'Não temos o poder de fazer', dispara vereadora Lia Teixeira sobre demandas de Brumado

31 Ago 2021 - 15:00h

A vereadora Edilsa Maria Teixeira do Espírito Santo (PCdoB), a Lia Teixeira, fez um discurso franco e de alerta durante a sessão legislativa da última segunda-feira (30). Aliada do prefeito Eduardo Lima Vasconcelos (PSB) desde o seu primeiro mandato parlamentar, Espírito Santo deixou clara a sua insatisfação com pleitos não atendidos pelo poder executivo. De acordo com ela, o vereador não tem poder de “mandar fazer, mas sim de fazer indicações” para que o executivo atenda as reivindicações da população. “Quiséramos nós ter o poder para mandar contratar médicos para os postos de saúde”, justificou a vereadora sobre a falta de profissionais em unidades de saúde do município. “O nosso papel é de solicitar e indicar. Poder de fazer, poder da caneta é do executivo, é do prefeito”, cravou Teixeira. Ela ainda falou de demandas urgentes para a zona rural, como, por exemplo, abertura de aguadas e manutenção das estadas vicinais. “Corrigir os erros para melhorar a vida da população”, garantiu Edilsa, se referindo a críticas nas redes sociais sobre a atuação dos vereadores no município. “Consertar buracos de rua, troca de lâmpadas, construção de praças e reforma de escolas é de obrigação do executivo”, finalizou. Recentemente, em entrevista ao site Achei Sudoeste, moradores do Distrito de Cristalândia, um dos currais eleitorais de Maria, cobraram diversas demandas para a localidade (veja aqui).

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.


Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Achei Sudoeste. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias