Covid-19: Testes da vacina chinesa em São Paulo começam no dia 20

06 Jul 2020 - 18:30h

O governador do estado de São Paulo, João Doria (PSBD), anunciou que os testes da CoronaVac, vacina desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac Biotech Co., Ltda em parceria com o Instituto Butantan, serão iniciados no dia 20 deste mês. A inscrição de interessados, que devem ser obrigatoriamente profissionais da saúde trabalhando no atendimento de pacientes com Covid-19, começam na próxima segunda-feira, 13. O cadastramento ocorrerá via aplicativo para celular a ser divulgado na próxima semana. Os participantes devem ter mais de 18 anos, não ter histórico de infecções pelo novo coronavírus, não participar de outros estudos do tipo, não estar grávida ou planejando engravidar nos primeiros três meses de estudo, não ter doenças que afetem a resposta imune nem outras alterações que impeçam o cumprimento dos procedimentos do estudo, como transtornos mentais e distúrbios de coagulação. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou os testes na sexta-feira, 3. As análises devem ocorrer com 9.000 voluntários em São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná, além do Distrito Federal. De acordo com o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, a empresa farmacêutica tem capacidade de produzir 100 milhões doses até setembro.  Até o fim do ano, diz Covas, a empresa poderá chegar até 500 milhões de doses. O acordo preliminar prevê 60 milhões de doses para o Brasil, caso a vacina prove sua efetividade.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias