Presos em greve de fome na cadeia de Brumado

12 Jun 2013 - 09:48h

A última terça-feira (11) foi mais um dia tenso para carcereiros e agentes da polícia civil na delegacia em Brumado. Logo de manhã, os detentos fizeram uma greve de fome, pois rejeitaram o café da manhã. Fazendo muito barulho com batucadas, eles também não aceitaram o almoço. A situação ficou ainda mais crítica à noite, quando os policiais viram uma fumaça preta saindo pelo teto da área de banho de sol. Já iniciando um motim, os presos tinham queimado uma camisa para chamar a atenção do carcereiro. Uma guarnição da Polícia Militar foi chamada ao local e, assim que chegaram, os custodiados explicaram o motivo de suas atitudes. Eles alegaram que toda a movimentação era para que dois internos fossem levados ao hospital, pois não estavam se sentindo bem. O apelo dos presos foi atendido, mas a crise na sede da 20ª Coorpin continua nesta manhã de quarta-feira, 12. Novamente os custodiados rejeitaram o café da manhã, mantendo a greve de fome, o que deixou os delegados, agentes e carcereiros em alerta. Com a tensão na carceragem, as visitas que seriam realizadas nesta quarta-feira e a entrega de alimentos levados pelos familiares foram canceladas.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.


Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Achei Sudoeste. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias