Brumado: Ex-vereador cobra ações em apoio dos produtores rurais

08 Set 2013 - 17:29h

Osmar Moura, ex-vereador brumadense, em entrevista ao site Brumado Notícias, fez um comentário diferente sobre a agricultura local. Para ele, a falta de investimentos no setor tem favorecido a criminalidade. “Nos últimos anos, Brumado não tem recebido, por parte dos administradores, atenção com a produção rural e com o homem do campo. E na verdade, isso ajudaria a combater a criminalidade”, asseverou Moura, sem explicar seu ponto de vista. De acordo com Osmar, o rebanho de caprinos já não existe no município e o de bovinos está indo pelo mesmo caminho. “Até a galinha caipira está sumindo na nossa região. Quem vê Brumado não sabe o que existe por dentro”, completou. Moura, que recentemente começou a cultivar algodão, afirmou não ter encontrado equipamentos para agricultura na cidade. “Isso é muito triste”, lamentou. Outra questão levantada por ele é o programa federal Garantia Safra, que serve para vender milho mais barato para o produtor. “Há dois anos era para o milho vir para Brumado, mas até hoje nada. Dizem que isso é por causa da falta de transporte, mas se vivemos em um governo democrático, porque não colocar um caminhão à disposição para trazer o milho para o agricultor?”, questionou. A solução para Moura é a Prefeitura Municipal se preocupar e arranjar uma forma de transportar o milho para Brumado. Sobre a seca, o ex-vereador disse também estar sofrendo seus efeitos. “Eu estava com 100 cabeças de gado, já baixou para 80. E a tendência é o gado acabar na região. Dos deputados federais votados em Brumado, nenhum se preocupou com a seca no município. Então não tem para onde o agricultor buscar socorro”, reclamou. Segundo Moura, quando os agricultores buscam os bancos, só encontram burocracia. “Já tem muita gente desejando a volta do regime militar, por que esse governo do PT não tem decisão e querem acabar com a classe do pequeno agricultor”, alegou.

Comentários

Zito Bomfim

"Até que enfim alguém diz que o governo Wagner não moveu uma palha no combate a seca na Bahia. Na nossa região no Povoado de Ourives precisamos de pequenas barragens no Rio das Contas, além da segunda etapa da barragem de Cristalândia, procura-se a CAR e é aquela velha politica, tem que ter o Prefeito a seu favor, o deputado e por aí vai e nada de solução..."



Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Achei Sudoeste. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias