Achei Sudoeste

BUSCA PELA CATEGORIA "Brasil"

23 Out 2017 - 12:30h

O deputado Waldenor Pereira participou de manifestação promovida pela Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Bancos Públicos, que aconteceu na última semana, no Salão Verde da Câmara dos Deputados. A manifestação reuniu parlamentares, representantes da sociedade civil e entidades dos empregados da Caixa Econômica Federal contra a abertura de capital do banco. Waldenor criticou as medidas impopulares do governo do presidente Michel Temer e ressaltou que considera a instituição financeira indispensável para o desenvolvimento nacional. “A Caixa Econômica Federal é uma Instituição fundamental para a soberania nacional e para o desenvolvimento das políticas públicas, especialmente aquelas que visam distribuir renda e incluir socialmente a nossa população”, defendeu. Waldenor ainda colocou o seu mandato à disposição das lutas para preservação do banco 100% público.

22 Out 2017 - 09:30h

Dentre as principais dificuldades para quem é deficiente visual, principalmente nas grandes cidades brasileiras, está o momento de atravessar uma rua em local onde existe uma sinaleira. Devido a incapacidade, como saber o momento certo de seguir sem se arriscar e acabar sofrendo um acidente, uma vez que nem sempre a pessoa com deficiência vai encontrar alguém disposto a ajudá-lo a realizar essa tarefa? Até existe uma Lei, a 10.098, de 19 de dezembro de 2000, que estabelece normas gerais e critérios básicos para a promoção da acessibilidade das pessoas portadoras de deficiência ou com mobilidade reduzida. O artigo 9º da norma aponta que os “semáforos para pedestres instalados nas vias públicas deverão estar equipados com mecanismo que emita sinal sonoro suave, intermitente e sem estridência, ou com mecanismo alternativo, que sirva de guia ou orientação para a travessia de pessoas portadoras de deficiência visual”. Contudo, essa é uma realidade pouco presente na maioria dos municípios pelo país. As informações são do Tribuna da Bahia.

20 Out 2017 - 15:30h

Um estudante de 14 anos atirou no fim da manhã desta sexta-feira (20) dentro do Colégio Goyases, escola particular de ensino infantil e fundamental, em Goiânia. De acordo com o Corpo de Bombeiros e Polícia Militar, dois estudantes morreram e outros quatro ficaram feridos na unidade, localizada no Conjunto Riviera, bairro de classe média. Testemunhas relataram ao G1 que o adolescente, que cursa o 8º ano e é filho de policiais militares, estava dentro da sala de aula e, no intervalo, tirou da mochila a arma, uma pistola .40, e efetuou os disparos. Em seguida, quando ele se preparava para recarregar o revólver, foi contido por alunos e professores. Os estudantes João Vitor Gomes e João Pedro Calembo, cujas idades ainda não foram divulgadas, morreram no local. Já outros quatro alunos, sendo três meninas e um menino, ficaram feridos e foram socorridos.  Um aluno de 15 anos, que estava na sala no momento do tiroteio, também contou que o adolescente era vítima de chacotas.

19 Out 2017 - 10:30h

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara aprovo na quarta-feira (18), por 39 votos a 26 (e 1 abstenção), o relatório do deputado Bonifácio Andrada (PSDB-MG) que propõe a rejeição da denúncia contra o presidente Michel Temer e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral). Mesmo com a decisão da CCJ, a palavra final sobre o prosseguimento ou não do processo para o Supremo Tribunal Federal (STF) cabe ao plenário da Câmara. A votação será na próxima quarta-feira (25), informou o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Se o plenário rejeitar o prosseguimento da denúncia, Temer só poderá ser processado após o fim do mandato. Se o plenário aprovar o prosseguimento do processo, o Supremo decidirá se aceita ou não a acusação. Se aceitar, Temer será afastado do mandato.

19 Out 2017 - 08:30h

Em pronunciamento na Câmara dos Deputados, o deputado federal Waldenor Pereira (PT) fez duras críticas aos parlamentares que votaram a favor da destituição da presidenta Dilma Rousseff (PT). Waldenor destacou ainda que os mesmos parlamentares que permitiram o golpe institucional agora ocupam a tribuna, reclamando de medidas do presidente ilegítimo. “Considerando que as medidas adotadas por esse governo golpista são tão perversas, são tão nocivas aos interesses do povo brasileiro, especialmente dos trabalhadores, agora, com frequência, os parlamentares ocupam essa tribuna, pra reclamarem de medidas perversas, maldosas, que o governo Temer vem tomando com os trabalhadores, com o povo brasileiro e com o país”, ressaltou. O parlamentar apontou alguns prejuízos que foram motivo de reclamação, como o fechamento de agências do Banco do Brasil e de bancos postais. “Ainda há tempo para se redimirem, em parte, do erro cometido e votarem a favor da denúncia do afastamento desse presidente ilegítimo e golpista”. 

18 Out 2017 - 15:30h

O plenário do Senado reprovou nesta terça-feira (17) as punições do Supremo Tribunal Federal (STF) contra o senador Aécio Neves, com 44 votos favoráveis ao tucano. No final de setembro, a 1ª Turma do STF decidiu afastar o parlamentar das suas funções Legislativas atendendo a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR), com base nas delações premiadas de executivos da J&F. Apesar de ter negado a prisão de Aécio na oportunidade, o colegiado também determinou que o senador não poderia deixar o país e deveria cumprir recolhimento domiciliar noturno. Com a decisão do Senado, Aécio teve as punições retiradas e pode voltar a trabalhar na Casa. A votação desta terça foi viabilizada depois que o STF definiu que o Congresso Nacional é quem deve dar a palavra final sobre medidas cautelares contra parlamentares.

17 Out 2017 - 12:30h

A defesa da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) afirmou nesta segunda-feira 16 que vai apresentar informações referentes à delação do empresário Lúcio Funaro para reforçar um pedido de anulação do impeachment em tramitação no Supremo Tribunal Federal (STF). De acordo com a Veja, em delação, Funaro afirmou que repassou ao então presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), 1 milhão de reais para comprar apoio de deputados favoráveis ao afastamento de Dilma. Detalhes da delação do empresário tornaram-se públicos nos últimos dias após a divulgação do vídeo da colaboração de Funaro. O mesmo vídeo consta do procedimento que corre na Câmara a respeito da segunda denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB). O advogado de Dilma, o ex-ministro José Eduardo Cardozo, tem sustentado, desde o início do impeachment, que o afastamento é nulo. Segundo ele o processo foi baseado em “decisões ilegais e imorais” tomadas por Cunha e por todos os parlamentares que queriam evitar a “sangria da classe política brasileira”.

16 Out 2017 - 07:10h

A Polícia Federal está fazendo buscas na Câmara dos Deputados na manhã desta segunda-feira (16) em Brasília, e um do alvos é o gabinete do deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA). A operação acontece a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR). Lúcio é irmão do ex-ministro Geddel Vieira Lima, preso preventivamente desde julho, após a polícia apreender R$ 51 milhões em um imóvel que estaria sendo emprestado ao político – é a maior apreensão de dinheiro vivo da história da corporação. Em setembro, as investigações foram encaminhadas ao Supremo Tribunal Federal (STF). O motivo da transferência para o STF são os indícios encontrados nas investigações em relação a Lúcio Vieira Lima, que tem foro privilegiado na Corte por ser deputado federal. As investigações apontam que, na verdade, o apartamento foi emprestado a Lúcio Vieira Lima e era usado por Geddel.

15 Out 2017 - 09:00h

O horário de verão de 2017 começou à 0h deste domingo. Moradores de 10 estados e do Distrito Federal devem adiantar o relógio em uma hora. O ajuste vale para as regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste (São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal) e vigora até 18 de fevereiro do ano que vem. Com isso, o horário no leste do Amazonas e nos estados de Roraima e Rondônia fica duas horas atrasado em relação à Brasília, enquanto oeste do Amazonas e Acre ficam três horas atrás.

14 Out 2017 - 08:30h

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou que o Produto Interno Bruto (PIB, soma de todos os bens e serviços produzidos no país) potencial do Brasil pode passar a ser de 4%, caso as reformas propostas pelo governo sejam aprovadas. Meirelles citou como exemplo reformas macroeconômicas, entre as quais a tributária e a da Previdência. “Algumas delas já foram aprovadas, como, por exemplo, a taxa de longo prazo para o BNDES [Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social]”, destacou o ministro. Ele disse que seria viável atingir esse patamar em um horizonte de tempo de “três, quatro anos”. Perguntado  sobre os impactos de curto prazo da reforma da Previdência, o ministro afirmou que há efeitos positivos, como o aumento do nível de confiança, da força e da estabilidade dos índices econômicos do país, além da expansão do volume de investimentos. Meirelles ressaltou que a aprovação da reforma é do interesse das diversas facções políticas, “inclusive porque, se não for aprovada agora, ela terá que ser discutida e aprovada no próximo governo. Isso será ruim para quem assumir, porque o primeiro desafio será enfrentar a reforma da Previdência”.

14 Out 2017 - 08:00h

Mães de alunos de uma escola pública infantil acusam uma professora de colocar crianças de três a quatro anos em sacos de lixo como forma de castigo, em Restinga, interior de São Paulo. A denúncia foi apresentada à Polícia Civil por duas mães, mas o fato teria acontecido com ao menos três crianças. A professora foi afastada, mas seu advogado diz que a denúncia é uma retaliação das mães, por terem sido chamadas à escola em razão de atos de indisciplina dos filhos. Os maus tratos teriam acontecido na Escola Municipal de Ensino Básico (Emeb) Célia Teixeira Ferracioli. De acordo com a denúncia, a professora obrigava as crianças mais “levadas” a entrarem no saco e fechava a boca, que era aberta quando os outros alunos terminavam uma contagem de 1 a 10. Caso a criança chorasse, o saco era aberto antes. Uma das mães contou que soube do castigo porque o filho de 3 anos disse que não queria mais ir à escola “para não ser colocado no saco”. Ela levou o caso ao Conselho Tutelar que a orientou a procurar a direção da Emeb e registrar boletim de ocorrência na Polícia Civil.

13 Out 2017 - 10:20h

A corregedoria da Polícia Militar investiga se houve conduta imprópria de uma mulher que posou nua em frente a uma viatura da PM da Paraíba, na praia de Tambaba. O corregedor da Polícia Militar da Paraíba, Coronel Severino Gerônimo, informou que o Centro Integrado de Operações Policiais (CIOP) recebeu um chamado na praia naturista, pois havia dois suspeitos abordando e assaltando banhistas. “Ao chegar ao local, a equipe estacionou o carro e começou uma incursão a pé. Foi nesse momento que, infelizmente, a senhora se posicionou na frente da viatura e alguém tirou suas fotos”, disse. De acordo com o G1, o Coronel afirmou que uma sindicância será aberta para tentar descobrir quem é a mulher que aparece nas fotos e, ainda, apurar se houve conduta inapropriada por parte dos policiais.

11 Out 2017 - 10:30h

O deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG), relator da denúncia contra o presidente Michel Temer e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria Geral), recomendou, na tarde desta terça-feira (10), que a Câmara rejeite o prosseguimento do processo. A denúncia da Procuradoria Geral da República (PGR) envolve os crimes de obstrução de Justiça e organização criminosa. Pela Constituição, para que o Supremo Tribunal Federal (STF) decida se processa o presidente e os ministros, é exigida a autorização da Câmara. O relator levou 1 hora e 4 minutos para ler o seu parecer. Depois, os advogados dos três acusados apresentaram argumentos de defesa ao colegiado. De acordo com o G1, após a fala dos advogados, o presidente da comissão, Rodrigo Pacheco (PMDB-MG), concedeu um pedido de vista coletiva, dando mais tempo para que os deputados analisem o relatório. Com isso, a votação do parecer deve ser realizada na próxima terça (17).

08 Out 2017 - 10:00h

Imagens obtidas pela TV Anhanguera mostram um preso sendo levado por agentes prisionais para visitar família na Região Metropolitana de Goiânia. Segundo o Ministério Público de Goiás (MP-GO), a Operação Regalia apurou que detentos pagavam por vantagens que variavam entre transferências de presídios até visitas a parentes. Ainda conforme o órgão, agentes penitenciários cobravam até R$ 500 mil por benefícios. No vídeo, uma van da Agência Prisional é vista estacionando e um detento sai do veículo, sem as algemas, e entra em uma casa. Pouco depois, três agentes penitenciários fardados e armados também entram na residência. Durante a visita, o detento, que havia sido condenado a 36 anos de prisão pelo crime de tráfico de drogas, encontra familiares e até abre uma bebida. De acordo com o G1, cerca de 20 minutos depois, um agente recebe algo do preso e divide com os demais. Segundo o MP-GO, seria um maço de dinheiro com a quantia de R$ 6 mil. Por fim, o detento se despede dos parentes e todos retornam ao veículo para ir embora. A assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária de Goiás (SSPAP) informou, por meio de nota, que os agentes não fazem mais parte do quadro de servidores do órgão. Ainda conforme o texto, a corporação “apoia integralmente ações que visam coibir irregularidades e sempre atua no combate a comportamentos ilícitos de servidores”.

05 Out 2017 - 17:30h

Um galo da raça índio gigante foi leiloado por R$ 154 mil durante um encontro nacional que reuniu criadores da raça em Guareí (SP). O animal, que mede 1,24 metros, tem 11 meses e chama Hokaido. Ele foi arrematado pelo produtor rural Vagner Souza. Em entrevista ao G1, Vagner contou que é criador de galo índio há dois anos e que a compra foi um investimento que trará retorno financeiro para todos da família. “É um valor bem alto, mas ele retorna rápido, porque com o galo conseguimos fazer inseminação e cada pintinho podemos vender por R$ 1 mil, sem contar na venda dos ovos. Então, valeu a pena mesmo a compra ter sido apenas de um galo. Não me arrependo não”, disse. Segundo o presidente da Associação Nacional de Amigos Criadores de Índios Gigantes (Anacig), Filipe Godinho, o galo é considerado o maior do Brasil da raça índio e de crista bola. Além dele, outros animais foram leiloados durante o evento, que reuniu mais de 100 criadores. A franga Kiara, por exemplo, foi vendida por R$ 72 mil durante o leilão.

05 Out 2017 - 17:00h

Em Minas Gerais, quatro crianças e uma mulher morreram queimadas na creche Centro Municipal de Educação Infantil Gente Inocente na manhã desta quinta-feira (5). Segundo informações da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, o guarda do local jogou álcool em algumas crianças e nele mesmo e, em seguida, ateou fogo. A professora morta na tragédia foi identificada como Heley de Abreu Silva Batista. De acordo com a assessoria do Hospital Regional de Janaúba, cerca de 40 pessoas deram entrada na unidade de saúde - 25 foram internadas com queimaduras e 15, que entraram em estado de choque, já foram liberadas. Entre os pacientes internados, 14 são crianças com idades entre quatro e cinco anos, com mais de 20% do corpo queimado. Também há funcionários da creche entre os feridos. Quinze pessoas respiram com a ajuda de aparelhos. O agressor, Damião Soares dos Santos, de 50 anos, é funcionário efetivo desde 2008. Ele está em estado grave no hospital, com queimaduras no corpo inteiro. A prefeitura de Janaúba decretou sete dias de luto oficial.

03 Out 2017 - 14:30h

Uma auditoria do Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) e levantamento do G1 apontam que, entre 2012 e 2017, o governo federal bloqueou R$ 2,24 bilhões do orçamento destinado a programas de prevenção a acidentes do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). O valor representa 95,21% dos R$ 2,36 bilhões arrecadados com esse objetivo. De acordo com o relatório de fiscalização, o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) prevê que 5% do dinheiro arrecadado com o DPVAT, o seguro obrigatório pago anualmente por todos os donos de veículos, devem ser destinados ao Denatran para uso exclusivo em ações de prevenção de acidentes. Mas, pelo menos desde 2012, o governo tem bloqueado o uso de parte destes recursos para atingir metas de economia, o que, para a CGU, é ilegal.

03 Out 2017 - 13:00h

Na manhã da última segunda-feira (2), a excursão da Achei Tour para a Aparecida e Canção Nova saiu da cidade de Brumado. Os devotos irão passar dois dias em Aparecida, com direito a um tour pela cidade santa, e um dia na Canção Nova, em Cachoeira Paulista. Os clientes apostaram na agência para fazer o roteiro de viagem, que possui um formato totalmente diferenciado e inovador. A Achei Tour pensou em todos os detalhes e preparou um pacote especial, que inclui transporte em ônibus leito com ar-condicionado, três diárias com café da manhã, almoço e jantar, quartos confortáveis, telefone e wi-fi, além de assistência a viagem e uma camisa padronizada. 

Animados, os devotos deram início à excursão na expectativa de conhecer um dos pontos de turismo religioso mais visitado do país. A Achei Tour fica localizada na Rua Ester Trindade Serra, 11-A, Bairro Jardim Brasil, em Brumado. Para maiores informações, ligue: (77) 3441-6027 / (77) 3425-6027 / (77) 99991-6027 / (77) 99963-6027. Acesse o site www.acheitour.com.br e confira os nossos pacotes de viagens.

03 Out 2017 - 12:30h

A policia descobriu, na noite desta segunda-feira (2), um túnel que levaria ao cofre principal do Banco do Brasil, na Chácara Santo Antônio, na Zona Sul de São Paulo, segundo informou o Jornal Nacional. Dezesseis pessoas foram presas em outro endereço, na Zona Norte da capital paulista, onde eles fabricavam as ferramentas para serem usadas na escavação. Segundo o delegado Fábio Pinheiro Lopes, que investiga o caso, a quadrilha foi monitorada por cerca de dois meses até os integrantes serem presos. O delegado informou que o túnel vinha sendo escavado há quatro meses e que foi concluído na quarta-feira (27). “Por isso resolvemos fazer a operação e prender quase todo mundo. Prendemos os líderes, se escapou algum [integrante] foi mão-de-obra”, disse Lopes. De acordo com o G1, a assessoria de imprensa do Banco do Brasil informou que vai colaborar com as investigações.

02 Out 2017 - 09:30h

Uma mulher reconheceu o filho dela em um vídeo que está circulando no WhatsApp sobre um assalto a uma loja de eletrodomésticos, no Centro de Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, e o denunciou à polícia. Após a denúncia, a polícia prendeu no domingo (1º) Glauber Alexandre Pedroso, de 18 anos, que estava escondido embaixo de uma cama. A mulher de 36 anos ligou para a Polícia Militar se dizendo disposta a entregar o filho dela, pois ele tinha cometido um crime. De acordo com o G1, na casa da família, no Bairro Jardim Icaraí, em Várzea Grande, a polícia a questionou sobre o crime que o filho dela estaria envolvido e ela disse que o jovem tinha participado de um furto na loja de eletrodomésticos, localizada na Avenida Alzira Santana, e que o reconheceu em um vídeo compartilhado pelo aplicativo de celular. Ela informou aos policiais que o filho estava em uma casa vizinha e passou o endereço. A polícia então foi até o endereço informado e o jovem tentou fugir, se escondendo debaixo da cama. Mas a PM o algemou e o levou até a delegacia, como consta no boletim de ocorrência. A mãe também foi até a delegacia para prestar depoimento como testemunha. No local, segundo a polícia, ela demonstrava profunda tristeza.