Achei Sudoeste

BUSCA PELO ARQUIVO "11/2018"

30 Nov 2018 - 08:00h

O morador da comunidade do Campo Seco, o aposentado Altino Telo está recorrendo a um leilão para realizar uma cirurgia no joelho, visto que, segundo ele, não conseguiu fazer o procedimento através do serviço público de saúde. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o secretário municipal de saúde, Cláudio Feres, disse que ficou intrigado com a situação e buscou o contato do aposentado para saber mais sobre o assunto, tendo em vista que os procedimentos ortopédicos realizados no município são bastante eficientes. “Quero dizer que o hospital está de portas abertas para recebê-lo e atendê-lo novamente, pois, quando ele saiu do hospital no último atendimento, saiu apenas com a indicação de realizar fisioterapia. Inclusive, chamei o ortopedista que o atendeu, ele confirmou e me passou todos os relatos. Ele só tinha necessidade de fazer fisioterapia. Então, quero dizer que a unidade está pronta para atendê-lo, caso ele tenha interesse, pra gente realmente confirmar se ele tem necessidade dessa cirurgia ou não”, destacou. O secretário disse que o telefone do aposentado não atende as ligações e, por isso, resolver usar o mesmo canal de comunicação para que ele possa se apresentar e ter o seu problema resolvido o mais rapidamente possível. “No hospital, 40% das cirurgias realizadas são ortopédicas. É uma área que não temos problema nenhum, conseguimos atender toda a nossa demanda. Hoje, fazemos até cirurgia de alta complexidade, mesmo sem estarmos credenciados”, reforçou.

30 Nov 2018 - 07:30h

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria nesta quinta-feira (29) no sentido de manter o indulto de Natal editado pelo presidente Michel Temer em 2017. O julgamento teve início em sessão realizada nesta quarta (28), quando o relator do caso, ministro Luís Roberto Barroso, votou pela derrubada de parte do texto. O indulto assinado pelo presidente Michel Temer em 2016 estipulava que o perdão da pena poderia ser concedido para pessoas condenadas a no máximo 12 anos e com um quarto da pena cumprida, desde que não fossem reincidentes. O decreto de 2017 não estabelece um período máximo de condenação e reduz para um quinto o tempo de cumprimento da pena para os não reincidentes. O benefício vale para condenados por crimes cometidos sem violência ou grave ameaça. Na época, a Procuradora-Geral da República (PGR), Raquel Dodge, questionou o indulto assinado pelo presidente. Ela argumentou que o "transgressor da norma penal" seria o único beneficiado com a medida. “O chefe do Poder Executivo não tem poder ilimitado de conceder induto. Se o tivesse, aniquilaria as condenações criminais, subordinaria o Poder Judiciário, restabeleceria o arbítrio e extinguiria os mais basilares princípios que constituem a República Constitucional Brasileira”, alegou.

30 Nov 2018 - 07:00h

Neste ano, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) não vai ornamentar o comércio para o Natal. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o presidente da instituição, Manoel Messias, disse que a CDL não tem o recurso necessário para decorar o centro comercial, assim como já fez em outras épocas, e, por isso, deixou a questão a critério dos próprios lojistas. O presidente ressaltou que sabe da importância da decoração para o comportamento do consumidor, estimulando as compras, mas as dificuldades impediram a CDL de ornamentar a praça neste ano. Apesar disso, com vistas a aquecer as vendas de final de ano, a CDL está promovendo uma campanha, através da qual será realizado o sorteio de todos os móveis de uma casa, além de duas motocicletas e vales-compra. “Tudo para alegrar o consumidor que nos prestigia comprando no comércio”, disse. A expectativa para as vendas nesse período é de aquecimento. “É nesse ritmo que a gente vai e as coisas tendem a mudar para melhor”, completou.

30 Nov 2018 - 06:00h

O prefeito de Brumado, engenheiro Eduardo Lima Vasconcelos (PSB), ligou para o presidente da Câmara, vereador Leonardo Quinteiro Vasconcelos (PDT), e diz ser contra o projeto que eleva o número de assentos de 13 para 15 na próxima legislatura. A informação foi confirmada por uma fonte do site Achei Sudoeste que tem trânsito no governo municipal. Eduardo disse a nossa reportagem que sete seria a quantidade ideal para compor o Poder Legislativo, tendo em vista o porte do município. Apesar disso, Vasconcelos não convocou nenhuma reunião com sua bancada para tratar do assunto. Contraria a proposta, a população brumadense, espera que o projeto seja retirado de pauta na sessão legislativa desta sexta-feira (30).

30 Nov 2018 - 00:00h

Desde quando teve início a discussão sobre a proposta que aumenta o número de vereadores na Câmara Municipal de Brumado, o site Achei Sudoeste fez diversas reportagens acerca do caso, buscando conscientizar os parlamentares e a população sobre o projeto apresentado. O nosso site foi o único veículo de comunicação da capital do minério que acompanhou o caso desde o início e apresentou à população o aumento nas receitas do Poder Legislativo, caso a proposta seja aprovada. Foram sete reportagens em alusão ao tema. (I, II, III, IV, V, VI e VII). Os vereadores podem até alegar a legalidade da proposta, mas ela não vai deixar de ser imoral devido ao atual momento econômico, de crise financeira enfrentada pelo Brasil. No final da noite desta quinta-feira (29), uma fonte com trânsito na Câmara de Brumado revelou a nossa reportagem que a proposta pode sair da pauta legislativa nesta sexta-feira (30) devido à grande repercussão negativa na cidade e à rejeição ao projeto e aos vereadores. O presidente da Câmara de Brumado, vereador Leonardo Quinteiro Vasconcelos (PDT), não foi localizado para comentar sobre a possibilidade de o projeto sair da pauta e votação. A comunidade brumadense espera uma atitude nobre e sensata dos parlamentares, que façam um debate com a população antes de buscar colocar goela abaixo um projeto que tem total rejeição dos moradores da capital do minério. Vale ressaltar que o programa jornalístico deste site na Rádio Alternativa FM, o Achei Sudoeste no Ar, também esteve com reportagens sobre o tema e ampliou a discussão com a comunidade local.

29 Nov 2018 - 17:30h

Indagado pelo site Achei Sudoeste acerca da proposta de aumentar o número de assentos de 13 para 15 vereadores na Câmara Municipal, o prefeito de Brumado, Eduardo Lima Vasconcelos (PSB), pediu licença para não opinar e se resguardar sobre o assunto enquanto estiver na cadeira executiva. “Enquanto eu estiver na cadeira administrativa prefiro não opinar, mas, quando eu deixar o executivo, aí vocês podem me questionar que terei imenso prazer em responder como cidadão comum. Nesse momento, não quero que pensem que minha opinião estaria interferindo nas decisões das demais esferas de poder. Embora eu tenha minha opinião, não quero que interpretem que estou invadindo as demais esferas”, argumentou. Mesmo omitindo a sua opinião a nível local, o prefeito deixou bem claro que não se agrada do inchaço nos parlamentos em escala geral, seja a nível federal, estadual ou municipal. “É gente adoidado dando palpite, tanto que a nossa constituinte completou trintas anos e ainda não está concluída. Mas contem tantas emendas partidas dos parlamentares, que mais parece uma gigantesca colcha de retalhos, tão grande é, que já está maior que o Alcorão e a Bíblia juntos”, criticou o gestor.

Para Vasconcelos, é necessária uma redução no número de assentos nas câmaras municipais, nas assembleias legislativas estaduais e na câmara federal dos deputados, até mesmo com a extinção do senado e da divisão geográfica do país em estados. “Temos mais de 500 deputados em Brasília, mas penso que deveríamos ter um deputado para cada um milhão de habitantes no país, o que seria 210 deputados. Mesmo assim ainda seria muito, como chegar a um acordo com aquela multidão de deputados? Aí ficam o tempo todo discutindo quem envernizou a asa da barata e nunca se chega a lugar nenhum. Se reúnem apenas para decidir quando será a próxima reunião. Nas câmaras municipais tem vereadores que tomam posse hoje pensando apenas na sua reeleição daqui a quatro anos”, disparou. Apesar de não querer se manifestar sobre o assunto, Eduardo deixou escapar o seu ponto de vista sobre o número ideal de vereadores para municípios do porte de Brumado. “Em um tribunal de júri, uma vida humana, que é muito mais importante, pode ser julgada por sete jurados. Por que sete vereadores não podem equacionar assuntos para um município com menos de 100 mil habitantes? Enquanto prefeito, não quero opinar sobre as decisões internas do legislativo, mas defendo que se deve enxugar os parlamentos de norte a sul do país”, pontuou.

29 Nov 2018 - 17:00h

Brumado foi eleita pelo Sebrae em primeiro lugar no estado da Bahia como cidade empreendedora. Quarenta municípios disputavam o título e o órgão levou em conta diversos aspectos, entre os quais celeridade nas ações públicas, gestão pública eficiente e sala do empreendedor consolidada e com atuação rural, comercial e industrial. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o Coordenador da Sala do Empreendedor em Brumado, Jansen Ricardo, destacou que, dos 417 municípios da Bahia, 40 foram contemplados com o projeto Cidade Empreendedora e, destes, Brumado foi destaque ficando em primeiro lugar na classificação geral. “Este prêmio eleva o município de Brumado a uma perspectiva de inovação e celeridade com as ações públicas voltadas para empreender. Este destaque vai estar estampado no cenário nacional através das ações do Sebrae e aberto a todo empresariado a nível nacional e internacional. Esse prêmio traz para Brumado a geração de emprego e renda e a seriedade firmada por meio das ações públicas voltadas para o empreendedor em toda região sudoeste”, destacou. O prêmio Cidade Destaque Empreendedora 2018 foi entregue em cerimônia realizada no Fiesta, na cidade de Salvador, pelo Sebrae nacional. O evento acontece anualmente.

29 Nov 2018 - 16:30h

Na quarta-feira (28), a Polícia Civil da cidade de Caraíbas, a 88 km de Brumado, cumpriu mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça Criminal contra João Bosco Paixão, de 55 anos, que é acusado de pedofilia. De acordo com o Blog do Ricardo Nolasco, a polícia apurou a prática do crime de estupro de vulnerável praticado pelo homem contra uma criança de 08 anos. O crime ocorreu em fevereiro deste ano, na cidade.

29 Nov 2018 - 16:00h

Uma grande mobilização nas redes sociais e nas ruas de Brumado pretende desarticular a proposta de aumentar o número de vereadores de 13 para 15, a partir da próxima legislatura, em 2021. Membro do movimento social que, em poucos dias, recolheu mais de 1000 assinaturas, o servidor público Fernando Coelho falou ao site Achei Sudoeste sobre a mobilização social. “O momento é de contenção de gastos e crise fiscal. Não cabe essa proposta de aumentar o número de vereadores e o município não se encontra em uma posição favorável para criar uma despesa dessa natureza. Recentemente, pegamos um empréstimo de R$ 20 milhões para ações básicas de infraestrutura, como pavimentação e canais pluviais, dinheiro esse que deveríamos ter em caixa. Embora exista previsão legal, não se faz obrigatório esse aumento, pois cria-se um gasto extra que poderia estar sendo devolvido ao município. Dessa forma, estamos defendendo uma redução de custos e privilégios. Os salários estão além da realidade local e ainda há muitas regalias, o que aumenta os custos por cada vereador, o que é pago pelo contribuinte”, argumentou.

O servidor questiona a real produção dos parlamentares, que não vêm atuando dentro de suas prerrogativas legislativas. “Muitos vereadores de Brumado não exercem suas funções primordiais como é a de fiscalizar ações do executivo e na criação de leis. Tem órgãos em Brumado que realizam o papel fiscalizador melhor que os próprios vereadores. Se a câmara tivesse representantes de qualidade, ninguém estaria questionando o aumento de cadeiras, mas a comunidade não tem visto essa atuação dos nossos legisladores. Não há um projeto de lei de legado para o benefício da nossa comunidade. A sociedade mais politizada tem julgado essa falta de atuação dos vereadores. A sociedade está mostrando aos vereadores que é contrária a postura que os mesmos têm adotado”, completou. O projeto para o aumento no número de parlamentares na câmara de Brumado entrará em votação na sessão desta sexta-feira (30). Na oportunidade, membros do movimento social contrários ao projeto farão uso da tribuna livre no intuito de sensibilizar os vereadores a reprovarem a proposta. A expectativa é de plenária cheia para os debates.

29 Nov 2018 - 15:30h

A taxa de desemprego no Brasil caiu para 11,7% no trimestre encerrado em outubro, mas ainda atinge 12,4 milhões de brasileiros, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (29) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Foi a sétima queda mensal seguida do desemprego no país e da taxa mais baixa desde o trimestre terminado em julho de 2016, quando foi de 11,6%. A queda foi puxada mais uma vez pelo aumento do número de trabalhadores sem carteira e por conta própria, que bateram recorde. Em termos de contingente, o número de desempregos é o menor desde dezembro do ano passado, quando o país reunia 12,3 milhões de desocupados. Na comparação com o mesmo período do ano passado, o número de pessoas que procuram trabalho e não encontram caiu 3,1% (menos 389 mil pessoas). A população ocupada e com rendimentos no país aumentou 1,4%, reunindo 92,9 milhões de brasileiros. Em 1 ano, cresceu 1,5%, o que representa 1,4 milhão de pessoas a mais.

29 Nov 2018 - 15:00h

As obras de urbanização na Rua Padre Cícero, em Brumado, estão praticamente concluídas. O local também representa um novo caminho de acesso ao Ifba. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o empreiteiro Jair Leite destacou que o projeto da prefeitura municipal garantiu um novo fluxo à via. O empreiteiro lamentou que, em alguns trechos, devido a invasões da área pública, não há passeio, somente pista de rolamento com os sete metros previsto pela lei orgânica do município. Leite ainda informou que foram construídas ao longo do riacho da localidade seis passarelas para permitir a livre circulação. “Está ficando muito bom. Tudo conforme o projeto elaborado pela prefeitura municipal. A gente só executa”, afirmou.

29 Nov 2018 - 14:30h

Um levantamento feito pela Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) revela que o número de empresas inadimplentes cresceu 7,3% no mês de outubro em comparação com o mesmo período do ano passado. De acordo com o estudo, trata-se da menor expansão desde fevereiro de 2018, quando o avanço havia sido de 6,7%. Em setembro, o aumento de empresas com o nome sujo foi 9,4%. 

Em uma análise regional, a alta foi puxada pelo Sudeste, que registrou aumento de 15,2% no número de empresas inadimplentes na comparação anual. Nas demais regiões, as altas registradas foram: 2,54% no Sul, 1,8% no Centro-Oeste e 1% no Nordeste. A única região a apresentar queda na inadimplência de empresas foi o Norte (-0,3%). A pesquisa revela ainda que o número de empresas que conseguiram quitar suas dívidas no acumulado de um ano apresentou alta de 7,95%; maior que os 3% observado em setembro deste ano. No levantamento do número de empresas devedoras por ramo da economia, foi constatado que o setor de serviços obteve a maior alta no mês de outubro, de 11,1%. Na sequência destacam-se o segmento de comércio (5%), seguido pela indústria (3,6%). A agricultura apresentou queda no índice (-1,5%). Já a análise por setor credor – ou seja, para quem as empresas estão devendo – revela que o número de pendências ao setor de serviços foi o que mais cresceu na comparação anual, com alta de 6,3%. Na sequência estão a indústria (3,8%) e o comércio (1,3%). As dívidas com o setor de agricultura caíram 1% na variação anual. O Indicador de Inadimplência das Empresas agrupa todas as informações disponíveis nas bases de dados da CNDL e do SPC Brasil. As informações disponíveis referem-se a capitais e interior das 27 unidades da federação.

CONTINUE LENDO

29 Nov 2018 - 14:00h

As obras já começaram na BA-148 e, até o momento, a Avenida Lindolpho Azevedo de Brito, na entrada da cidade de Brumado, não está inclusa nos trabalhos de recuperação. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o Superintendente Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), André Cardoso, disse que o prefeito esteve na Secretaria Estadual de Infraestrutura buscando um entendimento acerca da questão, a fim de incluir a avenida como marco zero para inclusão nas obras. Segundo ele, o gestor obteve a resposta de que o governo do estado está elaborando um projeto de drenagem para recuperar a área, visto que a água das chuvas é que abre os buracos na avenida. “Depois de ser feita a drenagem vem a recuperação de toda aquela área”, afirmou. A estimativa é de que os trabalhos começariam agora no mês de dezembro, mas, segundo o superintendente, a prefeitura precisar confirmar o prazo com a secretaria estadual. Cardoso informou ainda que o governo do estado vai complementar os trabalhos já executados pela prefeitura na área com uma rede de drenagem.

29 Nov 2018 - 13:30h

Tendo em vista a redução de custos, o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, determinou a retirada dos brasões dos novos modelos de Placas de Identificação Veicular (Padrão Mercosul). Especialistas da pasta entenderam que a medida vai reduzir custos e manter outros importantes itens de segurança na nova placa. De acordo com o governo, o objetivo sempre foi a implantação de um modelo mundial de identificação veicular que levasse mais segurança ao Sistema Nacional de Trânsito e aos condutores brasileiros. “Após análise técnica de viabilidade e impacto, decidimos retirar os brasões das novas Placas Padrão Mercosul. Com isso, evitaremos qualquer despesa extra aos condutores de nosso país, embora o objetivo tenha sido desde o início apenas adotar um modelo mundial de identificação veicular e proporcionar mais agilidade por parte da polícia e segurança a todos. Com a retirada dos brasões, a placa do veículo permanecerá a mesma por toda a sua vida útil, sem a necessidade de mudança da placa ao mudar de município ou mesmo estado”, explicou Baldy.

29 Nov 2018 - 13:00h

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) aplicou uma multa de R$ 10 mil no prefeito da cidade de Iramaia, Antônio Carlos Bastos (DEM), o Tunga, em razão de irregularidades apontadas no relatório técnico das contas do exercício financeiro de 2017. O relator foi o conselheiro Mário Negromonte. Segundo apurou o site Achei Sudoeste, apesar da multa, a corte aprovou, com ressalvas, as contas de Tunga. O município apresentou receita arrecadada de R$34.437.585,91, e teve despesas de R$25.405.620,24, o que revela um superávit orçamentário de R$9.031.965,67. Os gastos com pessoal atingiram o percentual de 45,99% da receita corrente líquida do município, cumprindo, assim, o limite máximo de 54%, definido na Lei de Responsabilidade Fiscal. Em relação às obrigações constitucionais, o prefeito aplicou 25,68% da receita na manutenção e desenvolvimento do ensino, quando o mínimo exigido é 25%. No pagamento da remuneração dos profissionais do magistério, foi investido um total de 74,41% dos recursos advindos do FUNDEB, sendo o mínimo 60%. Nas ações e serviços de saúde foram aplicados 19,53% dos recursos específicos, também superando o percentual mínimo de 15%. O acompanhamento técnico dessas contas foi realizado pela 6ª Inspetoria Regional do TCM, que indicou a contratação irregular de servidores da área de saúde, irregularidades no processo de dispensa de licitação destinado à prestação de serviços de transporte escolar para os alunos da rede pública de ensino, no valor de R$120.747,00, e a contratação irregular da Cooperativa dos Profissionais de Transporte Alternativo e Escolar e da Associação dos Profissionais de Transportes Alternativos nos meses de março e abril de 2017, mediante dispensas de licitação. Cabe recurso da decisão.

29 Nov 2018 - 12:30h

O projeto de lei 3030/15 que aumenta a pena de feminicídio foi aprovado na quarta-feira (28) pela Câmara. A mudança vale para casos em que o autor do crime estiver sob obrigação de cumprir medidas protetivas previstas na Lei Maria da Penha, mas descumprir a ordem. Segundo o site Universa, a pena aumentou em um terço. O objetivo é tornar o descumprimeto da medida protetiva um agravante. Os deputados também aprovaram o projeto de lei 5555/13, que determina punição para quem divulgar imagens íntimas das vítimas. O texto define o crime de registro não autorizado de intimidade sexual, com pena de seis meses a um ano de detenção e multa. As duas matérias seguem para a sanção presidencial.

29 Nov 2018 - 12:25h

Parte do trecho de acesso ao Fórum Juíza Leonor da Silva Abreu, em Brumado, foi bloqueada por um forte aparato policial na manhã desta quinta-feira (29). O esquema de segurança envolveu a Secretaria de Ressocialização Penitenciária do Estado da Bahia, as especializadas Cipe/Sudoeste Caesg, Rondesp Sudoeste, bem como guarnições da 34ª CIPM para o júri popular de Pedro Henrique, acusado de homicídio qualificado. Segundo apurou o site Achei Sudoeste, além do dispendioso e forte aparato de segurança, o julgamento de Pedro Henrique também mobilizou a Promotoria, a Defensoria Pública Estadual e o judiciário com a sua logística. No salão de júri, poucos presentes, na sua maioria, estudantes universitários em busca de mais conhecimentos práticos na área do Direito. O resultado final do júri está previsto para o final da tarde de hoje.

29 Nov 2018 - 12:00h

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), na última terça-feira (27), aprovou com ressalvas as contas do prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão Pereira (MDB), relativas ao exercício de 2017. O gestor foi multado em R$ 5 mil pelas irregularidades identificadas durante a análise das contas. O conselheiro Plínio Carneiro Filho, relator do parecer, também determinou o ressarcimento aos cofres municipais da quantia de R$44.767,80, com recursos pessoais, devido a ausência de comprovação de pagamento. O município de Vitória da Conquista apresentou uma receita arrecadada na ordem de R$598.842.652,83 e realizou despesas no montante de R$605.294.525,38, o que indica um déficit orçamentário de R$6.451.872,55.

Contudo, os recursos em caixa foram suficientes para cobrir as despesas com restos a pagar e de exercícios anteriores, o que demonstra a existência de equilíbrio nas contas públicas. A despesa total com pessoal alcançou o montante de R$301.397.791,18, que representa 51,59% da receita corrente líquida de R$584.216.936,47, cumprindo, portanto, o limite de 54% estabelecido na Lei de Responsabilidade Fiscal. Em relação às obrigações constitucionais e legais, todos os percentuais de investimento foram atendidos. O gestor aplicou 27,75% da receita resultante de impostos e de transferências na manutenção e desenvolvimento do ensino no município, quando o mínimo é 25%, e aplicou nas ações e serviços públicos de saúde 25,52% dos recursos específicos para este fim, superando o mínimo exigido de 15%. Também foram investidos 76,90% dos recursos do FUNDEB no pagamento dos profissionais do magistério, sendo o mínimo 60%. Sobre processos licitatórios, a relatoria constatou irregularidades no procedimento de inexigibilidade realizado para contratação de serviços de supervisão clínico institucional do CAPSII, no valor de R$15.200,00, vez que não ficou comprovada a notória especialização do profissional contratado nem a singularidade do serviço prestado. Já em relação ao procedimento de dispensa para contratação de serviços de locação de equipamentos e sistemas de sonorização, pelo valor de R$115.040,00, não restou configurado o estado de emergência ou situação calamitosa capaz de legitimar a despesa apresentada.

CONTINUE LENDO

29 Nov 2018 - 11:30h

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região, com sede em Porto Alegre, manteve a condenação do ex-ministro José Dirceu à pena de oito anos, dez meses e 28 dias de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no âmbito da Lava Jato. A decisão está relacionada à segunda condenação de Dirceu na operação. Chefe da Casa Civil no primeiro mandato de Luiz Inácio Lula da Silva, Dirceu havia sido condenado pela 8ª Turma do TRF4 em setembro, quando sua pena foi reduzida para o atual patamar. Agora, os desembargadores julgaram embargos de declaração da defesa para esclarecer pontos específicos daquela decisão e tentar revertê-la. De acordo com o advogado Roberto Podval, que defende Dirceu, a defesa vai aguardar o posicionamento de tribunais superiores — a possibilidade de novos recursos também deve impedir a prisão do ex-ministro. A denúncia que levou a essa condenação mostra que executivos da empresa Apolo Tubulars, interessados em celebrar contratos com a Petrobras, solicitaram a intervenção de um operador junto a Renato Duque, ex-diretor da Área de Serviços da estatal, para que a empresa fosse beneficiada. De acordo com a denúncia dos procuradores da Lava Jato, Duque possibilitou a contratação da empresa mediante pagamento de propinas no valor de mais de 7 milhões de reais. Para o Ministério Público Federal (MPF), 30% dos valores recebidos pelo operador foram transferidos para o ex-ministro.

29 Nov 2018 - 11:00h

Obras de recuperação estão sendo realizadas pelo Governo do Estado na BA-262, entre as cidades de Brumado e Vitória da Conquista. Usuários que trafegam no trecho reclamam que alguns quebra-molas não estão sinalizados e podem provocar acidentes. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o Engenheiro Lúcio Flávio, da construtora Jurema, responsável pela execução das obras, disse que a empresa está fazendo apenas a restauração da rodovia e os referidos quebra-molas foram construídos por populares de povoados próximos. “Não temos controle sobre isso. O que estamos fazendo é catalogar esses quebra-molas para colocar a placa”, destacou, afirmando que os usuários deveriam pedir permissão das autoridades competentes para fazer a construção. O engenheiro alertou que, nesses casos, o local deveria ser sinalizado para o usuário se familiarizar com o obstáculo para só depois o quebra-molas ser instalado.