Achei Sudoeste

14 Mai 2021 - 11:00h

Colaborada na Cooperativa dos Catadores de Materiais Recicláveis de Brumado, a dona Elza Maria acabou se ferindo com uma agulha durante a seleção dos materiais coletados nas ruas para reciclagem. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, ela relatou que a agulha estava na seringa dentro de uma caixa. “Coloquei a caixa no colo e a agulha feriu a minha perna”, contou. A catadora acredita que a agulha tenha sido descartada no lixo, irregularmente, por alguma farmácia ou clínica, tendo em vista a rua onde foi coletado. Após o incidente, ela procurou ajuda, realizou alguns exames, mas foi informada que deveria ir até a cidade de Vitória da Conquista tomar um antiviral. “Não fui porque não tive condições de comprar as passagens. Não tomei ainda”, disse, bastante emocionada. A catadora pede um auxílio da comunidade para obter os recursos necessários a fim de se deslocar ao município vizinho. Vale frisar que objetos perfurocortantes devem ser descartados de forma segura no lixo como, por exemplo, dentro de uma garrafa.

14 Mai 2021 - 10:30h

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou nesta quinta-feira, 13, o uso emergencial de mais um medicamento contra a Covid-19. Desenvolvido pela farmacêutica Eli Lilly, o medicamento usa a combinação de dois anticorpos monoclonais, o banlanivimabe e etesevimabe. Os anticorpos são versões das defesas naturais do corpo fabricadas em laboratório com o objetivo de combater infecções. Este é o terceiro medicamento aprovado pela agência. Em março, a Anvisa anunciou o registro do antiviral remdesivir. Já em abril, o Regn-CoV2, coquetel que contém a combinação de casirivimabe e imdevimabe, foi aprovado para uso emergencial no país. A aplicação é intravenosa e o tratamento deve ser iniciado após o teste viral positivo para a Covid-19 e dentro de 10 dias do início dos sintomas. O uso é restrito a hospitais e a venda é proibida ao comércio. Já a incorporação no Sistema Único de Saúde (SUS) depende da avaliação do Ministério da Saúde. Segundo a Anvisa, o tratamento é indicado para adultos e pacientes pediátricos (com 12 anos ou mais que pesem no mínimo 40 kg) que não necessitam de suplementação de oxigênio, com infecção por SARS-CoV-2 confirmada por laboratório e que apresentam alto risco de progressão para Covid-19 grave. O medicamento não é recomendado para pacientes graves.

14 Mai 2021 - 10:00h

Segundo informações da 46ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), um homem foi preso na quinta-feira (13) por comercializar drogas na cidade de Livramento de Nossa Senhora, a 68 km de Brumado. Dois homens a bordo de uma moto foram avistados em atitude suspeita na Av. Presidente Vargas. Durante a aproximação da polícia, eles abandonaram o veículo e um dos indivíduos conseguiu fugir. Com outro, alcançado pelos policiais, foram encontradas 300 gramas de substância análoga à maconha. Em sua residência, a polícia também localizou mais quantidade considerável de droga. O indivíduo encontra-se na delegacia territorial para adoção das medidas cabíveis.

14 Mai 2021 - 09:30h

Policiais da Rondas Especiais (Rondesp) Chapada apreenderam, na quarta-feira (12), na cidade de Mucugê, na Chapada Diamantina, maconha, cocaína e outros acessórios utilizados no comércio ilegal de drogas. Um homem acabou capturado. Uma denúncia anônima levou as equipes até a rua Antônio Pina Medrado, próximo ao posto de saúde, onde um homem foi flagrado com porções de entorpecentes. Segundo o major Eduardo Neves, comandante da unidade, a mãe do suspeito se aproximou dos policiais e contou que o mesmo apresentava um comportamento estranho e que poderia ter mais drogas em sua casa. “Autorizados pela proprietária, as equipes fizeram a varredura no imóvel e encontraram uma sacola no quintal com mais ilícitos”, explicou o oficial. Foram localizados 15 pacotes de diferentes tamanhos de maconha, 13 papelotes de cocaína, quatro cartões de crédito, uma balança, dois celulares e R$ 160. O homem foi conduzido à Delegacia Territorial de Seabra.

14 Mai 2021 - 09:00h

Em patrulhamento nas proximidades da Fazenda Jacaré, na zona rural de Brumado, uma guarnição da 34ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) localizou uma motocicleta abandonada em um matagal. O fato aconteceu na quarta-feira (12), por volta de 10h20. Ao se aproximar, os policiais constataram que o veículo não possuía placa de identificação e alguns acessórios estavam danificados. No Sistema de Mobilidade Policial (MPO), a polícia verificou que se trata da motocicleta Honda CG 125 Fan, que havia sido furtada no Bairro São Félix. A guarnição conduziu o veículo até a delegacia para adoção das medidas cabíveis e posterior devolução ao proprietário.

14 Mai 2021 - 08:30h

O prefeito do município de Bom Jesus da Serra, Jornando Vilasboas Alves (PP), o Jornandinho, foi acusado de improbidade administrativa pelo Ministério Público estadual (MP-BA) em ação civil pública ajuizada na última quarta-feira (12) pelo promotor Ruano Leite. Segundo a ação, o prefeito fez “perseguição política” contra 18 servidores municipais, por meio de remoção indevida de um deles e redução em até 70% das remunerações dos outros, sem oferecer direito a ampla defesa. O promotor aponta que, de acordo com a apuração, a “perseguição” foi uma “retaliação às orientações políticas” dos servidores, que não teriam apoiado a candidatura do prefeito. O MP-BA solicitou à Justiça, em decisão liminar, que seja determinado o retorno do servidor removido e suspenda os efeitos dos decretos municipais 126 e 130 de 2021 que suprimiram benefícios econômicos dos servidores. Segundo o promotor, os decretos são nulos e têm “vícios de objeto, motivo e forma”. “O MP-BA chegou a expedir recomendação ao prefeito para que reconhecesse a nulidade dos atos administrativos, no entanto a Prefeitura não atendeu o recomendado, nem encaminhou documentos que justificassem a publicação dos decretos e comprovassem a alegação de que os servidore teriam sido beneficiados pelo governo anterior com vantagens indevidas”, diz o órgão. Na ação, o promotor pede a decretação da nulidade dos atos sem prejuízo de procedimento administrativo, desde que assegurado o direito de ampla defesa, para apurar eventuais concessões excessivas de vantagens. Também foi solicitada a condenação do prefeito por ato de improbidade administrativa, com suspensão dos direitos políticos e outras sanções previstas em lei.

14 Mai 2021 - 08:00h

A família de Maria Vitória de Jesus, 65 anos, moradora de Vitória da Conquista, a 132 km de Brumado, tenta provar que ela está viva para que ela possa receber os benefícios sociais que têm direito por parte do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Segundo a família, em 2005 eles descobriram que uma mulher, com o mesmo nome e sobrenome da idosa, deu entrada no Benefício de Prestação Continuada (BPC) junto com o CPF de Maria Vitória de Jesus. “A gente ficou sabendo, em 2005, quando uma carta de concessão chegou no nosso endereço, alegando que ela [a idosa] tinha dado entrada no BPC. Como na época ela só tinha diabete, não tinha deficiência, o que dizia na carta, nós procuramos o INSS para justificar que não era ela”, diz Adriana Almeida, filha de Maria Vitória ao G1. Segundo Adriana, a mulher que se passou por Maria Vitória pegou a certidão da idosa no cartório e tirou a 2ª via de documentos. Ela relata que além do INSS, procurou também o Ministério Público, Defensoria Pública, Polícia Federal e Polícia Civil. Após ter feito o Boletim de Ocorrência, Adriana encontrou a Maria Vitória que utilizou os documentos da mãe dela. Na ocasião, a mulher disse que iria solicitar novos documentos no cartório, o que não aconteceu. Em 2013, a mulher faleceu sem antes ter trocado os documentos. A família de Maria Vitória de Jesus, a idosa que está viva, só soube da morte em 2014, quando a verdadeira Maria teve um AVC e perdeu os movimentos. Em 2017, a família de Maria Vitória conseguiu dar entrada no BPC. Ela recebeu o benefício por quase dois anos, mas até julho de 2019, o benefício foi suspenso por suspeita de fraude. O CPF de Maria Vitória continuava vinculado ao da mulher que faleceu em 2013. Com isso, a idosa perdeu o direito aos benefícios e não tem acesso ao cartão do Sistema Único de Saúde (SUS). Em nota, o INSS informou que em primeiro momento, o cartório excluiu a certidão de óbito de Maria Vitória depois que ela realizou a prova de vida na agência, e por isso o benefício foi concedido. Porém, depois de alguns meses, o cartório informou novamente que o CPF dela estava vinculado a uma pessoa que tinha morrido, por isso o benefício voltou a ser suspenso. Enquanto a situação não é resolvida, Adriana relata que a família tem enfrentado dificuldades financeiras. Segundo a família, para a situação ser resolvida, é preciso que o cartório exclua o CPF da idosa da certidão de óbito, o que, segundo o cartório de registro de pessoas naturais do segundo ofício, só pode ser feito por uma decisão judicial.

14 Mai 2021 - 07:30h

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), demonstrou preocupação com a situação da pandemia no estado. De acordo com ele, observou-se nos últimos dois dias um aumento na procura por atendimento em gripários da capital baiana, o que acendeu o “sinal amarelo” para a possibilidade de um novo repique da crise sanitária. Outro fator que deixa o governo em atenção é a estabilização, em patamares altos, da quantidade de casos ativos da doença. “Estamos com 15 mil contaminados. Nos preocupa essa resistência dos números em cair. Em dois dias seguidos, percebemos aumento no número de pessoas procurando atendimento nos gripários aqui na capital baiana. A qualquer momento, pode haver nova onda. Nos preocupa muito o que pode acontecer a partir daí”, disse o governador, em entrevista ao Bahia Meio-Dia. Diante da situação, Rui voltou a dizer que “não há nenhuma hipótese” de realização de festas juninas como o São João e o São Pedro este ano. Os indícios de novo aumento na quantidade de casos da Covid-19 surgem em meio à retomada das atividades comerciais no estado. Salvador, por exemplo, entrou nesta quinta-feira (13) na fase amarela do plano, que amplia o horário e a quantidade de atividades em funcionamento. Com o cenário, Rui voltou a pedir que a população tome os cuidados necessários para evitar a contaminação. “Faço esse pedido, esse alerta, para a população, para os comerciantes, os empresários, para que a gente não volte a agravar a situação e precise fechar tudo novamente”.

14 Mai 2021 - 07:00h

O Centro Universitário UniFG terá um polo presencial na cidade de Paramirim como extensão do curso de Medicina instalado em Brumado. O anúncio da parceria com a UniFG foi feito pelo vice-prefeito João Ricardo Brasil Matos (PSB). Segundo ele, o vestibular deverá ser realizado já no mês de junho. O curso trará inúmeros benefícios para o município, a exemplo de melhorias nos serviços de saúde, oportunidades para profissionais locais e investimentos no hospital municipal, que ganhará com aportes da instituição. Para Matos, a parceria marca um novo momento para a educação em Paramirim. Além disso, o projeto de instalação da Faculdade Independente do Vale do Paramirim (FAIVALE), cuja documentação de registro se deu em 2018, aguarda tramitação para concessão de credenciamento junto ao Ministério da Educação (MEC). 

14 Mai 2021 - 00:00h

No último sábado (08), o presidente do Conselho Municipal de Segurança (Conseg) de Brumado, Glauber Bacelar, foi conduzido à delegacia por três policiais militares após uma ocorrência de acidente de trânsito. O acidente envolveu o irmão do conselheiro, que teve o carro atingido na traseira. O mesmo teria ligado para o irmão solicitando ajuda para lidar com a situação. Segundo apurou o site Achei Sudoeste, o próprio Glauber teria acionado o Centro Integrado de Comunicações (Cicom) pedindo apoio policial para realizar os procedimentos de praxe. Porém, durante o registro do acidente, o conselheiro teria questionado a forma como os soldados estavam lidando com o caso. Ao argumentar com os policiais, ele recebeu voz de prisão e foi conduzido na viatura, sem algemas, à delegacia acusado de desacato. De acordo com o registro feito pelos policiais militares, o conselheiro os chamou de “soldadinhos de merda”. Bacelar rebateu a alegação dizendo que apenas buscou orientar os soldados acerca dos procedimentos a serem adotados. Em sua defesa, também apontou que as próprias jovens envolvidas no acidente confirmaram em seus depoimentos que ele não teria ofendido os policiais. Para Bacelar, o caso é um fato isolado de abuso de autoridade. O presidente já está tomando as medidas cabíveis para que o mesmo não ocorra com outros munícipes.

13 Mai 2021 - 19:45h

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), arquivou a investigação sobre cheques de Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) na conta da primeira-dama Michelle Bolsonaro. As informações são do jornal o Globo. O arquivamento foi feito após parecer da Procuradoria-Geral da República (PGR), que afirmou “não haver indícios do cometimento de crime”. “Considerada a manifestação do Ministério Público, mediante ato do Órgão de cúpula, arquivem”, determinou o decano do STF. De acordo com Aras, os argumentos contra Bolsonaro “são inidôneos, por ora, para ensejar a deflagração de investigação criminal, face à ausência de lastro probatório mínimo”. O pedido de investigação pelo Supremo foi feito em 2020 pelo advogado Ricardo Bretanha Schmidt. Em uma notícia-crime enviada ao STF, o advogado citou matérias jornalísticas que revelavam, com base na quebra do sigilo bancário de Fabrício Queiroz — ex-assessor de Flávio Bolsonaro apontado pelo MP como operador do esquema de rachadinha no gabinete do então deputado estadual na Alerj —, que o ex-assessor depositou R$ 72 mil na conta de Michelle Bolsonaro, de 2011 a 2016. Os extratos bancários mostram que pelo menos 21 cheques foram depositados na conta de Michelle. Ela recebeu de Queiroz três cheques de R$ 3 mil em 2011, seis cheques no mesmo valor em 2012 e mais três de R$ 3 mil em 2013. Em 2016, foram mais nove depósitos, totalizando R$ 36 mil. Segundo a “Crusoé”, os cheques foram compensados em 25 de abril, 19 e 23 de maio, 20 de junho, 13 de julho, dois em 22 de setembro, 14 de novembro e 22 de dezembro.

13 Mai 2021 - 19:40h

Nesta quinta-feira, 13 de maio, o município de Brumado registra 8333 casos confirmados da Covid-19, o novo coronavírus. O total de notificações suspeitas é de 19282. Entre os diagnósticos: 17 internações, 169 óbitos, 238 pacientes em tratamento e 7926 recuperados. No momento, 77 ainda aguardam resultado laboratorial e 10473 já foram descartados. As notificações suspeitas abrangem pacientes com quadros de síndromes gripais diversas, dentre os quais alguns se encaixam nos critérios para realização do exame RT-PCR ou via teste rápido. Estes últimos estão sendo usados de forma criteriosa, em casos excepcionais, como estratégia para ampliar e tornar mais eficaz o enfrentamento à pandemia no município.

13 Mai 2021 - 16:30h

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) se referiu ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) como “ladrão de nove dedos” durante discurso em cerimônia de entrega de casas populares em Alagoas nesta quinta-feira, 13. As informações são do Jornal A Tarde. A fala acontece um dia após a pesquisa Datafolha apontar que Lula vence Bolsonaro em um eventual segundo turno das eleições presidenciais em 2022 (veja aqui). Ao lado do presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, Bolsonaro afirmou que “a Caixa com o ladrão de nove dedos dava prejuízo. Agora, em nosso governo, traz mais do que lucros, traz benefícios ao povo brasileiro”. Segundo a pesquisa do Datafolha, Lula aparece com 41% das intenções de voto no primeiro turno, contra 23% de Bolsonaro. Em um eventual segundo turno entre o petista e o atual presidente, Lula abre vantagem, com uma margem de 55% a 32%. O presidente foi à Alagoas acompanhado do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, e dos ministros Tarcísio de Freitas (Infraestrutura), Gilson Machado (Turismo), João Roma (Cidadania), e do presidente da Caixa, Pedro Guimarães. O senador Fernando Collor também esteve presente na cerimônia. “Arthur Lira está na Câmara pela graça de Deus e tem sido excepcional naquilo que o legislativo tem pedido”, disse Bolsonaro. O presidente também afirmou que é “um prazer redobrado estar ao lado de Collor”.

13 Mai 2021 - 16:00h

Em Barra da Estiva, a 123 km de Brumado, na quarta-feira (12), faleceu vítima de complicações provocadas pela Covid-19 Amadeu Carvalho de Oliveira, 57 anos, o popular “Baixinho”. Quinze dias antes ele havia perdido o filho para a doença. O drama da família causou grande comoção na comunidade. Baixinho era querido por todos, exemplo de homem trabalhador e cidadão honesto. Outros familiares também contraíram o vírus, mas conseguiram se recuperar. Baixinho foi a 13ª vítima da Covid-19 no município, onde sete pessoas seguem hospitalizadas.

13 Mai 2021 - 15:30h

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e membros do primeiro escalão do governo federal poderão ter até 69% de aumento no salário após edição de regra que autoriza uma parcela de servidores a receber mais do que o teto remuneratório constitucional. A medida deve beneficiar Bolsonaro, o vice-presidente Hamilton Mourão, ministros militares e um grupo restrito de cerca de mil servidores federais. A depender da função, os rendimentos podem chegar a mais de R$ 66 mil mensais. A portaria que autoriza o aumento passou a valer neste mês e terá efeito sob os pagamentos que serão realizados no mês de junho. Na edição, cria-se uma espécie de teto duplo, no qual aposentados e militares inativos que retornaram à atividade no serviço público poderão receber ambos rendimentos. A Constituição define que a remuneração máxima para cargos públicos, pensões e outras vantagens deve ser inferior ao de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), atualmente em R$ 39.293,32. De acordo com cálculos divulgados pela Folha de S.Paulo, Bolsonaro terá um aumento de 6% no salário, passando de 39,3 mil para R$ 41,6 mil. Já o vice-presidente Hamilton Mourão, que é general da reserva, terá um aumento bruto de 62% indo de R$ 39,3 mil para R$ 63,5 mil. O gasto anual estimado com os aumentos seria suficiente para pagar 66 mil beneficiários do auxílio emergencial no valor de R$ 250 por quatro meses.

13 Mai 2021 - 15:00h

Na última quarta-feira (12), a cidade de Piatã, na Chapada Diamantina, chegou a registrar 10°C. Para o final de semana, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) prevê que deve continuar fazendo bastante frio no município, mas sem previsão de chuva. Piatã poderá registrar mínima entre 11°C e 14°C nos próximos dias. A meteorologia aponta ainda muitas nuvens e céu encoberto. A máxima, por sua vez, deve variar entre 24°C e 29°C.

13 Mai 2021 - 14:30h

Um homem de 54 anos foi preso após ser flagrado em carro de luxo dado como roubado, na quarta-feira (12), no km-800 da BR-242, município de Barreiras, localizado no oeste da Bahia. A informação é da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Segundo a PRF, o carro foi abordado em fiscalização e, durante a vistoria, os policiais perceberam indícios de adulterações nos elementos identificadores do veículo. Após análise mais detalhada, foi constatado que o veículo tinha ocorrência de roubo e que estava com placas de outro veículo de mesmas características, registrado em Feira de Santana. Os policiais informaram que o motorista informou que teria pego o veículo na terça-feira (11), na cidade de Luís Eduardo Magalhães, localizada também no oeste do estado. Ainda segundo a PRF, o homem foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil onde vai responder pelo crime de receptação.

13 Mai 2021 - 14:00h

O Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) está ofertando 44 cursos online de gratuitos em Brumado. A informação foi divulgada pela instituição de ensino. De acordo com o CEEP, devido a pandemia de Covid-19, a unidade segue contribuindo para que os alunos não saíam de casa. Os cursos são em diversas áreas e cargas horárias para alunos e ex-alunos do ensino médio. Para realizar a inscrição é necessário acessar o site da secretaria de educação da Bahia e preencher o formulário de no programa “Educar para Trabalhar” até o dia 19 de maio (clique aqui). Para maiores informações, ligue: (77) 3441-5066 / (77) 3441-5044.

13 Mai 2021 - 12:00h

O Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) propões Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa contra a ex-prefeita da cidade de Malhada de Pedras, Terezinha Baleeiro (PP). Segundo o órgão, a ação consiste nas nomeações de servidores temporários fora das hipóteses constitucionais, sem o necessário prévio concurso público, bem como por deixar de dar publicidade aos atos de nomeação, violando princípios da Administração Pública. A apuração constatou que a então prefeita promoveu a contratação ilegal, sem concurso público ou qualquer processo seletivo publicizado, de cerca de 100 (cem) pessoas para atuarem na Administração Municipal, violando os princípios administrativos e causando possível lesão ao erário. Ante o exposto, o Ministério Público do Estado da Bahia, requer: a condenação da acionada nas sanções previstas no art. 12, inciso III, da Lei nº 8.429/92; ou seja, ressarcimento integral do dano, se houver, perda da função pública, suspensão dos direitos políticos de três a cinco anos, pagamento de multa civil, que deve ser fixada em seu grau máximo (cem vezes o valor da remuneração percebida pelo agente), considerando a reiteração do mesmo ato do acionado, e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de três anos.

13 Mai 2021 - 11:30h

O Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), por meio da promotora de Justiça Daniela de Almeida, denunciou, na terça-feira (11), o motorista do carro envolvido em um acidente que matou o major da PM, Nivaldo Góes de Oliva Júnior, de 48 anos O acidente ocorreu no município de Cândido Sales, na região sudoeste da Bahia (veja aqui). De acordo com o MP-BA, o homem foi identificado como Lázaro Almeida Lima e foi denunciado por homicídio culposo na condução de veículo automotor. Ainda de acordo com o órgão público, o denunciado estaria sob a influência de bebida alcoólica no momento do acidente, quando invadiu a pista contrária e colidiu com a motocicleta do major. Segundo a denúncia, Lázaro Almeida estava com a carteira de habilitação vencida desde 2017. No dia do acidente, ele voltava de um bar onde teria consumido bebida alcoólica, quando a uma velocidade de aproximadamente 100 km/h - em um trecho onde o limite era de 80 km/h - atingiu a moto do major. Ainda segundo o MP-BA, Lázaro seguia com um carona no veículo. Após a batida, ambos foram socorridos e levados para o Hospital Geral de Vitória da Conquista, também no sudoeste do estado, onde permaneceram até as 2h do dia 18 de abril. No entanto, o teste de bafômetro, feito no momento da alta médica, mais de sete horas após o acidente, confirmou que o homem havia ingerido bebida alcóolica.