Brasil tem 1,5 milhão de idosos não vacinados contra o novo coronavírus

16 Jun 2021 - 07:30h

O Brasil tem mais de 1 milhão e meio de pessoas acima dos 60 anos que ainda não receberam nenhuma dose da vacina contra a Covid-19. Se considerados apenas os idosos acima dos 80 anos, são quase 400 mil pessoas que ainda não receberam nem a primeira dose da vacina, de acordo com levantamento exclusivo da GloboNews com base em dados do Ministério da Saúde. O país tem pouco mais de 30 milhões de pessoas acima dos 60 anos, segundo a estimativa do ministério. Mais de 28,6 milhões de pessoas receberam pelo menos uma dose da vacina. Entretanto, 1,558 milhão de pessoas dessa faixa etária não receberam nenhuma dose. O Ministério da Saúde afirma que não é por falta de doses e já anunciou ter distribuído, desde 29 de abril, 100% das doses necessárias para vacinar pessoas acima dos 60 anos. Dentro desse grupo, a situação é preocupante também entre os idosos acima dos 80 anos. São 388 mil que ainda não receberam nenhuma dose da vacina tendo como base uma estimativa do ministério da saúde de mais de 4 milhões e 400 mil pessoas nessa faixa etária. Já na faixa entre 65 e 69 anos é que é verificado um maior atraso na vacinação: 12,8% da população estimada desse grupo ainda não tomou sequer a primeira dose. O Ministério da Saúde estima que 7,3 milhões fazem parte desse grupo e 941,8 mil ainda não se vacinaram. As estimativas de população da pasta foram superadas, no entanto, pelo número excedente de pessoas que se vacinaram e pertencem a faixa etária dos 60 aos 64 anos de idade. Quase 600 mil pessoas se vacinaram com a primeira dose a mais do que o esperado em todo o país. Tendo como referência todo o grupo prioritário do plano nacional de imunização que inclui pessoas com comorbidades e outras categorias são, pelo menos, 25,8 milhões de pessoas que ainda estão sem nenhuma dose da vacina.

Comentários

Iraci

"Se não vacinaram é culpa dos familiares, os responsáveis por esses mesmos idosos, a vacina foi dada em todas as etapas de idade, e continua dando, a culpa é do povo e não dos gestores."



Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Achei Sudoeste. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias