Achei Sudoeste

BUSCA PELA CATEGORIA "Brasil"

23 Out 2020 - 10:30h

Um menino de 14 anos morreu na noite de quarta-feira (21) após pegar o carro escondido dos pais e sofrer um acidente na BR-174, em Pontes e Lacerda, a 487 km de Cuiabá (MT). Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o adolescente estava sozinho no veículo, que foi parar embaixo do caminhão. O acidente foi por volta de 23h, no km 7, depois da ponte do Rio Guaporé. De acordo com a polícia, o motorista do caminhão afirmou que viu o carro se aproximando na contramão e que tentou evitar a batida. O carro conduzido pelo menino atingiu o caminhão de frente. O garoto morreu antes de ser socorrido. O motorista do caminhão não se feriu. A perícia esteve no local do acidente e colheu as primeiras informações. O acidente será investigado pela Polícia Civil, que vai apurar a responsabilidade dos pais do menino e como a vítima teve acesso ao veículo.

23 Out 2020 - 09:30h

O candidato a vereador Edilvan Messias dos Santos, o 'Vanzinho de Altos Mares' (PSD), foi preso com R$ 15,3 mil escondidos na cueca em Carira na quarta-feira (21). A informação da Polícia Militar é que a suspeita é de compra de votos. A PM foi informada que pessoas estavam em dois veículos, sendo um deles conduzido pelo candidato acompanhado pela companheira. Após abordagem, a polícia encontrou uma grande quantidade de material de propaganda eleitoral no carro. Ao revistar o candidato, segundo a polícia, foi encontrada uma sacola plástica guardada na cueca dele com células de dinheiro. “Segundo o suspeito, ele estava no povoado fazendo sua campanha eleitoral juntamente com o candidato a prefeito, que ainda informou que essa quantia em dinheiro era para comprar um veículo e que havia recebido esse dinheiro hoje no município de Itabaiana”, informou a comunicação da PM. Após o flagrante, o material foi apreendido e o a suspeito conduzido até a delegacia e liberado em seguida. Um inquérito foi instaurado pela Polícia Civil, que irá investigar o caso. O G1 tentou contato com o vereador, mas não teve retorno até a última atualização desta reportagem.

23 Out 2020 - 08:30h

O empresário Anízio de Faria se surpreendeu recentemente com um gesto de honestidade que vivenciou em Itapuranga, no centro goiano. Ele havia perdido a carteira com documentos e R$ 8 mil, mas a recebeu de volta, sem nada faltando, das mãos do cortador de cana Odair José Ferreira. Segundo Anízio, era fim da tarde de domingo (18) quando se sentou em um banco em frente ao seu supermercado e ali ficou pouco antes de ir embora para casa. Sem perceber, ele deixou a carteira “recheada” no local. “No outro dia de manhã, ele me chamou e me avisou que achou a carteira no banco. Ele viu nos documentos que era minha e me devolveu. Eu acho que é raro uma coisa dessas. Fiquei surpreso! Ele é um cara muito bom, um exemplo”, contou ao G1. Também de acordo com o empresário, foi um susto saber que havia deixado a carteira ali e que passou perto de ficar sem todo o dinheiro. “É um lugar muito movimentado de manhã, passa muita gente. Se tivesse perdido, estaria enrolado. Eu tinha muitos compromissos [de pagamento] para segunda-feira", completou, aliviado. Como Odair estava a caminho do trabalho, Anízio pediu para conversar com ele à tarde, porque queria agradecê-lo. “Eu ofereci para ajudá-lo de alguma forma [com dinheiro] como gesto de gratidão, mas ele não quis. Consegui dar as coisas para ele fazer um churrasco em casa. Foi um gesto de gratidão, mas ele merece muito mais”, concluiu.

21 Out 2020 - 16:30h

O percentual da população brasileira com mais de 20 anos considerada obesa mais que dobrou entre 2003 e 2019, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com o G1, o dado mais recente, divulgado nesta quarta-feira (21), aponta que, no ano passado, 26,8% dos brasileiros nesta faixa etária eram considerados obesos, enquanto o percentual era de 12,2% há 16 anos. No período, a prevalência da obesidade feminina passou de 14,5% para 30,2%, enquanto a masculina subiu de 9,6% para 22,8%. Os dados são parte da segunda edição da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), que investigou dois pontos: a prevalência da obesidade entre a população e o perfil dos que recorreram aos serviços de atenção primária em 2019 no Sistema Único de Saúde (SUS). A pesquisa foi conduzida por cerca de 1,2 mil entrevistadores do IBGE que tinham a previsão de visitar mais de 108 mil domicílios distribuídos em 2.167 municípios. Ela foi realizada em convênio com o Ministério da Saúde e em parceria com a Organização Internacional do Trabalho (OIT). No caso do comparativo sobre a obesidade entre 2003 e 2019, o IBGE considerou edições anteriores de outro levantamento, a Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF), que cobre o período citado.

18 Out 2020 - 07:10h

De acordo com o Ministério de Minas e Energia, o Brasil não terá horário de verão pelo segundo ano consecutivo. O instrumento foi encerrado pelo presidente Jair Bolsonaro no ano passo após um estudo do próprio ministério apontar que com o fim da mudança o consumidor teria uma economia de R$ 100 milhões. O Brasil teve horário de verão seguidamente entre os anos de 2008 e 2018, com o objetivo de economizar o consumo de energia em 10 estados que registram maior luminosidade entre outubro e fevereiro. No entanto, nos últimos anos, uma redução da economia gerada pela medida começou a percebida a partir de 2017, o que levou ao encerramento do horário de verão.

14 Out 2020 - 10:30h

Uma mulher foi morta no dia do seu aniversário pelo seu ex-companheiro, em Guaianases, na Zona Leste de São Paulo, na noite desta segunda-feira (12). Antes de fugir, o criminoso também matou a ex-sogra e esfaqueou outras três pessoas. De acordo com o G1, Nathalia Saldanha comemorava seu aniversário de 18 anos quando foi atacada com uma faca. O crime aconteceu quando o ex-namorado, com quem tinha uma filha de 2 anos, invadiu a festa. “Ninguém esperava que esse rapaz ia chegar um dia assim como de hoje e cometer esse ato criminoso. Porque ele não aceitava a separação da Nathalia de jeito nenhum, eles tavam cerca de um mês, mês e pouco separados, e ele tentava reatar de todo jeito e a família [dela] também não queria. Ele, tomado de uma fúria, veio e cometeu esse crime bárbaro”, contou o vizinho Jésse Silveira. Segundo vizinhos, o homem chegou armado com uma faca e começou a atacar as vítimas. Nathalia e a mãe chegaram a ser socorridas, mas não resistiram. O padrasto de Nathalia também foi socorrido com ferimentos graves, de acordo com as testemunhas. Outras duas pessoas receberam atendimento médico e tiveram alta. Uma das vítimas é uma criança de dez anos.

13 Out 2020 - 22:00h

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), sancionou com vetos, nesta terça-feira (13), o texto que muda o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). A sanção é feita depois de mais de um ano após a entrega do projeto que o chefe do Executivo fez, pessoalmente, ao Congresso. Entre outros itens do texto estão a dobra do limite de pontos para que o condutor perca a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), que passa agora para 40, e a ampliação para dez anos do prazo de validade do documento de condutores com menos de 50 anos. A nova lei entra em vigor em 180 dias e o texto deverá ser publicado no Diário Oficial da União desta quarta-feira (13). O presidente Bolsonaro anunciou apenas um dos vetos, durante uma live realizada nas redes sociais, nesta terça. Ele derrubou o trecho incluído pelo Legislativo envolvendo motociclistas, que poderiam trafegar entre veículos somente quando o trânsito estivesse parado ou lento. O projeto de lei com as mudanças nas normas do CTB foi entregue ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), em junho do ano passado por Bolsonaro. Desde então, o PL se converteu numa bandeira do mandatário, que defende regras menos rígidas para motoristas que tenham cometido infrações. O texto foi aprovado pelo Congresso no final de setembro. “O projeto foi votado na Câmara e no Senado, algumas coisas foram alteradas. Não era aquilo que nós queríamos, mas houve algum avanço. A intenção nossa era facilitar a vida do motorista”, declarou o presidente.

13 Out 2020 - 09:30h

Um procurado pela Justiça foi preso pela Polícia Civil de São Paulo após invadir uma audiência virtual e desafiar uma juíza, afirmando que nunca conseguiriam capturá-lo. De acordo com o G1, o acusado, de 25 anos, era procurado e tinha a prisão decretada por matar um policial militar durante um assalto em 2013 na capital paulista. Na quarta-feira passada (7), o homem invadir uma audiência virtual do Fórum da Barra Funda, localizado na Zona Sul de São Paulo, e desafiou a juíza do processo: “Podem mandar me mandar prender; vocês nunca me prenderam e acham que vão conseguir agora?”. A juíza pediu apoio ao Departamento de Operações Policiais Estratégicas (Dope) da Polícia Civil de São Paulo, que conseguiu recapturar o foragido na casa de um familiar na Vila Palmeiras, na região da Freguesia do Ó, Zona Norte da capital paulista. Ao ser abordado, o acusado tentou novamente fugir e resistiu à prisão, lutando com os policiais. O homem estava foragido desde 16 de setembro de 2013, quando uma quadrilha, formada por cinco pessoas, tentou roubar a moto de um PM de 42 anos. O policial reagiu e houve troca de tiros, mas acabou baleado e morreu.

13 Out 2020 - 08:30h

Uma inspetora da Polícia Civil foi filmada agredindo uma funcionária da pousada onde ela estava hospedada em Jericoacoara, no litoral do Ceará, no domingo (11). O vídeo, feito pela vítima da agressão, pode ser visto acima. De acordo a dona da pousada, Antônia Maria de Sousa, a agressão ocorreu após a funcionária, que não teve a identidade revelada, solicitar que a mulher usasse máscara dentro do estabelecimento. No vídeo, a funcionária caminha atrás da inspetora de polícia e narra o episódio, contanto que a mulher não quis usar o acessório. No momento da filmagem em que a agressora agride a funcionária, ela está usando máscara no rosto. O G1 tentou entrar em contato com a inspetora, mas as ligações não foram atendidas. Uma lei em vigor no estado do Ceará obriga o uso de máscara em locais públicos e privados, com multa de R$ 100 em caso de descumprimento. A praia de Jericoacoara, uma das mais procuradas por turistas do Ceará, esteve lotada neste fim de semana. Houve pelo menos três ocorrências de violência envolvendo policiais e diversas denúncias de descumprimento das normas sanitárias para evitar o contágio por coronavírus.

12 Out 2020 - 14:30h

Dez milhões de brasileiros ficam pelo menos um dia da semana sem comer. Com a pandemia, crise econômica e alta no preço de alimentos, a situação ainda deve piorar, segundo especialistas. Na semana em que o Prêmio Nobel da Paz foi entregue ao Programa Mundial de Alimentação da ONU, o programa Fantástico da Rede Globo mostrou como é a vida de quem não tem o que comer. Pessoas como Andressa Garcia Oliveira, moradora de Japeri, na Baixada Fluminense, que não tem comida para oferecer todos os dias aos sete filhos, são a razão de existir do ganhador do Nobel da Paz deste ano. O anúncio de que o prêmio iria para a agência da ONU que cuida de gente com fome surpreendeu a todos. Inclusive à própria WFP, sigla em inglês para o Programa Mundial de Alimentação. O WFP atende a 100 milhões de pessoas todos os dias com uma frota de 100 aviões, 40 navios, caminhões, helicópteros.

09 Out 2020 - 15:30h

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta sexta-feira (9) uma operação contra uma organização suspeita de contrabando de ouro da Venezuela para o Brasil, lavagem e envio de dinheiro para outro país sem declarar à Receita Federal. São cumpridos 18 mandados, sendo quatro de prisão preventiva, 11 busca e apreensão e três de sequestro de bens em Boa Vista. A operação conta com 60 policiais. Um libanês é apontado pela PF como o responsável pelo esquema. Dois irmãos dele, que vivem na Venezuela, ajudam a coordenar o grupo. Outros integrantes são responsáveis pelo transporte de ouro e pelas movimentações financeiras. Uma imobiliária no Centro de Boa Vista e uma casa, localizada no Bairro dos Estados, zona Norte, foram alvos da operação. Na residência, houve uma prisão e foi encontrado R$ 320 mil em espécie. As investigações seguem em andamento. Ainda de acordo com a PF, um dos suspeitos movimentou R$ 67 milhões no primeiro semestre de 2020. Empresas de fachada e laranjas são usados nas movimentações bancárias, além de saques de dinheiro em espécie. Entre março e fevereiro, foi enviado a Venezuela mais de R$ 10 milhões, entre dólares e reais. No mesmo período, o grupo recebeu mais de 50 kg de ouro, conforme o inquérito da investigação. Segundo a PF, o grupo usa compartimentos ocultos de veículos para receber o mineral da Venezuela. Os envolvidos no esquema também são suspeitos de comprar ouro ilegal da Guiana. A fundição do metal seria realizada pelo próprio grupo em Santa Elena de Uairén, município venezuelano que faz fronteira com Pacaraima, município ao Norte de Roraima. A operação é chamada de Dhahab, em referência a “ouro” em árabe. Conforme a PF, o termo também era usado pelos investigados.

09 Out 2020 - 10:30h

Uma adolescente de 14 anos foi vítima de um estupro coletivo no alto do Morro do Cantagalo, Rio de Janeiro. Segundo o site da revista Época, a menina teria sido violentada por cinco homens, sendo dois menores de idade, após ir a um baile funk. A Polícia Civil do Rio investiga o caso. De acordo com o relato da vítima, ela estava na festa e teria ingerido bebida alcoólica. A garota então teria perdido os sentidos e, ao acordar, estaria sendo violentada pelos cincos homens em uma laje. O caso aconteceu no último dia 26, mas só foi registrado pela mãe da adolescente na última segunda-feira (5), na 13a DP (Copacabana). O depoimento da jovem foi tomado na Delegacia de Criança e Adolescente Vítima (DCAV), seguindo o protocolo de atendimento às vítimas de violência sexual. O laudo feito pela menina no Instituto Médico Legal confirmou a violência sexual.

07 Out 2020 - 07:30h

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu alerta para o perigo de morte por hipertermia em partes do Centro-Oeste e do Sudeste, além de áreas do estado do Tocantins. O alerta vale até quinta (8) ou sexta-feira (9), dependendo da localidade. De acordo com o G1, a hipertermia é a condição caracterizada pela elevação da temperatura corporal quando o organismo produz (febre) ou absorve mais calor do que consegue dissipar.

06 Out 2020 - 16:30h

O caminho para alcançar um objetivo é diferente de uma pessoa para outra. Em cima de uma bicicleta, o roçador Edemilson Wielgosz, de 47 anos, sabe que o trajeto é desgastante, mas não impossível. Ele garante que os três filhos adolescentes não parem de estudar, mesmo sem computador, internet e morando distante do colégio. A família vive em um sítio às margens da BR-376, em Guaratuba, no litoral do Paraná. Edemilson pedala até Garuva (SC), município vizinho, todas as terças-feiras para buscar materiais e tarefas para que eles estudem em casa, durante a pandemia do novo coronavírus. O trajeto de ida e volta soma 28 km. “Estou lutando para dar dignidade a eles. Falta muita coisa e o que temos é simples, mas nunca faltou carinho e empenho. Já passamos por muitas dificuldades, ainda dói, mas desistir não é uma opção. Nunca foi”, disse o pai ao G1. O roçador estudou até a 4ª série e vê, nos filhos, a chance de não deixar se repetir o passado que teve. Ele conta que tem quatro filhos. A mais velha se casou e não mora mais com o pai e os irmãos. Com ele, ficaram Wellinton, de 16 anos, Amabili, de 14, e Nicole, de 12. “Amabili parece que quer ser policial, Wellinton quer ser caminhoneiro, e a Nicole quer ser professora. Dá um orgulho ver eles sonhando e acreditando em um futuro melhor, né. Se Deus quiser vai dar tudo certo”, afirmou o pai.

06 Out 2020 - 08:30h

Em 39 cidades brasileiras, os eleitores já sabem que terão uma mulher como prefeita no próximo ano. Dados analisados pelo G1 a partir do repositório do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que ainda passa por atualizações, indica que esses municípios terão apenas mulheres como candidatas à prefeitura. O número equivale a menos de 1% do total dos municípios. O percentual das cidades em que apenas homens concorrem, por outro lado, equivale a 60% do total. Algumas características chamam a atenção no grupo dos municípios com apenas mulheres na disputa. São cidades pequenas, com no máximo 45 mil eleitores (Camocim-CE) e mínimo de 2 mil eleitores (São José do Brejo da Cruz-PB). A maior parte está localizada em estados do Nordeste. Há municípios em que apenas uma mulher concorre ao cargo de prefeita. Caso os novos registros de candidaturas não alterem a base do TSE, a candidata Larissa (PSD), na pequena Tenente Ananias, no Rio Grande do Norte, não tem adversário político. Em Jurema, no Piauí, Kaylanne (MDB) também não vai precisar de muito esforço para convencer os eleitores, pois concorre sozinha. Basta seu próprio voto, aliás, para ser eleita. De acordo com o G1, na avaliação da professora de ciência política da Universidade de Brasília (UnB) Flávia Biroli, é preciso um estudo mais detalhado para descobrir por que apenas mulheres disputam as eleições nessas cidades. Ela vê como hipóteses um eventual histórico de liderança exercida pelas mulheres nesses locais ou mesmo o baixo interesse dos partidos por esses municípios.

01 Out 2020 - 16:30h

Pesquisa do Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe) encomendada pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban) indica que 86% dos internautas brasileiros têm algum tipo de preocupação com o conteúdo falso em mensagens chamadas de “fake news”. De acordo com o levantamento, divulgado nesta quinta-feira (1º): 54% dos entrevistados se dizem “muito preocupados”; 32%, “pouco preocupados”; Para 12%, as fake news não preocupam; 2% afirmaram que não sabiam ou não responderam. Entre os últimos dia 17 e 22, a pesquisa ouviu 3 mil pessoas com mais de 16 anos com acesso à internet em todas as regiões do país. A margem de erro máxima estimada é de 1,8 ponto percentual para mais ou para menos, com nível de confiança de 95,5%. Os percentuais que não totalizam 100%, segundo o levantamento, são decorrentes de arredondamento dos decimais ou de múltiplas alternativas de resposta. Com relação à checagem do conteúdo, 51% dos entrevistados disseram que sempre checam; 39% afirmaram que checam às vezes; 7% nunca checam. De acordo com o G1, a maioria dos entrevistados também afirmou que as autoridades não fazem esforços suficientes para combater as notícias falsas na internet e nas redes sociais.

30 Set 2020 - 15:30h

A Polícia Federal em São Paulo realizou nesta quarta-feira (30) uma operação para desarticular um esquema de lavagem de dinheiro do PCC, facção que atua dentro e fora dos presídios do país, feito por meio de postos de gasolina e uma distribuidora de combustível. A facção movimentou ao menos R$ 30 bilhões. De acordo com o G1, ao todo, 13 pessoas foram presas. Quatro delas em um hotel em Salvador e nove na capital paulista. Segundo a investigação, o principal alvo era a prisão de um homem conhecido como Alemão, cuja família é dona de cerca de 50 postos. As investigações também apontam o envolvimento dele com a morte de Rogério Jeremias de Simone, conhecido como Gegê do Mague, que foi um dos chefes da facção. Foram cumpridos 43 mandados de busca e apreensão em apartamentos de luxo e empresas. No estado de São Paulo, a operação ocorreu nas cidades de Bauru, Igaratá, Mongaguá, Guarujá e Tremembé. Também foram cumpridos mandados em Londrina e Curitiba, no Paraná; em Balneário Camboriú, em Santa Catarina; e em Salvador, na Bahia. Mais de 70 empresas são investigadas e foram interditadas. Dentre elas, está uma distribuidora de combustível. A Justiça determinou bloqueio de R$ 730 milhões de contas bancárias suspeitas. Também foi determinado o bloqueio de 32 automóveis, nove motocicletas, dois helicópteros, um iate, três motos aquáticas, 58 caminhões e 42 reboques e semirreboques, com valor aproximado de R$ 32 milhões.

30 Set 2020 - 11:30h

Um corpo foi encontrado durante as buscas em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, nesta terça-feira (29), vinte meses após o rompimento da barragem de Córrego do Feijão, da Vale, que matou 270 pessoas. Onze delas nunca foram encontradas. De acordo com o G1, um total de 59 militares e 128 máquinas participam da operação. O corpo foi encontrado em área batizada de Esperança II, a mais de 2 quilômetros de distância do local do rompimento. De acordo com o Corpo de Bombeiros, a probabilidade para encontrar vítimas no local é grande. Porém, ainda não há informações se o corpo é de uma das onze vítimas que continuam desaparecidas. No início do mês, as equipes localizaram uma caminhonete que era procurada pelo Corpo de Bombeiros desde o primeiro dia de buscas pelas vítimas do rompimento da barragem de Córrego do Feijão, em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

30 Set 2020 - 09:30h

Após questionar o aumento da pena para quem praticar maus-tratos contra cães e gatos em lives na Internet e chegar até a dizer que lançaria uma pesquisa com internautas sobre o assunto, o presidente Jair Bolsonaro disse nesta terça-feira (29) que jamais duvidou de que sancionaria o projeto de lei que elevou a pena para quem praticar esse crime para entre dois e cinco anos de reclusão. O projeto foi sancionado nesta terça-feira, sem vetos. “Eu nunca tive dúvidas se eu ia sancionar ou não até porque eu fiquei sabendo da aprovação do teu projeto pela primeira-dama (Michelle Bolsonaro). E ela perguntou em casa: “Já sancionou?” Eu falei: Você tá dando uma de Paulo Guedes que manda eu sancionar imediatamente os projetos que tem relação com a economia. O Paulo eu obedeço. Que dirá você”, disse Bolsonaro na cerimônia que marcou a sanção da lei. A declaração do presidente de que nunca teria “duvidado” de que sancionaria o projeto contrasta com o que ele disse há duas semanas durante uma transmissão na Internet. Segundo ele, não seria “fácil” decidir sobre sancionar o projeto ou não. “O que eu pretendo fazer, vou colocar no meu Facebook o texto da lei para o pessoal fazer comentários. Só deixo avisado, quem for para a baixaria é banimento. Pode reclamar, a pena é excessiva, é grande, tem que sancionar, tem que vetar. Porque não é fácil tomar uma decisão como essa daí”, disse o presidente na ocasião.

28 Set 2020 - 16:30h

As eleições de 2020 têm a maior proporção e o maior número de candidatos negros já registrados pelo TSE. Além disso, pela primeira vez desde que o tribunal passou a coletar informações de raça, em 2014, os candidatos brancos não representam a maioria dos concorrentes às vagas eletivas. Segundo dados do TSE coletados pelo G1 no início da manhã desta segunda-feira (28), cerca de 215 mil candidatos são pardos e aproximadamente 57 mil são pretos. Juntos, pretos e pardos são considerados negros, segundo classificação utilizada pelo IBGE. Assim, as eleições de 2020 têm cerca de 272 mil candidatos negros, o que representa 49,9% de todos os concorrentes. Já 260,6 mil candidatos se autodeclaram brancos, ou 47,8% do total. Além de ser a primeira vez que não representam mais da metade dos postulantes, esta é também a primeira vez que uma eleição tem mais candidatos negros que brancos. Nas últimas eleições municipais, em 2016, por exemplo, 52,4% dos candidatos eram brancos e 47,8% eram negros. Esta proporção é semelhante à encontrada nas eleições de 2018, quando 52,4% dos concorrentes eram brancos e 46,6% eram negros. Em 2020, porém, a conta se inverteu e os negros, mesmo não sendo maioria, representam mais candidatos que os brancos. Segundo dados do IBGE, 56,2% dos brasileiros são negros. Já os outros 42,7% são brancos. Por isso, mesmo com o aumento de negros entre os candidatos, ainda há subrepresentação no atual pleito. Essa representatividade fica ainda mais prejudicada quando os dados são analisados por cargo disputado. Isso porque os brancos ainda são maioria entre os candidatos para prefeito e vice-prefeito. Eles são 63% dos candidatos a prefeito e 59% dos candidatos a vice. Os brancos não são maioria apenas na disputa para vereador: 47%. Como há muito mais candidatos a vereador no país que candidatos a prefeito e vice-prefeito, esta disputa puxa o percentual de brancos para a média nacional de 47,8%, bem abaixo que as proporções encontradas entre os candidatos a prefeito e vice. A análise por partidos também mostra representações raciais bem diversas. Há partidos, como o PCO e o Novo, por exemplo, que têm mais de 80% dos candidatos brancos. Já menos de 30% dos candidatos do UP são brancos.