Câmara de Guanambi inclui templos religiosos como serviço essencial na pandemia

24 Jun 2021 - 10:00h

A Câmara de Vereadores de Guanambi, a 141 km de Brumado, aprovou, na segunda-feira (22), o Projeto de Lei nº 04/2021 que estabelece igrejas, templos religiosos e comunidades missionárias como atividades essenciais. O projeto prevê a vedação da determinação de fechamento total dos respectivos locais, em especial nos períodos de calamidade pública. De acordo com decreto publicado pela gestão no dia 19 de junho, foi suspensa a realização de eventos presenciais de todo tipo, inclusive as celebrações religiosas.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.


Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Achei Sudoeste. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias