Brasileira alcança recorde de velocidade de internet em fibra óptica

08 Set 2020 - 15:30h

Uma conexão tão veloz que baixaria mil filmes em alta definição, cada um no tamanho de um disco Blu-ray (25 GB), em apenas um segundo. Foi isso o que uma pesquisadora brasileira em Londres conseguiu ao estabelecer o recorde de transmissão de internet por fibra óptica, que chegou a 178,08 Tb/s (terabits por segundo) em uma distância de 40 km. De acordo com o G1, a pesquisa foi realizada durante dois anos por cientistas University College de Londres (UCL), com a liderança da engenheira brasileira Lídia Galdino. O avanço tem o potencial de alimentar a próxima geração de internet móvel, o 5G, além de acelerar a troca de dados em outras aplicações. A velocidade chega perto do limite teórico de transmissão de dados definido pelo matemático Claude Shannon em 1949. O estudo foi publicado na edição de julho na revista “IEEE Photonics Technology Letters”. A conexão estabelecida pelos pesquisadores é em média três vezes mais rápida do que as melhores conexões por fibra disponíveis comercialmente nos dias de hoje (60 Tb/s) e um quinto mais rápida do que o recorde anterior, obtido por pesquisadores no Japão (150 Tb/s).

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.


Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Achei Sudoeste. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias