Covid-19: Hospital das Clínicas de Conquista destaca os 40 dias de luta do empresário brumadense Cidemar Aguiar

20 Jan 2021 - 00:00h

A expectativa dos que esperavam era grande na tarde do último sábado (16). Com cartazes, flores, balões, fé e muita alegria a família de Cidemar da Silva Aguiar, de 41 anos, veio de Brumado para alta do empresário do ramo de supermercados que esteve internado no Hospital das Clínicas de Conquista (HCC) por 40 dias com Covid-19 e, depois de 2 intubações, venceu o vírus e teve alta (veja aqui). Geisa, a esposa de Cidemar, se agarrou a fé durante todo período da internação. Para ela a recuperação do marido é um milagre. Milagre que ela, as filhas e demais familiares estamparam nas camisetas para vir recepcioná-lo no dia da alta. Mas além de fé, Geisa tem consciência. Ao falar da graça de seu marido ter recuperado a saúde, aproveitou para lembrar a todos que a pandemia ainda não acabou. Afirmou que a Doença é grave e que só quem passa por essa situação é que tem a real dimensão do problema. Que muitas vezes as pessoas vêem na TV e acham que nunca acontecerá em suas famílias. E quando acontece, arrependem-se de não ter levado a sério as recomendações básicas.

A filha do empresário, Júlia de 14 anos, era uma das mais ansiosas para receber o pai. Ela também conviveu com o medo durante todo o período do internamento e quando questionada sobre o que falaria para as pessoas que estão circulando nas ruas achando que a pandemia já acabou, mandou um recado: “Essas pessoas precisam se conscientizar! Não é brincadeira! Essas pessoas não estão sabendo o poder dessa doença. E infelizmente a gente só sabe quando a gente sente na pele”. Quando Cidemar recebeu alta, seus familiares agradeceram e rezaram. Seu irmão Silvio, agradeceu a Deus, a equipe do hospital HCC e lembrou da força da família pra vencer mais essa batalha. Depois disso, o empresário seguiu de volta pra casa. Mas sua luta deixa claro a todos nós que a doença é grave. Que a pandemia ainda não terminou, e que para evitar que nossas famílias tenham de passar por essa experiência temos de continuar a seguir as regras básicas de prevenção ao Corona Vírus: usar máscara, higienizar as mãos e manter o distanciamento.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

mais notícias