Brumado: MP cobra solução de captação irregular de água no Distrito de Cristalândia

04 Dez 2020 - 12:00h

Em medida divulgada nesta quinta-feira (03), a primeira promotoria de Brumado cobrou a identificação de propriedades rurais acusadas de captação irregular de água no Rio de Contas. Um inquérito, iniciado em 2017, apura a conduta irregular, motivo da falta de abastecimento no distrito de Cristalândia, em Brumado. O fato veio a público após uma vereadora do município ter apontado o desabastecimento continuado no distrito. Um ano depois, em 2018, um relatório feito pela secretaria de meio ambiente local identificou diversos motores elétricos ao longo do Rio de Contas. Os equipamentos serviriam à irrigação irregular de plantio comercial de frutas. O relatório também informou que a captação irregular era estimulada por não haver solicitação de licenciamento ou outorga ambiental para plantio à margem do rio. Além de endereçar pedido à secretaria de meio ambiente de Brumado, o promotor Millen Castro também cobrou ações do Inema [Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos]. Ele pediu que o instituto intervenha no caso, fazendo com que as propriedades interrompam a captação irregular.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias