Cidade chinesa vai testar mais de 4 milhões após descobrir só um caso

27 Out 2020 - 09:30h

A China está promovendo testes de coronavírus em uma cidade inteira por causa de um surto regional na província de Xinjiang. De acordo com o G1, cerca de 4,7 milhões de pessoas em Kashgar estão sendo testadas, com 138 casos assintomáticos encontrados até agora. A China tem tido grande sucesso em reduzir as taxas de infecção, mas continuam ocorrendo pequenos surtos. A província de Xinjiang, no oeste da China, é o lar da minoria étnica de origem muçulmana uigur, que grupos de direitos humanos dizem estar sendo perseguida pelo governo em Pequim. Escolas em Kashgar foram fechadas e os residentes não estão autorizados a deixar a cidade a menos que tenham feito o teste e obtido resultado negativo. O primeiro caso do surto de Kashgar foi de uma mulher assintomática que trabalhava em uma fábrica de roupas no condado de Shufu, nos arredores da cidade. A mulher, que descobriu estar infectada após o que a mídia estatal chinesa descreveu como “teste de rotina”, foi o primeiro caso local detectado na China continental em 10 dias. Testes em massa, que começaram a ser feitos no sábado, identificaram outros 137 casos assintomáticos. Os casos assintomáticos não são contabilizados na contagem oficial da China de 85.810 infecções confirmadas. O número de mortos no país é de 4.634.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias