Covid-19: Prefeitura de Anagé decreta estado de calamidade pública e restabelece toque de recolher

03 Abr 2020 - 16:00h

Em decreto publicado no Diário Oficial, a Prefeitura Municipal de Anagé, 85 km de Brumado, declarou situação de calamidade pública por conta da pandemia do coronavírus. Também foi publicado o Decreto n° 18/2020, que trata do funcionamento, fiscalização, monitoramento e suspensão de atividades comerciais e trânsito de pessoas em Anagé. De acordo com a medida, diversas atividades e serviços foram suspensos, entre os quais: atendimento presencial em estabelecimentos comerciais entre 1º e 30 de abril, atividades de bares e restaurantes (delivery liberado), toda e qualquer forma de encontro religioso presencial, academias, salões de beleza, centros de convivência, creches públicas, atividades esportivas coletivas, eventos públicos de qualquer natureza e vendedores ambulantes com venda de “porta em porta”. As barreiras sanitárias nas vias de acesso ao município funcionarão 24h por dia e a entrada e circulação de veículos de outros municípios estão proibidos. Supermercados, mercados, açougues, peixarias, quitandas, lojas de venda de alimentação para animais, distribuidores de gás, lojas de venda de água mineral e padarias poderão funcionar com expediente entre as 7h e 15h. Os postos de combustíveis e farmácias não terão limitação de horário. As feiras livres somente poderão funcionar no sábado e com produtores da agricultura familiar do município. Também foi restabelecido o toque de recolher de 20h às 6h. Anagé possui 238 casos investigados; 24 notificados; 01 aguardando resultado; 01 descartado e nenhum confirmado.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias