Achei Sudoeste

BUSCA PELA CATEGORIA "Saúde"

06 Abr 2020 - 09:30h

O Laboratório Exame é especializado em análises clínicas em Brumado e região. No município, a unidade terá como bioquímico o experiente e competente Leonardo Borborema Neto. O laboratório oferece um atendimento humanizado e personalizado, proporcionando maior satisfação aos clientes e colaboradores. O laboratório dispõe de equipamentos de alta tecnologia para realização de exames de qualidade, com resultados confiáveis e seguros para um diagnóstico preciso e rápido a serviço da vida da população de Brumado e região. A missão é realizar exames laboratoriais com excelência e qualidade, atender com humanização, sustentabilidade e responsabilidade social, com uma visão de ser reconhecido como um laboratório de referência e manter a credibilidade junto à sociedade. O valor será em total compromisso com a vida; confiabilidade; melhoria contínua; ética e humanização. O laboratório Exame fica localizado na Avenida Cassemiro Pinheiro de Azevedo, 655, centro. Para maiores informações, ligue: (77) 3441-9286 / (77) 3441-5039 / (77) 99991-5757 (WhatsApp).

04 Abr 2020 - 06:55h

As secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até as 20h50 desta sexta-feira (3), 9.216 casos confirmados do novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil, com 365 mortes pela Covid-19. Apenas três estados ainda não registraram mortes: Acre, Amapá e Tocantins. O último balanço do Ministério da Saúde, divulgado na tarde de sexta-feira (3), aponta 359 mortes e 9.056 casos confirmados de coronavírus no Brasil. O avanço da doença está acelerado: foram 25 dias desde o primeiro contágio confirmado até os primeiros 1.000 casos (de 26 de fevereiro a 21 de março). Outros 2.000 casos foram confirmados em apenas seis dias (de 21 a 27 de março) e quase 4.000 casos de 27 de março a 2 de abril, quando a contagem bateu os 8.000 infectados.

03 Abr 2020 - 15:30h

As secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até as 13h desta sexta-feira (3), 8.229 casos confirmados do novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil, com 343 mortes pela Covid-19. O último balanço do Ministério da Saúde, divulgado na tarde de quinta-feira (2), apontava 299 mortes e 7.910 casos confirmados de coronavírus no Brasil. De acordo com o G1, o avanço da doença está acelerado: foram 25 dias desde o primeiro contágio confirmado até os primeiros 1.000 casos (de 26 de fevereiro a 21 de março). Outros 2.000 casos foram confirmados em apenas seis dias (de 21 a 27 de março) e quase 4.000 casos de 27 de março a 2 de abril, quando a contagem bateu os 8.000 infectados.

03 Abr 2020 - 10:30h

O Brasil registrou a primeira morte por Covid-19 no fim de janeiro. Segundo dados divulgados nesta quinta-feira (02) pelo Ministério da Saúde, houve uma hospitalização em razão da doença na quarta semana do ano. Até então, o primeiro caso do novo coronavírus no Brasil, que já matou 299 pessoas, tinha sido confirmado no fim de fevereiro. Inicialmente, o Ministério da Saúde informou apenas que era um caso confirmado hospitalizado. Depois comunicou que se trata uma mulher de 75 anos que morreu em Minas Gerais. O Ministério da Saúde explicou que está fazendo uma investigação retroativa de casos de síndrome respiratória aguda grave (SRAG). De acordo com o jornal o Globo, nesse processo, em que são analisadas amostras de todas as semanas de 2020, foi encontrado um caso de 23 de janeiro. Segundo o secretário de Vigilância em Saúde da pasta, Wanderson de Oliveira, o caso é importado, ou seja, foi contraído em outro país. “As equipes nos estados estão investigando, encerrando os casos. Tanto é que a gente identifica, ou seja, havia circulação inicial de casos já no final de janeiro de 2020 no Brasil, com caso importado obviamente. Esse caso agora está sendo mais investigado, mas o resultado laboratorial é PCR [um tipo de teste que é mais preciso na hora de identificar um vírus]. Não tem dúvida que é um caso confirmado”, disse Wanderson.

03 Abr 2020 - 07:30h

O Laboratório Exame é especializado em análises clínicas em Brumado e região. No município, a unidade terá como bioquímico o experiente e competente Leonardo Borborema Neto. O laboratório oferece um atendimento humanizado e personalizado, proporcionando maior satisfação aos clientes e colaboradores. O laboratório dispõe de equipamentos de alta tecnologia para realização de exames de qualidade, com resultados confiáveis e seguros para um diagnóstico preciso e rápido a serviço da vida da população de Brumado e região. A missão é realizar exames laboratoriais com excelência e qualidade, atender com humanização, sustentabilidade e responsabilidade social, com uma visão de ser reconhecido como um laboratório de referência e manter a credibilidade junto à sociedade. O valor será em total compromisso com a vida; confiabilidade; melhoria contínua; ética e humanização. O laboratório Exame fica localizado na Avenida Cassemiro Pinheiro de Azevedo, 655, centro. Para maiores informações, ligue: (77) 3441-9286 / (77) 3441-5039 / (77) 99991-5757 (WhatsApp).

02 Abr 2020 - 20:00h

Uma equipe de cientistas israelenses disse que está a poucos dias de completar a produção de uma vacina oral para o novo coronavírus. A expectativa é que o teste em humanos comece no dia 1º de junho. Em entrevista ao jornal The Jerusalem Post, o doutor Chen Katz, líder do grupo de biotecnologia Migal, disse que o componente ativo da vacina ficará pronto em pouco tempo. “Nós estamos nos estágios finais e em poucos dias nós teremos as proteínas - componente ativo”, contou. Os pesquisadores passaram os últimos quatro anos desenvolvendo uma vacina para o vírus da bronquite infecciosa (IBV), que causa uma doença brônquica que afeta aves. A eficácia da vacina foi comprovada em ensaios pré-clínicos realizados no Instituto Veterinário. O combate ao coronavírus seria uma adaptação da pesquisa. Um estudo feito em galinhas mostra que o vírus tem características genéticas similares ao covid-19. Os pesquisadores agora tentam completar a vacina em até três semanas e, se os resultados forem positivos, é possível que ela chegue ao mercado em 90 dias.

02 Abr 2020 - 08:30h

O número de pessoas diagnosticadas com o novo coronavírus no Brasil subiu para 6.931 e o total de mortes chega a 244. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Saúde na quarta-feira (01). No último balanço do governo, na terça-feira (31), o total de infectados chegava a 5,717 e 201 mortes confirmadas.

01 Abr 2020 - 16:30h

Diante do alastramento dos contágios pelo novo coronavírus, o presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministro Dias Toffoli, e o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, assinaram nesta terça-feira, 31, portaria que autoriza o sepultamento e cremação de pessoas sem a necessidade de um atestado de óbito. A medida ocorre após o próprio Mandetta ter afirmado a governadores de Estado que o momento é de preparar funerárias para o provável aumento no número de vítimas fatais da Covid-19. A portaria, à qual a Revista Veja teve acesso, deve ser publicada nas próximas horas, e especifica, por exemplo, que estabelecimentos de saúde poderão enviar pessoas para sepultamento ou cremação sem certidões de óbito “na hipótese de ausência de familiares ou pessoas conhecidas do obituado ou em razão de exigência de saúde pública”. Entre as justificativas da medida estão a “necessidade de uniformização nacional do protocolo de anotação da causa mortis relacionada às doenças respiratórias no preenchimento das Declarações de óbitos por todos os serviços de saúde do País” e a constatação de que deve se “providenciar o sepultamento em razão dos cuidados de biossegurança, a manutenção da saúde pública e respeito ao legítimo direito dos familiares do obituado providenciarem a inumação [enterro]”.

01 Abr 2020 - 15:30h

O Ministério da Saúde lançou recentemente um serviço de informações via WhatsApp sobre a Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2). Por meio dele, a população e os profissionais de saúde podem conhecer melhor a infecção, as formas de contaminação e as recomendações de tratamento. Além disso, são desmentidas fake news relacionadas ao tema. Para usar o canal, basta enviar uma mensagem no aplicativo para o número (61) 99938-0031. De acordo com o blog Saúde da Veja, as respostas são fornecidas por um bot, tipo de robô treinado para fazer atendimento automático, que oferece um menu inicial com 10 opções diferentes e, a partir daí, direciona o usuário. Entre os tópicos tratados no espaço estão o passo a passo para fazer o isolamento domiciliar de maneira correta e como saber qual o momento adequado de ir ao pronto-socorro em caso de suspeita da doença. Há uma seção exclusiva para profissionais de saúde, com o protocolo de tratamento do novo coronavírus. O canal ainda fará o meio de campo para pessoas físicas ou jurídicas que desejem realizar doações financeiras destinadas ao controle da pandemia.

01 Abr 2020 - 14:30h

O estado da Bahia receberá do Ministério da Saúde 31.634 testes rápidos de detecção do coronavírus, segundo informação divulgada na noite de terça-feira (31), pela pasta. O material faz parte dos quase 500 mil kits que chegaram no Brasil na última segunda-feira (30) e serão distribuídos entre os estados e o Distrito Federal. A Bahia é o quarto estado que receberá a maior quantidade de testes rápidos em todo o país. São Paulo, com o recebimento de mais de 106 mil testes, lidera a lista, seguido por Minas Gerais (aproximadamente 50 mil) e Rio de Janeiro (cerca de 37 mil). Ainda não há informações de quando os kits chegarão à Bahia.

30 Mar 2020 - 11:30h

O primeiro estudo com a cloroquina foi deflagrado no país. Envolve instituições de várias regiões do país, como o Hospital Estadual Geral de Goiânia, a Fundação Oswaldo Cruz e a Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto. No total, mais de 800 pacientes graves receberão a medicação em doses diferentes. De acordo com a Veja, Ludhmila Abrahão Hajjar, coordenadora de ciência, tecnologia e inovação da Sociedade Brasileira de Cardiologia, integrante da equipe do estudo explica os detalhes do trabalho inovador e fala do papel do Brasil na pesquisa de ponta mundial.

30 Mar 2020 - 07:30h

O Laboratório Exame é especializado em análises clínicas em Brumado e região. No município, a unidade terá como bioquímico o experiente e competente Leonardo Borborema Neto. O laboratório oferece um atendimento humanizado e personalizado, proporcionando maior satisfação aos clientes e colaboradores. O laboratório dispõe de equipamentos de alta tecnologia para realização de exames de qualidade, com resultados confiáveis e seguros para um diagnóstico preciso e rápido a serviço da vida da população de Brumado e região. A missão é realizar exames laboratoriais com excelência e qualidade, atender com humanização, sustentabilidade e responsabilidade social, com uma visão de ser reconhecido como um laboratório de referência e manter a credibilidade junto à sociedade. O valor será em total compromisso com a vida; confiabilidade; melhoria contínua; ética e humanização. O laboratório Exame fica localizado na Avenida Cassemiro Pinheiro de Azevedo, 655, centro. Para maiores informações, ligue: (77) 3441-9286 / (77) 3441-5039 / (77) 99991-5757 (WhatsApp).

29 Mar 2020 - 08:45h

O Ministério da Saúde divulgou neste sábado (28) o mais recente balanço dos casos da Covid-19, doença causada pelo coronavírus Sars-Cov-2. Os principais números são: 114 mortes e 3.904 casos confirmados. O balanço acrescentou 22 mortes e 487 casos confirmados ao total. No balanço anterior, da sexta-feira (27), o Brasil tinha 92 mortes e 3.417 casos confirmados. Das 22 mortes acrescentadas ao total no país neste sábado, o estado de São Paulo teve 16 mortes. De acordo com o Ministério da Saúde, até as 15h, havia 569 pessoas internadas com confirmação para Covid-19 no país. Os números consideram as pessoas cujos resultados dos testes já foram apresentaram e testaram positivo. O número não considera casos suspeitos. Este é o segundo maior aumento diário de casos confirmados no Brasil até agora. Na sexta-feira, foram 503 novos casos. Durante seu pronunciamento na apresentação dos dados, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse que não tem covid-19. Ele afirmou que faz o teste com frequência e até agora todos deram negativo.

28 Mar 2020 - 20:50h

O ministro da saúde, Henrique Mandetta, mudou neste sábado (28) o tom novamente de suas declarações sobre isolamento social. Na terça-feira (24), ele tinha ajustado o seu discurso ao do presidente Jair Bolsonaro, contrário a um isolamento mais geral e favorável ao isolamento apenas de idosos e pessoas de 60 anos e mais. Neste sábado, Mandetta foi mais enfático na defesa de que as pessoas que podem devem ficar em casa. Ele justificou sua defesa de que as pessoas devem permanecer em casa para que o sistema de saúde não se sobrecarregue, aumentando a letalidade da Covid 19 por falta de leitos e de UTI. Ele disse que o fato de as pessoas estarem em casa já fez o número de internados por acidentes de trânsito diminuir, o que libera espaço para os que precisam se tratar da Covid: “Mais uma razão pra gente diminuir bastante a atividade de circulação de pessoas no intuito de diminuir o trauma, que é um efeito também secundário, benéfico, além do efeito de diminuir a transmissão”, ele disse. O ministro afirmou: “Mais uma razão pra gente ficar em casa, parado, até que a gente consiga colocar os equipamentos na mão dos profissionais que precisam. Porque se a gente sair andando todo mundo de uma vez vai faltar pro rico, pro pobre, pro dono da empresa, pro dono do botequim, pro dono de todo mundo”.

28 Mar 2020 - 06:10h

É inevitável que a próxima onda da pandemia atinja em cheio a América Latina, alertou ontem em editorial a revista médica Lancet. O Brasil será o país mais afetado e poderá ter até 1,15 milhão de mortos, de acordo com a projeção de outro estudo. Um dos principais eixos globais de informação científica sobre a Covid-19, a Lancet destaca que alguns governos ainda não encaram a doença com seriedade e cita especificamente o presidente Jair Bolsonaro, o único governante a ter o nome mencionado - e criticado. á o estudo “O impacto global da Covid-19 e as estratégias de mitigação e supressão”, do grupo de Resposta à Covid-19 do Imperial College, de Londres, previu em 1.152.283 o número de mortes no Brasil, caso medidas de contenção não sejam tomadas. No outro extremo, com as medidas mais radicais e precoces, esse número despencaria para 44 mil brasileiros mortos. “Muitos governos têm respondido rapidamente, mas muitos ainda não encaram a ameaça da Covid-19 com seriedade - por exemplo, ignorando a recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) de evitar aglomerações. O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, tem sido fortemente criticado por especialistas em saúde e enfrenta uma reação negativa cada vez maior por sua fraca resposta”, diz o editorial. De acordo com o jornal o Globo, o cenário para o Brasil é sombrio. Foi uma análise desse mesmo grupo do Imperial College que fez o premier britânico, Boris Johnson, ele próprio agora infectado, mudar a política do país e adotar o distanciamento social radical, com uma série de medidas mais restritivas.

27 Mar 2020 - 07:30h

O primeiro mês da circulação do coronavírus Sars-Cov-2 no Brasil deixou 77 mortes e 2.915 casos confirmados. Os dados são do balanço do Ministério da Saúde, que compilam os dados repassados pelas secretarias estaduais até as 17h30 desta quinta-feira (26). Cardíacos, homens e pessoas acima de 60 anos estão entre os grupos que tiveram mais casos graves e mortes neste mês. O balanço aponta ainda que, nesta tarde, o país tinha 194 pacientes internados em UTIs e outros 205 em enfermarias. Em relação ao dia anterior, quando o balanço apontava 57 mortes, houve um aumento de 35%. Em relação aos casos, que somavam 2.433 casos na quarta, a alta foi de 19%. Dos casos, 1.665 estão no Sudeste. No Brasil, a taxa de letalidade é de 2,7%.

26 Mar 2020 - 14:30h

O Laboratório Exame é especializado em análises clínicas em Brumado e região. No município, a unidade terá como bioquímico o experiente e competente Leonardo Borborema Neto. O laboratório oferece um atendimento humanizado e personalizado, proporcionando maior satisfação aos clientes e colaboradores. O laboratório dispõe de equipamentos de alta tecnologia para realização de exames de qualidade, com resultados confiáveis e seguros para um diagnóstico preciso e rápido a serviço da vida da população de Brumado e região. A missão é realizar exames laboratoriais com excelência e qualidade, atender com humanização, sustentabilidade e responsabilidade social, com uma visão de ser reconhecido como um laboratório de referência e manter a credibilidade junto à sociedade. O valor será em total compromisso com a vida; confiabilidade; melhoria contínua; ética e humanização. O laboratório Exame fica localizado na Avenida Cassemiro Pinheiro de Azevedo, 655, centro. Para maiores informações, ligue: (77) 3441-9286 / (77) 3441-5039 / (77) 99991-5757 (WhatsApp).

26 Mar 2020 - 10:30h

O Ministério da Saúde autorizou o uso de cloroquina no tratamento de casos graves de infecção pelo novo coronavírus.  A informação foi um dos assuntos mais comentados na coletiva de imprensa comandada pela pasta nesta quarta-feira, 25. Segundo o secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos da pasta, Denizar Vianna Araújo, será apresentado um protocolo de 5 dias para a utilização do medicamento em pacientes graves de Covid-19. Araújo afirmou que o uso do medicamento não é recomendado para casos leves da doença, tratados fora do ambiente hospitalar, citando efeitos colaterais. Agora testada no combate ao coronavírus, a cloroquina costuma tratar doenças como malária e lúpus. De acordo com a Veja, a decisão do uso (ou não) do medicamento ficará nas mãos do médico responsável pelo tratamento individual de cada paciente, informou o Ministro da pasta Henrique Mandetta.

25 Mar 2020 - 10:00h

A população da Bahia passa a contar com o Tele Coronavírus 155, que vai prestar orientação e esclarecimentos à população, com rapidez e agilidade, durante à pandemia do novo coronavírus. O serviço, que passa a funcionar das 7h às 19h, é gratuito e fruto de uma parceria entre o Governo do Estado, a Universidade Federal da Bahia (Ufba) e a Fiocruz Bahia. Através do número 155, estudantes do quinto e sexto ano de medicina, supervisionados por médicos, irão orientar a população, evitando a circulação de pessoas que não precisam de atendimento em unidades de saúde, neste primeiro momento.

23 Mar 2020 - 11:30h

Os países não podem simplesmente isolar suas sociedades para derrotar o novo coronavírus, disse o diretor-executivo de emergências da Organização Mundial da Saúde, Mike Ryan, no domingo (22). Em entrevista ao programa “Andrew Marr Show”, da BBC, ele disse que é preciso haver medidas de saúde pública para evitar o ressurgimento do vírus mais tarde. “O que realmente precisamos focar é encontrar aqueles que estão doentes, isolá-los, encontrar seus contatos e isolá-los”, disse Mike Ryan em entrevista no 'Andrew Marr Show', da BBC. “O perigo com os bloqueios... Se não colocarmos em prática as fortes medidas de saúde pública agora, quando essas restrições de movimento forem suspensas, o perigo é que a doença volte a subir”.  Ryan disse que os exemplos da China, Cingapura e Coréia do Sul, que associaram restrições a medidas rigorosas para testar todos os suspeitos, forneceram um modelo para a Europa, atual epicentro da pandemia. “Uma vez que suprimimos a transmissão, temos que ir atrás do vírus”. No programa de TV, o especialista foi perguntado sobre o desenvolvimento de vacinas. “Temos que ter certeza de que seja absolutamente segura. Estamos falando de, pelo menos, um ano. A vacina virá, mas temos que fazer o necessário agora”, respondeu ele.