Brumado: Dificuldades em adquirir insumos podem suspender cirurgias eletivas no Hospital Magalhães Neto

15 Jan 2021 - 10:00h

O governo do estado, através da secretaria de saúde, anunciou a suspensão das cirurgias eletivas em toda Bahia em razão da pandemia (veja aqui). Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o secretário de saúde de Brumado, Cláudio Soares Feres, informou que, por enquanto, apesar de algumas dificuldades, o cronograma das cirurgias eletivas no município continua o mesmo. “Estamos conseguindo manter o fluxo de cirurgias eletivas porque a gente entende que as outras doenças continuam”, pontuou. O secretário afirmou que o obstáculo maior para manutenção dessas cirurgias diz respeito à aquisição de insumos, tendo em vista que o valor dos materiais aumentou, desde o início da pandemia, em 70%. Para se ter uma ideia, no início do ano passado, o Município pagava R$ 15 por uma caixa de máscara; hoje, o mesmo item custa cerca de R$ 100. “Se tivermos que parar as cirurgias eletivas é pela dificuldade na aquisição dos insumos ou mesmo pelo preço, porque temos um limite de gastos. Podemos ter que recuar por um período”, declarou.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias