Brumado: Há duas semanas, idosa de 84 anos aguarda cirurgia do fêmur e família aciona MP

27 Jul 2021 - 07:00h

Após cair em casa, uma idosa de 84 anos, identificada como Judith Araújo de Almeida, fraturou o fêmur e o braço esquerdo. Internada no Hospital Municipal Professor Magalhães Neto (HMPMN), a idosa aguarda há duas semanas para realizar uma cirurgia ortopédica. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, Stefani Cris de Almeida relatou que a cirurgia chegou a ser marcada três vezes, porém foi desmarcada porque acidentados mais jovens ocuparam a vaga de sua avó. “Na sexta-feira passada marcou mais uma vez, mas foi novamente desmarcada porque chegou outro acidentado mais jovem. Ontem, os médicos sinalizaram que a cirurgia seria realizada. Estava tudo preparado, ela estava em jejum. Quando foi à tarde avisaram de novo que a cirurgia não seria realizada”, contou. Devido à idade, a idosa precisa dispor de uma vaga na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), o que dificulta mais ainda o processo de sua cirurgia. Stefani cobrou que o direito à saúde é de todos e que sua avó não pode ficar agonizando em um leito de hospital da forma como está. “Ela vai morrer daquele jeito. Está ficando muito exposta e sofrendo com muita dor”, salientou. A família já acionou o Ministério Público Estadual (MPE) para agilizar a cirurgia da idosa. Vale lembrar que o Hospital Municipal é referência na área de ortopedia.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.


Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Achei Sudoeste. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias