacientes graves com menos de 40 anos para UTIs da região. “Isso tem nos preocupado demais”, alertou.

24 Fev 2021 - 10:30h

Os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que não fizeram a prova de vida entre março de 2020 e abril deste ano não terão seus benefícios bloqueados. O governo anunciou a extensão do prazo nesta terça-feira (23). A partir de maio, volta a ser obrigatória, segundo o presidente do INSS, Leonardo Rolim. Até então, uma portaria publicada em 20 de janeiro prorrogava a interrupção do bloqueio de benefícios para as competências de janeiro e fevereiro, ou seja, para pagamentos até o fim de março. Com a prorrogação anunciada nesta terça, fica prorrogada a interrupção do bloqueio de benefícios para as competências de março e abril, ou seja, para pagamentos até o fim de maio. “5,3 milhões não fizeram a prova de vida no ano passado, não teve nenhum problema. A partir de maio, volta a ser obrigatório. Até lá, quem não fez pode fazer pelo meio digital sem sair de casa”, disse Rolim. A prorrogação vale para os beneficiários residentes no Brasil e no exterior. A rotina e obrigações contratuais estabelecidas entre o INSS e a rede bancária que paga os benefícios permanece e a comprovação da prova de vida deverá ser realizada normalmente pelos bancos. A prova de vida é obrigatória para os segurados do INSS que recebem seu benefício por meio de conta corrente, conta poupança ou cartão magnético. Anualmente, os segurados devem comprovar que estão vivos, evitando fraudes e pagamentos indevidos de benefícios. Realizada todos os anos, a comprovação de vida é exigida para a manutenção do pagamento do benefício. Para isso, o segurado ou algum representante legal ou voluntário deve comparecer à instituição bancária onde saca o benefício com documento de identificação. Em algumas instituições bancárias, esse procedimento já pode ser feito por meio da tecnologia de biometria direto nos terminais de autoatendimento. O procedimento, entretanto, deixou de ser exigido em março de 2020, entre as ações para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus, e a medida vem sendo prorrogada desde então.

24 Fev 2021 - 10:00h

Na última terça-feira (23), foi realizada a abertura da jornada pedagógica para início do ano letivo remoto em Brumado. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o secretário de educação de Brumado, João Nolasco, explicou que, em razão do avanço da pandemia na cidade, a pasta decidiu promover o evento de forma virtual. “A princípio, tínhamos o pensamento de fazer com os professores nos auditórios, mas, diante do agravamento da situação da Covid, decidimos fazer toda a semana pedagógica de forma virtual, através do Sistema Bravo. Os professores vão acompanhar o evento de casa”, informou.

24 Fev 2021 - 09:30h

O Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen) identificou uma cepa peruana da SARS-CoV-2 em circulação na Bahia, segundo divulgado no início da noite desta terça-feira (23) pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesab). De acordo com a Sesab, trata-se da cepa C.14, que foi introduzida na Bahia a partir de um viajante que desembarcou em Salvador de navio, em fevereiro. Desde que começou a realizar o sequenciamento genético do vírus SARS-CoV-2, o Lacen identificou 13 diferentes linhagens do vírus em cerca de um ano. O Lacen já identificou 11 casos da variante de Manaus, conhecida como P.1, considerada uma cepa mais contagiosa. Em 17 de fevereiro, a Vigilância Epidemiológica do Estado da Bahia confirmou a transmissão comunitária da variante B.1.1.7 do SARS-CoV-2, originalmente detectada no Reino Unido.

24 Fev 2021 - 09:00h

Na última sexta-feira (19), o maquinário industrial de uma carpintaria localizada no Bairro São Félix foi furtado. A polícia encontrou um indivíduo na Rua Beijamin Santos com uma mochila contendo parte do material furtado - este informou que outra quantidade dos produtos furtados estaria acondicionada em uma construção na Rua Padre José Dias, no mesmo bairro. No local mencionado, foi encontrada uma grande quantidade do material. Posteriormente, o restante do maquinário furtado foi encontrado dentro de uma caixa que estava de posse de outro indivíduo que transitava próximo ao local do crime. Todo o material apreendido e os infratores foram conduzidos à delegacia para adoção das medidas cabíveis.

24 Fev 2021 - 08:30h

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria, nesta terça-feira (23), para autorizar que estados e municípios comprem e distribuam vacinas contra a Covid-19. Essa permissão valerá caso o governo federal não cumpra o Plano Nacional de Imunização ou caso as doses previstas no documento sejam insuficientes. O julgamento termina ainda nesta terça e, até o início da tarde, seis dos 11 ministros já haviam votado para permitir a compra – incluindo o relator Ricardo Lewandowski. A ação foi apresentada no fim de 2020 pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e é julgada em plenário virtual. A tese que deve ser oficializada ao fim do julgamento define ainda que as vacinas eventualmente compradas pelos governos locais precisam ter sido aprovadas, em prazo de 72 horas, pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Caso o prazo não seja cumprido, a importação pode ser liberada se houver registro nas agências reguladoras da Europa, dos Estados Unidos, do Japão ou da China. A entidade argumentou no STF que essa dispensa de autorização deve valer para imunizantes que tiverem obtido registro em renomadas agências de regulação no exterior. Em dezembro, Lewandowski já havia concedido uma liminar (provisória) para permitir a atuação de estados e municípios na vacinação. Até agora, a decisão individual do ministro foi confirmada pelos ministros Edson Fachin, Alexandre de Moraes, Marco Aurélio Mello, Dias Toffoli e Cármen Lúcia. “A Constituição outorgou a todos os entes federados a competência comum de cuidar da saúde, compreendida nela a adoção de quaisquer medidas que se mostrem necessárias para salvar vidas e garantir a higidez física das pessoas ameaçadas ou acometidas pela nova moléstia, incluindo-se nisso a disponibilização, por parte dos governos estaduais, distrital e municipais, de imunizantes diversos daqueles ofertados pela União, desde que aprovados pela Anvisa, caso aqueles se mostrem insuficientes ou sejam ofertados a destempo”, afirmou o relator no voto apresentado virtualmente.

24 Fev 2021 - 08:00h

Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o secretário municipal de saúde, Cláudio Soares Feres, considera que Brumado vive o piro momento desde o início da pandemia. Apesar da situação preocupante, ele afirmou que o problema não está na abertura dos estabelecimentos de serviços não essenciais, mas no comportamento das pessoas. “A mídia vem massificando diariamente como funciona o combate ao novo coronavírus, que devemos fazer a utilização de máscara, o distanciamento social, lavar as mãos, não levar as mãos ao rosto. Isso está muito bem massificado, mas, infelizmente, alguns não acreditaram na doença”, argumentou. O secretário declarou que a comunidade foi de encontro as determinações sanitárias para impedir a proliferação do vírus. “Nunca tivemos um volume de paciente internados como estamos tendo agora. O quantitativo de pacientes hospitalizados oscilava entre 4 e 5, de repente, em menos de duas semanas, a gente se encontra com mais de 20 pacientes internados”, alertou. 

24 Fev 2021 - 07:00h

Presente na reunião que discutiu a possibilidade de implantação de novas medidas restritivas para combater o avanço da pandemia em Brumado, o Major Mário Cabral apelou para conscientização popular para impedir a proliferação do vírus. “As pessoas têm que entender que o momento é crítico. O decreto foi feito em razão da situação em que se encontra o nosso Estado. Temos mais pessoas infectadas do que leitos disponíveis”, ponderou ao site Achei Sudoeste. O Major salientou que a Polícia Militar está nas ruas fiscalizando o toque de recolher estabelecido pelo Governo do Estado. “A intenção é preservar vidas e reduzir a ocupação de leitos. Espero que as pessoas entendam e comecem a tomar as medidas preventivas para não se contaminarem e precisarem de um hospital. A missão é árdua, mas necessária”, reiterou.

24 Fev 2021 - 00:00h

Apesar do crescente número de óbitos e casos confirmados do novo coronavírus na cidade de Brumado, o secretário municipal de saúde, Cláudio Soares Feres, disse que ainda não é o momento de adotar o lockdown (veja aqui). Em entrevista ao site Achei Sudoeste, Feres disse que o município está seguindo as recomendações do Governo Estadual quanto ao toque de recolher. “Optamos por aguardar. Se essas medidas não surtirem algum efeito no enfrentamento ao novo coronavírus, tomaremos uma decisão de maior amplitude, talvez de fechamento total dos estabelecimentos não essenciais. Estamos avaliando dia a dia”, afirmou. O secretário manifestou preocupação diante da alta taxa de contágio na cidade e em toda Bahia, onde os leitos de UTI Covid encontram-se lotados.

23 Fev 2021 - 19:30h

Nesta terça-feira, 23 de fevereiro, o município de Brumado registra 4847 casos confirmados da Covid-19, o novo coronavírus. O total de notificações suspeitas é de 13413. Entre os diagnósticos: 26 internações, 58 óbitos, 266 pacientes em tratamento e 4523 recuperados. No momento, 71 ainda aguardam resultado laboratorial e 7871 já foram descartados. As notificações suspeitas abrangem pacientes com quadros de síndromes gripais diversas, dentre os quais alguns se encaixam nos critérios para realização do exame RT-PCR ou via teste rápido. Estes últimos estão sendo usados de forma criteriosa, em casos excepcionais, como estratégia para ampliar e tornar mais eficaz o enfrentamento à pandemia no município.

23 Fev 2021 - 17:00h

Embora o prefeito de Brumado, Eduardo Lima Vasconcelos (PSB), não se oponha ao chamado lockdown caso a situação da pandemia piore bastante no município e o mesmo seja determinado pelo Governo do Estado, ele ainda prefere a conscientização para combater a proliferação da doença. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o gestor defendeu o livre arbítrio e a livre circulação de pessoas. “Aquilo que muda as pessoas é a educação. Discordo das medidas impositivas e draconianas que estão sendo sugeridas pelo Governo do Estado. Sou mais por deixar que o homem escolha o seu caminho. Sou, hoje, pela manutenção da abertura com a intensiva informação”, argumentou.

23 Fev 2021 - 16:30h

Um homem morreu e outro ficou gravemente ferido após batida frontal entre duas carretas, na manhã desta terça-feira (23), na BR-101, próximo à cidade de Itabela, no sul da Bahia. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), as duas vítimas são os motoristas dos veículos envolvidos no acidente, que ocorreu por volta das 6h30, na altura do Km-739 da rodovia. Ainda segundo a PRF, o acidente ocorreu após um trecho de descida. A carreta que seguia sentido Eunápolis avançou a contramão e bateu de frente com o outro veículo. Não há informações sobre o motivo do veículo ter avançado para a pista contrária. O trecho ficou parcialmente interditado, durante o atendimento às vítimas, e a PRF fez um desvio para escoar o tráfego. Após o atendimento e retirada das carretas, o trânsito foi normalizado na rodovia. O motorista que ficou ferido no acidente foi encaminhado para o Hospital Regional de Eunápolis, entretanto não há informações sobre o estado de saúde dele.

23 Fev 2021 - 15:31h

Durante reunião com o comitê de gestão da crise provocada pela Covid-19, na manhã desta terça-feira (23), o prefeito da cidade de Brumado, Eduardo Lima Vasconcelos (PSB), anunciou que, se a situação da doença não melhorar nos próximos 8 dias, medidas mais restritivas serão adotadas. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o prefeito explicou que na reunião, que contou também com a participação da sociedade civil, a maioria votou pela manutenção da situação atual até segunda ordem. “Foi mais uma estratégia do que propriamente uma decisão científica. Temos três opções: melhora, ou piora ou fica como está”, avaliou. Na hipótese de os números da pandemia piorarem muito na próxima semana, o gestor garantiu que não irá se opor ao fechamento da cidade para impedir a progressão da taxa de transmissão da Covid-19. “Acredito que não faremos nada além do que o Governo do Estado fizer. Tem sido assim”, ponderou.

23 Fev 2021 - 15:30h

O secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, que está internado com Covid-19, teve piora no quadro clínico e precisou ser transferido para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A transferência aconteceu na noite de segunda-feira (22). De acordo com a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), ele segue no Hospital Aliança, evoluiu bem durante a noite, e a previsão é de que retorne ao leito clínico ainda nesta terça-feira (23). A Sesab disse ainda que Vilas-Boas segue usando o oxigênio. O secretário, que também é médico, está sendo acompanhado pelo pneumologista Sérgio Jezler e pelo infectologista Roberto Badaró. Ainda não há previsão de alta. Vilas-Boas testou positivo para o coronavírus no dia 16 e foi internado no dia 19. No dia 18, ele informou que fez uma tomografia de tórax e que 25% dos pulmões estão sendo acometidos por múltiplas áreas de pneumonia.

23 Fev 2021 - 15:00h

Em ação nesta terça-feira (23), uma guarnição da Polícia Rodoviária Federal (PRF) abordou um veículo Fiat Uno, placa policial HCR-4518, que percorria o trecho urbano da BR-030 em Caetité, a 100 km de Brumado. Após averiguação, os policiais descobriram que o veículo era fruto de roubo e que circulava na cidade com uma placa fria. De acordo com o repórter Jorge Santana, o condutor informou aos policiais que comprou o carro de outra pessoa e que não sabia que era oriundo de roubo. O motorista e o carro foram conduzidos à delegacia de Caetité para apresentação e realização dos procedimentos legais.

23 Fev 2021 - 14:30h

A Anvisa concedeu o primeiro registro de vacina contra a Covid 19, para uso amplo, nas Américas, ao imunizante do laboratório Pfizer/Biontech. A informação foi publicada no portal da Agência Nacional de Vigilância Sanitária na manhã desta terça-feira (23). Se trata de aprovação do uso definitivo do imunizante. A agência aprovou o uso emergencial de outros dois, a vacina Coronavac, desenvolvida em uma parceria com Butantan com a Sinovac, e a Covishield da Universidade de Oxford, Astrazeneca e Fiocruz. O órgão informou que após um período de análise de dezessete dias, a Gerência Geral de Medicamentos, da Segunda Diretoria, decidiu pela concessão do registro do imunizante. “O imunizante do Laboratório Pfizer/Biontech teve sua segurança, qualidade e eficácia, aferidas e atestadas pela equipe técnica de servidores da Anvisa que prossegue no seu trabalho de proteger a saúde do cidadão brasileiro”, disse o Diretor-presidente da agência Antonio Barra Torres. O texto divulgado pela Anvisa destaca que entre as autoridades de referência pela Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), a agência brasileira é a primeira a conceder o registro de uma vacina Covid-19, com sete locais de fabricação certificados. O registro abre caminho para a introdução no mercado de uma vacina com todas as salvaguardas, controles e obrigações resultantes dessa concessão, acrescentou a diretora Meiruze Freitas.

23 Fev 2021 - 14:00h

O Pronto Atendimento (PA) Covid de Guanambi, unidade de referência de atendimento da Covid-19 na cidade, bateu recorde nas últimas 24 horas, com a realização de 85 atendimentos, 6 internados e 1 observação. Na atualização do Boletim desta segunda (22), os dados de ocupação de leitos das unidades de saúde nunca estiveram tão lotados. Os leitos de UTI de Vitória da Conquista, unidade de referência da nossa região atingiu 100% de ocupação, como também o Hospital Municipal de Guanambi com leitos de semi-intensiva, teve o seu ápice de ocupação. Os leitos de UTI de Salvador atingiram a marca de 82%, o que levou o Governo da Bahia a diminuir o horário do toque de recolher para 20 h. Na atualização do Boletim desta segunda, foram notificados em Guanambi mais 30 casos positivos. No momento consta 128 casos ativos, 193 aguardam resultados, e se registrou 23 óbitos desde o início da pandemia e 16 pessoas internadas em Guanambi e outras unidades de saúde de referência.

23 Fev 2021 - 12:00h

O diretor geral do Hospital Geral de Vitória da Conquista, Geovani Moreno, criticou o fato de que o Governo do Estado tenha de impor toque de recolher para endurecer o combate à Covid-19, quando, na verdade, a população deveria se conscientizar devido à gravidade da situação em todo mundo. “Considero lastimável que o Estado precise tomar providências restritivas, como o toque de recolher, para ensinar a sociedade como ela deve se comportar. Isso deveria ser um comportamento natural”, avaliou. Para o diretor, o aumento da taxa de transmissão da doença está diretamente relacionado ao nosso comportamento como sociedade. “A população tem um papel importantíssimo na prevenção. Precisamos atuar no comportamento porque vivemos hoje uma sobrecarga no sistema de toda região”, alertou. Por fim, Moreno destacou que não há como prever quem vai apresentar a forma grave da doença, tendo em vista que, mesmo pacientes jovens e sem comorbidades, desenvolvem quadros graves da Covid-19. “A melhor medida é pensar no coletivo, é se resguardar e resguardar o outro”, concluiu.