Achei Sudoeste

BUSCA PELA CATEGORIA "Bahia"

24 Abr 2019 - 11:30h

Uma menina de 6 anos foi internada no Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador, após ser espancada com um cabo de vassoura, na manhã desta terça-feira (23), na cidade de Lauro de Freitas, região metropolitana da capital. Segundo informações registradas no Posto da Polícia Civil do HGE, a diretora da Escola Catarina de Sena, que fica na localidade do Caji, percebeu que a menina andava com dificuldades. O irmão dela, que também é uma criança, informou que os dois foram agredidos pela mãe, Jeane Oliveira Santos. De acordo com a polícia, a menina foi socorrida pela coordenadoria do Centro de Referência Especializada da Assistência Social (Creas) e por um representante do Conselho Tutelar de Lauro de Freitas, que levaram a criança para a unidade médica. Segundo o G1, a polícia informou que a suspeita tem envolvimento com drogas. A criança foi diagnosticada com uma fratura óssea na perna. Conforme a polícia, até por volta das 16h, a mulher não havia sido presa. O caso é investigado na delegacia de Itinga, em Lauro de Freitas.

20 Abr 2019 - 07:45h

Uma criança de 10 anos foi baleada durante um assalto em um supermercado da cidade de Mascote, localizada na região sul da Bahia. O crime ocorreu por volta das 18h da quinta-feira (18) e foi registrado por câmeras de segurança do estabelecimento. De acordo com a polícia, dois homens chegaram em uma moto e entraram armados e usando capacetes no estabelecimento comercial. Eles anunciaram o assalto e recolheram celulares e uma quantia do caixa do supermercado. Ao saírem, no entanto, os suspeitos atiraram em direção às pessoas que estavam no local e um menino foi atingido na perna. De acordo com o G1, a vítima foi encaminhada para um hospital de Itabuna, entretanto não há informações atualizadas sobre o estado de saúde dela. Equipes da Polícia Militar foram encaminhadas ao local, mas os suspeitos já tinham fugido.

19 Abr 2019 - 06:25h

Um homem foi preso, nesta quinta-feira (18), suspeito de manter a companheira em cárcere privado, na cidade de Luís Eduardo Magalhães, no oeste da Bahia. De acordo com a polícia, Anísio Pereira, de 29 anos, foi detido após denúncia anônima. Na residência do casal, a polícia encontrou uma arma de fogo. A vítima, que não teve identidade divulgada, não prestou depoimento nesta quinta, mas informou a polícia que foi agredida fisicamente pelo marido. Segundo o G1, Anísio deve responder por cárcere privado, além de crime de violência contra a mulher. A polícia não detalhou se ele tinha autorização para portar a arma de fogo.

17 Abr 2019 - 10:30h

A Operação Semana Santa, realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) nas estradas federais que cortam a Bahia será iniciada à 0h de quinta-feira (18) e se estenderá até as 23h59 do domingo (21). Segundo a PRF, o objetivo é oferecer reforço concentrado no policiamento preventivo em locais e horários de maior incidência de acidentes graves e de criminalidade. De acordo com a PRF, o final de semana prolongado pelo feriado na sexta-feira (19) é marcado pelo aumento do fluxo de veículos e usuários circulando pelas rodovias federais. O uso abusivo de álcool é uma das principais preocupações do órgão. A PRF informou que, além da embriaguez ao volante, os esforços de fiscalização estarão voltados para coibir o excesso de velocidade, as ultrapassagens proibidas e o não uso do capacete pelos motociclistas. Também será dada atenção às fiscalizações que envolvem uso de cinto de segurança e falta do uso das cadeirinhas para crianças. Com o objetivo de aumentar a fluidez do trânsito nas rodovias de pista simples, que segundo a PRF corresponde à maior parte da malha viária estadual, o tráfego de caminhões bi-trens, veículos com dimensões excedentes e caminhões cegonha sofrerá restrição durante o feriado. Nos dias e horários de maior movimento, esses veículos não poderão transitar, independentemente de estarem carregados e mesmo que possuam Autorização Especial de Trânsito (AET).

16 Abr 2019 - 10:30h

Um idoso foi morto a golpes de facão no município de Serra Preta, na noite de sábado (13). O filho da vítima foi preso suspeito do crime. De acordo com a Polícia Militar, Francisco Santana, mais conhecido como Baldino, foi morto na fazenda Lajedinho, na zona rural da cidade. Ainda conforme a PM, o suspeito, identificado como Jardino de Jesus Santana, foi imobilizado por moradores e preso após a chegada da polícia. Segundo o G1, a arma utilizada para matar o idoso foi apreendida. A motivação do crime é desconhecida. O caso é investigado pela Polícia Civil.

15 Abr 2019 - 17:30h

A professora Marilene Batista, de 42 anos, achada morta dentro do quarto de uma pousada de Alagoinhas, foi vítima de feminicídio. De acordo com o G1, o crime chocou os moradores da cidade. Na última sexta-feira (12), ela foi morta com golpes de canivete no pescoço pelo ex-companheiro, Carlos Bonfim Queiroz, que se hospedou com ela no estabelecimento. Segundo a polícia, Carlos Bonfim teve o mandado de prisão temporária cumprido no domingo (14), em Alagoinhas, depois de ser localizado em um bar, no bairro Sítio Matias. De acordo com a titular da delegacia de Alagoinhas, Amanda Brito, que investiga o caso, Carlos confessou o crime e alegou que matou a ex-companheira por ciúmes. Segundo a polícia, Marilene foi assassinada enquanto estava dormindo. O homem foi levado pela Polícia Militar para a Central de Flagrantes de Feira de Santana. Ele será encaminhado para o sistema prisional, onde vai permanecer à disposição da Justiça.

15 Abr 2019 - 15:30h

O aumento no número de feminicídios no estado da Bahia nos últimos anos causou preocupação em dois ex-estudantes de uma escola da rede pública estadual, em Salvador, que se uniram para criar um aplicativo com o objetivo de incentivar mulheres a denunciar casos de violência. De acordo com o G1, a ferramenta, batizada de ‘Conscientizando’, está disponível para celulares com o sistema Android. Os idealizadores são Alan Robert do Carmo, de 18 anos, e Carlos Eduardo Soares, de 19. Os estudantes dizem que não houve na família deles nenhum registro de violência, mas que se mobilizaram pela quantidade casos que viram nos jornais nos últimos tempos. Ele e Carlos tiveram a ideia de criar o aplicativo quando cursavam o 3º ano do ensino médio no Colégio Estadual Sete de Setembro, no bairro de Paripe, no Subúrbio Ferroviário de Salvador. Eles se conheceram na própria escola. Eram de salas diferentes, mas viraram amigos. O app idealizado pelos dois completou um ano de existência em março deste ano.

12 Abr 2019 - 16:30h

A polícia apreendeu na BR-242, em Barreiras, oeste da Bahia, 1,2 tonelada de peixe que estava sendo transportado irregularmente. As informações são da Polícia Rodoviária Federal (PRF) que realizou a apreensão na noite de quinta-feira (11). De acordo com a PRF, a carga era de peixes das espécies tambaqui e pintado. O pescado estava em recipientes sem refrigeração e, além disso, o motorista da van não apresentou documentação de origem animal e nem de inspeção sanitária. A apreensão foi feita durante fiscalização de rotina no Km-800 da rodovia. A van, com placa do Rio de Janeiro, era conduzida por um homem de 59 anos. O motorista da van assinou o Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), se comprometendo a comparecer ao Juizado Especial Criminal, para responder pelo transporte inadequado da carga. Segundo a PRF, a mercadoria e o condutor foram apresentados a Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (ADAB).

12 Abr 2019 - 08:30h

Um deficiente visual morreu após um trator cair em uma ribanceira, na tarde de quarta-feira (10), na cidade de Camacan, no sul da Bahia. Segundo a Polícia Civil, a vítima estava na carona do equipamento, que fazia um serviço em uma fazenda da região. Segundo informações da polícia, o acidente aconteceu por volta das 13h30, no distrito de Novo Itamarati. Wallas Guerra dos Santos, bateu a cabeça no chão e morreu na hora. De acordo com a Polícia Civil, o motorista do veículo, que não teve a identidade revelada, perdeu o controle da direção e capotou. O maquinista ficou ferido e foi encaminhado para a Fundação Hospitalar de Camacan. Segundo o G1, a polícia informou que o corpo de Wallas Guerra foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Itabuna. Não há informações sobre o velório e o sepultamento da vítima.

11 Abr 2019 - 11:30h

Uma adolescente de 16 anos foi morta dentro da casa onde morava, após ser esfaqueada mais de 20 vezes pelo ex-padrasto de 56 anos, na zona rural de Campo Formoso, norte da Bahia, na segunda-feira (10). Conforme Edilzo Santana, delegado responsável pelo caso, após o crime, o homem cometeu suicídio. Ainda segundo o delegado, Charles Gomes Maia estava separado da mãe da adolescente e tentou uma reconciliação. Durante uma conversa com a ex, em uma das ruas do povoado, os dois acabaram discutindo. Momentos depois, Charles foi até a casa da ex e matou Ana Julia Maia Correia. De acordo com o G1, a polícia informou que Charles já foi ao local armado e encontrou a ex-enteada sozinha. O Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) foi até o local, mas quando chegou, já encontrou Ana Julia e Charles mortos. Os corpos foram encaminhados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) da região.

11 Abr 2019 - 10:30h

Ao menos 50 crianças de Salvador e do recôncavo baiano foram diagnosticadas nos últimos dias com a doença conhecida como “mão-pé-boca”, que causa aftas, febre e coceira na pele. Por conta dos casos, a Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal da Saúde de Nazaré, no recôncavo, trata o caso como surto. De acordo com a médica Rita Mira, a doença afeta principalmente as crianças e acontece de forma sazonal. “É uma virose que acomete muito mais as crianças, principalmente na sazonalidade. No inverno é pior, já que por causa das chuvas e do frio, as crianças ficam mais juntas e dissemina mais”, declarou a médica ao G1. A médica disse também que, apesar da quantidade de casos, e dos sintomas, a doenças é benigna. “Como toda virose, é transmitida pelo contato. O primeiro sintoma é a febre, a febre é muito alta. Há também muitas aftas. É uma doença benigna, mas precisa ter cuidado porque causa coceira”, disse.

10 Abr 2019 - 11:30h

De janeiro ate o início de abril desse ano, ao menos 12 pessoas morreram na Bahia em decorrência de ataques de animais peçonhentos, segundo dados divulgados nesta terça-feira (9) pelo Centro de Informação Antiveneno do estado (Ciave). Um dos casos ocorreu na última semana, quando um homem veio a óbito depois de ser ser picado por uma cobra-coral ao brincar com o animal em Caetité, na região sudoeste — o ataque foi registrado em um vídeo. Do total de mortes ocorridas esse ano no estado, dois foram em decorrência de ataques de serpentes. Os demais óbitos foram resultados de ataques e escorpiões (8), aranhas (1) e abelhas (1). De acordo com o G1, o Ciave afirma que o número de vítimas pode ser maior, porque as pessoas atacadas que evoluem a óbito antes de chegar a uma unidade médica não entram nas estatísticas do órgão. Em 2018, foram 65 mortes (15 por conta de ataques de serpentes, 32 devido a ataques de escorpiões, 13 por abelhas, duas por causa de aranhas e três devido a ataque de outros animais). O número de acidentes envolvendo animais peçonhentos registrados pelo Ciave, repassados pelos municípios, somam 6.358 no estado, de 1º janeiro de 2019 até esta terça-feira (9). Destes, 4.744 envolvem escorpiões, 614 envolvem serpentes, 214 com aranhas, 340 com abelhas e 446 com outros animais. Em 2018, o número de ocorrências foi de 26 mil, entre elas 20.521 envolvendo escorpiões, 2.429 envolvendo serpentes, 1.200 com abelhas e 1.001 com aranhas.

09 Abr 2019 - 09:30h

Uma menina de 11 anos foi morta a tiros após tentar defender a mãe, que foi agredida pelo pai, na noite de domingo (7), no povoado de São José de Itaporan, na cidade de Muritiba, no recôncavo da Bahia. Conforme a Polícia Civil, o irmão de Michele Magalhães Rodrigues, que tem 5 anos, também foi baleado e ficou ferido. O pai das vítimas, identificado como Lucival de Oliveira Rodrigues, conhecido como "Buti da Rifa", é o suspeito de cometer o crime e está foragido. De acordo com informações da polícia, Michele foi morta ao tentar defender a mãe, que não teve a identidade revelada. A mulher foi agredida a socos pelo marido. A Polícia Civil informou que Lucival Rodrigues agrediu a esposa após sentir ciúmes. As crianças, que estavam no imóvel, tentaram socorrer a mãe e foram baleadas. Michele morreu na hora e o menino foi socorrido e encaminhado para o Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus. Não há informações sobre o estado de saúde dele. Segundo a polícia, o corpo de Michele Rodrigues foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Santo Antônio de Jesus. Não há informações sobre o velório e o sepultamento da vítima. O caso foi registrado na delegacia de Cruz das Almas, responsável pelo plantão no final de semana e vai ser investigado pela Polícia Civil de Muritiba. A mãe da criança deve prestar depoimento nos próximos dias.

07 Abr 2019 - 08:15h

Mais de 80 aves silvestres foram resgatadas de um cativeiro na cidade de Pindobaçu, norte da Bahia. Os animais foram levados para o Parque Estadual de Sete Passagens, no município de Miguel Calmon, onde recebem cuidados. O resgate foi feito na sexta-feira (5), por agentes da Companhia de Polícia de Proteção Ambiental (Coppa) da Polícia Militar e do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema). Quatro homens, identificados como proprietários dos animais, foram notificados. As 81 aves eram das espécies Papa Capim, Coleira, Trinca Ferro, Azulão, Xexéu, Canário da Terra e Pássaro Preto. Depois de passarem por tratamentos e cuidados, eles serão libertados de volta à natureza.

07 Abr 2019 - 08:10h

Um homem de 52 anos foi preso em flagrante por aplicar um golpe conhecido como “Boa noite, Cinderela”, na cidade de Luís Eduardo Magalhães, oeste da Bahia, na sexta-feira (5). De acordo com a polícia, Marcos Ricardo de Castro drogava mulheres e as furtava, enquanto elas estavam desacordadas. No momento em que foi preso, ele estava com uma das vítimas próximo ao carro que ele usava para praticar o crime. A polícia não detalhou se a mulher estava acordada. A Polícia Militar disse ainda que ele é suspeito de ter cometido o crime várias vezes nos últimos 20 dias, na rodovia que interliga as cidades de Luís Eduardo Magalhães e Barreiras. Durante a abordagem policial, ele se identificou com uma Carteira Nacional de Habilitação falsa. Segundo o G1, ao consultar o nome verdadeiro dele na delegacia, os policiais constataram que Marcos tem um mandado de prisão por furtos e assaltos a mão armada no estado do Goiás e no Distrito Federal. Com Marcos a polícia apreendeu três celulares, R$ 567 em dinheiro, o carro em que ele estava com a vítima, cartões bancários em nome de terceiros,10 sacolas com roupas novas e uma porção de uma substância branca, que a polícia suspeita ser a droga que ele utilizava para dopar as vítimas.

06 Abr 2019 - 06:25h

Cinquenta e dois mil pés de maconha foram encontrados pela Polícia Militar na Ilha Idalina, que fica no Lago sobradinho, no município de mesmo nome, no norte da Bahia. O caso correu na quinta-feira (4). A plantação foi achada por homens das companhias independentes de Policiamento Especializado Caatinga e 96ª de Polícia Militar (Sobradinho), após investigações que foram iniciadas no ano passado, conforme a PM. Ninguém foi preso. Segundo Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), a plantação, com mudas de 30 cm e ainda em fase de desenvolvimento, renderia em fase final cerca de cinco toneladas de maconha. A erva era irrigada por gotejamento, com o apoio de um motor a gasolina. A droga foi destruída no local. De acordo com a PM, o local onde a droga foi plantada foi escolhido pelos criminosos devido à facilidade para manutenção da lavoura e dos obstáculos para o acesso da polícia. Também foram encontrados no local mantimentos e barracos. A suspeita é que, pelo menos, seis homens moravam na “roça” e cuidavam da plantação. “Utilizamos um drone, mas não conseguimos visualizar a área. Foi preciso a utilização de três barcos para que se percorresse as margens do lago até identificar a tubulação de irrigação”, detalhou ao G1, o comandante da Cipe/Caatinga, major Adriano Souza Dias, ex-comandante da 34ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), em Brumado.

04 Abr 2019 - 14:30h

O artista plástico Lêdo Ivo foi notificado pela Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano de Juazeiro, no norte da Bahia, após expor quatro esculturas criadas por ele, em alguns pontos da cidade, sem autorização. O material foi colocado nas ruas nesta semana, e chamou a atenção da população. Em um bairro, o artista instalou um grande ovo rosa. Em outro, um jumento branco, com cascos vermelho. Já em um terceiro ponto, foram colocados um lampião e um vaqueiro ao lado de uma criança. “Eu prefiro fazer na população, sugerindo locais que convenham à história e ao espaço daquele local, valorizando. É como se fosse uma consulta popular”, conta Lêdo Ivo. De acordo com o artista, a intenção era de as obras ficassem expostas para os moradores da cidade por seis meses. Contudo, em nota, a Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano informou que Lêdo deve remover o material até a quinta-feira (3).

Conforme a pasta, o artista deveria ter solicitado autorização para o uso do solo, antes de expor as esculturas, porque “existem regras e prazos a serem obedecidos para esta finalidade”. No comunicado, a Secretaria disse ainda que “o valor artístico das obras não está acima das leis de ordenamento urbano”. Lêdo contesta: “Minha obra é para ficar na rua. Eu tenho o direito, como artista, de investir neste espaço, e de me dirigir diretamente à população para perguntar: 'O que vocês pensam?'. E, depois, o poder público tá aí para pensar o que ele pense e tomar as atitudes que ele tenha para fazer. Mas eu acho que é desnecessário que a arte peça autorização para o poder público”. Questionado sobre a remoção das obras das ruas, o artista informou à reportagem, que está com problemas de saúde e não vai se pronunciar sobre o assunto no momento.

04 Abr 2019 - 07:30h

A mulher de 53 anos que foi presa por arremessar o neto, um bebê de dois meses, da janela da casa onde mora, disse à polícia ter cometido o crime por não gostar do namorado da filha. Familiares disseram à polícia que ela tem problemas psicológicos. O caso aconteceu na quarta-feira (3), no bairro de Cosme de Farias, em Salvador, após a suspeita chegar em casa e encontrar a filha com o namorado. A criança está internada em estado grave no Hospital Geral do Estado (HGE). Eli Machado de Souza foi levada para a Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Contra a Criança e o Adolescente (Dercca), por volta das 11h30. Em depoimento à delegada Simone Malaquias, plantonista da Dercca, a suspeita detalhou que estava na igreja e, ao chegar na residência, encontrou a filha com o rapaz. Ela disse que ficou revoltada com a situação por não gostar do rapaz e não concordar com o relacionamento, e resolveu jogar a criança da janela. À polícia, Eli Machado disse ainda que a filha e o namorado tentaram agredi-la com socos, depois que ela arremessou o bebê da janela. De acordo com a delegada, há conflitos no depoimento de Eli e de testemunhas do crime. A delegada informou ainda que Eli Machado será submetida a exames psicológicos e de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML) Nina Rodrigues. Testemunhas do crime e parentes da vítima já foram ouvidas. A mãe da criança ainda não prestou depoimento, porque acompanha o bebê, que está internado no HGE. De acordo com o G1, Eli Machado ficará detida na Dercca até a audiência de custódia, quando juiz vai determinar se a prisão em flagrante será convertida em prisão preventiva ou não. Ela deve ser autuada por tentativa de homicídio.

03 Abr 2019 - 16:30h

Um caminhão com carga de cigarros contrabandeados tombou na madrugada desta quarta-feira (3), na BR-116, trecho da cidade de Jequié, no sudoeste do estado. As informações são da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Após tombar na pista, o caminhão, com placa de São Paulo, ainda pegou fogo. Não há registro de feridos. O motorista do caminhão não foi achado no local do acidente e a polícia suspeita que ele tenha fugido. A PRF informou que, com o incêndio, parte da carga pegou fogo e outra parte foi saqueada. A polícia não tem detalhes das causas do acidente, mas também suspeita que o caminhoneiro dormiu ao volante. Alguns pacotes que não foram saqueados caíram na rodovia. O caminhão ficou destruído com o acidente.

03 Abr 2019 - 15:30h

Uma mulher foi presa após o cão farejador da polícia encontrar 160 Kg de maconha na casa onde ela estava, na cidade de Santo Estevão, na terça-feira (2). Conforme a Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP-BA), policias receberam denúncias anônimas e foram até a casa, na Avenida Cardeal da Silva. Após autorização da mulher, a polícia entrou no imóvel e fez buscas pelo local, onde encontrou, com ajuda do cão farejador, a substância em vários cômodos. Ainda segundo a SSP, a mulher e a substâncias foram encaminhados para a delegacia de Feira de Santana, cidade da mesma região. A Polícia Civil investigará o caso.