Brumado: Projeto social Viva + usa a capoeira para afastar crianças e adolescentes das drogas

27 Ago 2020 - 09:00h

O capoeirista Rafael Almeida está ministrando no Bairro Irmã Dulce e adjacências, em Brumado, um curso de capoeira para crianças e adolescentes. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, ele disse que o projeto social Viva + tem o objetivo de afastar esses jovens da periferia do mundo das drogas. “O projeto nasceu no coração de três jovens por causa da grande taxa de mortes de jovens no nosso município. A maioria por envolvimento com o tráfico. A gente perdeu muitos amigos para essa vida errada. Nesses bairros mais afastados a gente vê muitas crianças na rua, sem nenhuma atividade. A gente usa o esporte como uma forma de levar cultura, educação e lazer para as crianças”, destacou. Segundo ele, as aulas estão sendo ministradas por três professores na quadra poliesportiva do bairro. A receptividade dos moradores do bairro e da região tem sido alta, bem como os resultados têm sido significativos em afastar esses jovens das drogas. “Não tivemos nenhum apoio da iniciativa pública. É difícil conseguir apoio dos empresários porque se trata de um bairro de periferia. Nosso apoio maior é dos moradores”, pontuou. Hoje, cerca de 70 alunos fazem parte do projeto.

Comentários

Gilmar Zumbi Araújo

"Excelente iniciativa! A capoeira é uma das mais importantes ferramentas de inclusão social do país. Infelizmente o poder público não acredita neste potencial de transformação que a cultura tem. Parabéns aos capoeiristas pelo ótimo trabalho e a comunidade por abraçar a causa."



Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Achei Sudoeste. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias