Mulher de Livramento de Nossa Senhora é perseguida e agredida ao pedir para cliente colocar máscara

22 Jun 2021 - 08:00h

A mulher que foi agredida por um homem que se negou a usar a máscara protetiva em uma padaria da cidade de Palmares Paulista é a baiana Adriana Araújo da Silva, de 38 anos, natural de Livramento de Nossa Senhora, a 68 km de Brumado. Adriana trabalhava normalmente no local quando, na sexta-feira (11), o elemento, identificado como Márcio Roberto Rodrigues, entrou no estabelecimento com a máscara no queixo. De acordo com o G1, ao solicitar que o mesmo arrumasse a máscara, Adriana surpreendeu-se com a reação do indivíduo. Márcio Roberto só parou de atacar Adriana porque outras pessoas interviram e evitaram que ela fosse morta. As agressões covardes e brutais provocaram diversos ferimentos na mulher, que foi internada e submetida a procedimentos cirúrgicos no braço esquerdo. Ao receber alta do hospital no domingo (13), Adriana prestou depoimento à polícia. Delegado e investigadores se mostraram indignados e devem oferecer denúncia ao Ministério Público, que, por sua vez, deve encaminhar o caso à justiça como tentativa de feminicídio.

Comentários

Webiston Barbosa Reis

"Não é de se estranhar a atitude tomada por esse cidadão. Com certeza, esse é somente mais um, dentre milhares, que são incentivados pelo ocupante do cargo maior da nação, a não fazerem o uso de máscaras. Nesse caso, a justiça deveria ser mais rígida, fazendo com que esse indivíduo pagasse não só as custas hospitalares, bem como uma indenização à vítima."



Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Achei Sudoeste. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias