Achei Sudoeste

BUSCA PELA CATEGORIA "Chapada Diamantina"

21 Nov 2019 - 16:30h

Um incêndio de grandes proporções atingiu o Vale dos Três Morros, localizado no município de Piatã, na Chapada Diamantina, e destruiu uma área de vegetação, nesta semana. Segundo o coordenador da brigada Altitude Ambiental, Ricardo Xavier, o incêndio começou na terça-feira (19) e só foi controlado na madrugada desta quinta (21). Cerca de 20 pessoas da brigada atuaram no combate ao fogo. Ainda não há uma estimativa do tamanho da área atingida. Conforme o coordenador da brigada, o grupo deve fazer imagens de drone para calcular a área queimada e ver se há novos pontos de chamas. Ainda segundo Ricardo Xavier, o Vale dos Três Morros abriga afluentes dos rios de Contas, Paraguaçu e São Francisco, além de um sítio arqueológico com pinturas rupestres. Segundo o G1, o coordenador da brigada explicou também que ainda não é possível determinar o que causou o fogo, mas as chamas teriam começado próximo a uma estrada.

23 Out 2019 - 10:30h

O incêndio de grande proporção que atingiu as áreas de vegetação das cidades de Livramento de Nossa Senhora e Rio de Contas, na região da Chapada Diamantina, foi controlado pelo Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA). A informação é da assessoria da corporação nesta terça-feira (22). Os locais são monitorados pelos bombeiros. Além de Livramento de Nossa Senhora, as chamas também atingem outras áreas de vegetação da Chapada Diamantina. Ainda não há informações sobre o tamanho da área atingida, nem as causas do incêndio, que começou no sábado (19). Em Rio de Contas, foram deslocadas duas aeronaves da Air Tractors (aeronave agrícola que também pode ser adaptada para combate a incêndio), do Programa Bahia Sem Fogo, para realizarem o resfriamento das chamas. Com esse suporte, dezenove agentes e nove brigadistas voluntários puderam acessar as áreas com mais segurança. Além disso, foi disponibilizado um helicóptero para realizar o transporte da tropa até os focos mais distantes com difícil acesso.

22 Out 2019 - 13:30h

Equipes do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA) foram desde o último sábado (18) ao interior do estado para combater os incêndios florestais na Chapada Diamantina. Com ações estratégicas, o Programa Bahia Sem Fogo, do Governo do Estado, empregou 28 florestais, bombeiros militares especialistas em Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais. Uma equipe atua em Livramento de Nossa Senhora, próximo à cachoeira do Rio Brumado, região conhecida como Véu de Noiva, que é de difícil acesso. Outra equipe foi deslocada para Rio de Contas, onde foram identificados grandes focos distantes entre si que. A região conhecida como Serra da Cravada, entre os municípios de Iraquara, Palmeiras e Lençóis também recebeu uma equipe do projeto. Nesta segunda-feira (21), por meio do programa, foram disponibilizadas duas aeronaves Air Tractor para dar suporte no combate e auxiliar na definição de estratégias de combate terrestre, com maior eficiência. Ainda não há informações sobre as causas do incêndio e o tamanho da área atingida.

14 Set 2019 - 05:40h

Cento e quarenta mil pés de maconha foram encontrados pela Polícia Militar, na cidade de Andaraí, na Chapada Diamantina, na tarde da última quarta-feira (11). Segundo a Polícia Militar, nenhum suspeito foi preso. De acordo com a PM, as guarnições da 29ª Companhia Independente de Polícia Militar de Seabra e a Cipe Chapada, após uma denúncia anônima, chegaram na região do povoado de Poço do Boi, onde tomou conhecimento de um plantio de "maconha", na localidade. Ainda segundo a PM, por volta das 17h as guarnições se deslocaram para o local, onde os policiais constataram a veracidade das informações, tendo sido encontrada uma fazenda totalmente irrigada, destinada ao plantio de maconha.  Ainda no local, havia cerca de 3 mil kg de maconha já ensacada e pronta para consumo, além disso, uma roça com cerca 140 mil pés de maconha, adubos, fertilizantes, objetos pessoais e uma residência utilizada pelos traficantes. Os suspeitos conseguiram fugir. A PM informou que a maior parte da plantação foi incinerada e alguns pés de maconha foram levados para perícia no Departamento de Polícia Técnica (DPT).

14 Ago 2019 - 08:30h

Meia tonelada de explosivos, dividida em bananas de dinamite, foi apreendida na madrugada desta terça-feira (13), na cidade de Souto Soares, região da Chapada Diamantina. Dois homens que estavam com o material conseguiram fugir com a aproximação da polícia. Segundo o G1, a suspeita da polícia é de que a dinamite seria utilizada em ataques a bancos. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), os explosivos estavam armazenados em uma caminhonete. Eles foram encontrados durante a Operação Varredura. Ainda segundo a SSP-BA, os policiais militares chegaram a fazer rondas para tentar encontrar os suspeitos, mas ninguém foi localizado. O material foi levado para a delegacia de Seabra.

08 Ago 2019 - 15:30h

Um idoso 75 anos foi preso suspeito de estuprar e ameaçar uma mulher em Piatã, cidade da Chapada Diamantina. Conforme a Polícia Civil, a prisão temporária ocorreu na quarta-feira (7). Ainda segundo a polícia, José Ovídio Macedo, conhecido como “Zé Manso”, cometeu o crime no dia 1º de agosto. No entanto, a polícia não divulgou informações sobre as circunstâncias do crime. Segundo o G1, o homem foi encaminhado para a delegacia da cidade e está à disposição da Justiça. Caso é acompanhando pela Polícia Civil da cidade.

05 Ago 2019 - 16:00h

A possibilidade de proteção para 36 produtos tipicamente brasileiros por meio de acordo comercial entre o Mercosul e a União Europeia, conforme anunciou em julho o Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento, tem deixado produtores de cachaça da cidade de Abaíra, na região da Chapada Diamantina, na Bahia, bastante otimistas. Produzida a partir da cana-de-açúcar, a cachaça da região é um desses produtos e, se de fato houver a proteção, os produtores esperam retomar exportações, paradas há cerca de 15 anos, e aumentar produção em até 10 vezes, conforme a associação dos produtores. O texto do acordo que prevê proteção aos produtos brasileiros ainda é preliminar e deve passar por revisões. O acordo ainda não está em vigor e ainda depende da aprovação de todos os países envolvidos no pacto. Segundo o G1, além da cachaça de Abaíra, estão entre os produtos a receberem proteção no comércio o queijo Canastra, a linguiça Maracaju e o café Alto Mogiana. As indicações geográficas têm como objetivo a valorização de produtos tradicionais. A Cachaça Abaíra é produzida artesanalmente por pequenos produtores da microrregião da cidade e região. O processo produtivo remonta de uma tradição de mais de 200 anos.

17 Jul 2019 - 08:00h

Depois de mais de dez dias sem comunicação com a família, o turista italiano Antonio Ruscio, de 34 anos, entrou em contato com parentes na Itália. O rapaz, que está viajando de moto pela Chapada Diamantina, ficou sem internet e por isso não tinha como se comunicar. Ele parou de dar notícias no dia 6 de julho, logo depois de passar por Lençóis. De acordo com o jornal da Chapada, Informações dão conta de que ele está em Tanquinho de Lençóis e já tranquilizou toda a família.

03 Jul 2019 - 08:00h

A cachaça da cidade de Abaíra será um dos produtos beneficiados pelo acordo de livre comércio firmado entre o Mercosul e a União Europeia. A cachaça baiana encabeça a lista de 61 bens exclusivamente brasileiros que o governo pediu que não fossem replicados com o mesmo nome na Europa. A avaliação do Instituto Brasileiro da Cachaça (IBRAC) é de que o reconhecimento e proteção da Indicação Geográfica da Cachaça pelo bloco europeu, um dos maiores mercados de exportação do destilado brasileiro, resultará no aumento das vendas. As reduções de tarifas também tendem a facilitar os negócios. De acordo com o jornal Estado de S.Paulo, a partir da ratificação do acordo, outros 350 produtos também ganharão essa proteção no Mercosul, aumentando em muito as restrições a determinados setores da indústria, sobretudo para fabricantes de queijos, embutidos e bebidas.

30 Jun 2019 - 04:25h

Um homem morreu após entrar em confronto com a polícia no sábado (29), em um sítio de Iraquara, cidade da Chapada Diamantina. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), Ronaldo Cruz de Souza é suspeito de vigiar uma plantação do sítio com 250 mil pés de maconha. A SSP-BA informou que policiais das Companhias Independentes de Policiamento Especializado (Cipes) Chapada e Semiárido chegaram à propriedade após denúncias anônimas. 

Por conta da grande quantidade de pés de maconha, a polícia informou que solicitou um trator da prefeitura de Iraquara para ajudar na erradicação da plantação. Além dos pés de maconha, os PMs acharam 72 kg da erva colhidos e 40 kg da mesma droga prensada em uma casa que fica dentro do sítio. A maconha era cultivada e distribuída na propriedade, segundo informou a polícia. Conforme detalhou a SSP-BA, guarnições chegaram ao terreno e foram recebidas a tiros por Ronaldo Cruz. No confronto ele foi atingido, socorrido para o hospital da cidade, mas não resistiu. Com o suspeito, também foram encontrados um revólver calibre 38 e munições.

09 Jun 2019 - 07:25h

Unidos às belezas que a natureza oferece, a produção de café e vinho e a culinária típica da Chapada Diamantina, no centro da Bahia, têm sido fortes estimulantes para o turismo na região. Formado por 24 municípios, o território é um dos mais procurados por aqueles que desejam um tempo longe das cidades grandes. Neste sábado (8), a TV Bahia exibiu a sétima reportagem do projeto “Avança”, que trata sobre o desenvolvimento econômico do estado, e mostra segmentos que são destaque, setores com alta produtividade, exemplos de negócios e utilização de tecnologia. A capital turística da Chapada Diamantina é a cidade de Lençóis. No município, fica o único aeroporto da região: Aeroporto Coronel Horácio de Matos. Atualmente, o terminal aéreo tem cinco voos que partem e chegam na cidade a cada semana. Mas é pela estrada que a maioria dos turistas chega. Por ano, o município recebe 120 mil visitantes, dez vezes a população local: 12 mil moradores. “É uma cidade muito agradável, com uma bela natureza”, diz um turista holandês. Além do sossego da natureza, os turistas buscam aventura nas trilhas, vales, rios e cachoeiras da região. Há também barzinhos, restaurantes e um clima gostoso que convida o turista a relaxar, nas noites badaladas da cidade. Lençóis oferece 4 mil leitos em casas de aluguel, campings, hotéis e pousadas bem charmosas.

11 Mai 2019 - 05:45h

Agricultores de um povoado na zona rural do município de Itaberaba, localizado na região da Chapada Diamantina, na Bahia, colheram uma mandioca gigante que chamou a atenção dos demais moradores da região e ganhou as redes sociais. A raiz mede cerca de 5 metros de comprimento. De acordo com o G1, a agricultora Zaedna Dias Carmo conta que ela e o marido, que moram no povoado de Formosa e também plantam feijão, melancia e abacaxi, tiveram que reunir várias pessoas para poder colher a mandioca, que pesa em torno de 20 kg.  “No local onde ela estava, a terra já tinha rachado e foi então que a gente percebeu que era uma coisa grande. Para retirar, tivemos que contar com a ajuda dos vizinhos”, destacou a agricultora. A mandioca virou atração no povoado e muitas pessoas pedem para tirar fotos. A agricultora conta que a raiz já está dura e que não dá mais para cozinhar. Ela afirma que, por conta disso, a mandioca vai ser usada para alimentar os animais.

24 Abr 2019 - 11:00h

Referência na confecção de cervejas artesanais, café e vinhos, a Chapada Diamantina agora uma nova opção de bebida: o refrigerante natural de kombucha. O produto é uma parceria do fotógrafo Açony Santos e da produtora cultural Monique Ferrari. A Sempre Viva Kombucha é produzida em Lençóis e seu nome é uma homenagem à flor sempre-viva, típica da região e símbolo da sua preservação. A kombucha costuma ser recomendada por nutricionais, visto que é feita apenas com ingredientes naturais. A bebida é gaseificada, livre de conservantes e corantes, sendo um saboroso substituto dos refrigerantes tradicionais. Além disso, a kombucha é rica em probióticos e possui inúmeros benefícios à saúde.

21 Abr 2019 - 05:30h

Cooperativas da agricultura familiar da Chapada Diamantina, na Bahia, estão investindo na produção de cafés especiais, essencialmente o gourmet, e visam a exportação do produto para outros estados do país e até para o exterior. Os produtores relatam avanço na produção e, com isso, dizem ter motivos a mais para celebrar o Dia Internacional do Café, comemorado no domingo (14). De acordo com  G1, uma das cooperativas é a Coopiatã (Cooperativa de Cafés Especiais e Agropecuária de Piatã), cujo café se mantém entre os dez melhores escolhidos no Cup of Excellence da BSCA – Brazilian Speciality Coffee Association, principal concurso de qualidade de café no mundo. Em Seabra, o café orgânico da Cooperativa de Produtores Orgânicos e Biodinâmicos da Chapada Diamantina (Cooperbio) é outro que se destaca. Produzido por agricultores produtores de café orgânico dos municípios de Abaíra, Bonito, Ibicoara, Piatã, Rio de Contas e Seabra, o café já é exportado para a Alemanha, Inglaterra e Austrália, e comercializado em cafeterias de Salvador, São Paulo e Brasília. O governo estadual informou que tem investido R$ 3,2 milhões na cadeia produtiva do café, que vem possibilitando agregar valor à produção e alavancar a comercialização do produto. As ações são realizadas por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio do projeto Bahia Produtiva, com recursos do Banco Mundial, e visam a qualificação do café, desde o plantio até o acesso ao mercado.

06 Abr 2019 - 06:20h

Um idoso de 89 anos foi preso suspeito de manter uma fábrica clandestina de armas de fogo, na quinta-feira (4), em Lajedinho, na região da Chapada Diamantina. Conforme a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), foram apreendidas 13 armas, munições e equipamentos para montar e dar manutenção em materiais bélicos. De acordo com informações da SSP, Manoelito Santos Rocha foi encontrado após denúncias anônimas sobre peças e produtos furtados em uma loja de materiais de construção. O idoso contou para a PMs da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) que comprou os objetos com um homem conhecido como Edmon. De acordo com o G1, o órgão informou que os policiais perceberam que o suspeito ficou nervoso e resolveram efetuar buscas no imóvel. Foram apreendidas 12 espingardas, um revólver calibre 32, diversas munições, estojos, pólvora e peças de madeira, além de furadeiras, chuveiros elétricos, massa corrida, martelo, entre outros produtos furtados da loja de material de construção. Segundo a SSP, o idoso e os materiais foram encaminhados para a delegacia territorial de Ruy Barbosa, município próximo a Lajedinho.

08 Mar 2019 - 10:00h

Um vídeo que está sendo divulgado nas redes sociais mostra a situação precária da BA-148, principalmente no trecho que liga Abaíra, na Chapada Diamantina, ao entroncamento da BA-242. Os inúmeros buracos espalhados na pista dificultam o trânsito dos motoristas que trafegam pela rodovia. Os condutores reclamam que a falta de estrutura tem danificado os veículos e pode provocar uma tragédia. Na BA-148, é intenso o tráfego de veículos pesados e carros pequenos, pois é uma via liga diversas cidades da Chapada. São aproximadamente 120 quilômetros de muitos buracos e intenso fluxo. O vídeo está sendo divulgado na tentativa de que as autoridades tomem conhecimento da situação e que providências sejam tomadas rapidamente.

22 Fev 2019 - 10:30h

Na sessão de quarta-feira (20), o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) deu provimento ao pedido de reconsideração formulado pelo prefeito de Piatã, Edwilson Oliveira Marques (PTB), o Ed Peças, e reduziu a multa imposta de R$3 mil para R$2 mil. Segundo apurou o site Achei Sudoeste, o relator do parecer, conselheiro Raimundo Moreira, manteve a aprovação com ressalvas das contas relativas ao exercício de 2017. No recurso, o gestor sanou irregularidades relacionadas ao cancelamento de restos a pagar na ordem de R$562.708,69, sem o devido processo administrativo e apresentou comprovantes bancários dos valores creditados nas contas dos servidores descritos em folhas de pagamentos, cujo somatório atinge o montante de R$1.174.573,91.

10 Fev 2019 - 09:05h

Lídia Caíres, mulher do ex-prefeito do município de Iramaia, Antônio Rodrigues Caires (PSL), o Dodinha, morreu na sexta-feira (08), após o carro em que estava cair de uma ponte na cidade de Mundo Novo. A filha da ex-primeira-dama, de prenome Lívia, e o motorista ficaram feridos. Populares informaram que o condutor perdeu o controle da direção do veículo modelo caminhonete e caiu na ponte da Bucania. No acidente, Lídia Caíres teria sido arremessada para fora do carro. A ex-primeira-dama não resistiu os ferimentos e morreu a caminho do hospital de Vitória da Conquista. Os feridos foram levados para uma unidade de saúde em Barra da Estiva.

31 Jan 2019 - 08:00h

O Governo do Estado havia prometido a recuperação da BA-142, no trecho que liga os municípios de Tanhaçu a Andaraí, na Chapada Diamantina, para o início do segundo semestre de 2018, mas até o momento as obras não começaram. A rodovia é uma importante via de escoamento de tudo que é produzido na região. Revoltados, os motoristas que trafegam no local relatam que os buracos podem ocasionar graves acidentes, além de gerar danos aos veículos. Durante a campanha eleitoral de 2018, a superintendência de infraestrutura da Bahia chegou a afirmar que a reconstrução da BA-142 era prioridade e que a estrada já estava incluída no Programa de Restauração e Manutenção de Rodovias do Estado da Bahia (Premar 2).

30 Jan 2019 - 17:30h

O site internacional Buzz Feed  publicou  uma lista com 17 destinos que deveriam ser visitados no Brasil. No topo da lista aparece a Chapada Diamantina, na Bahia, que é seguida por Fernando de Noronha (Pernambuco), o Corcovado (Rio de Janeiro), Jericoacoara (Ceará), Praça dos Três Poderes (Brasília), Ouro Preto (Minas Gerais), Chapada dos Veadeiros (Goiás), Rio Amazonas (Amazonas), Lençóis Maranhenses (Maranhão) e o Terraço Itália (São Paulo). A Chapada dos Guimarães (Mato Grosso) vem em 11º, depois de Bonito (Mato Grosso do Sul), Monte Roraima (Roraima), Porto de Galinhas (Pernambuco), Cataratas do Iguaçu (Paraná), Inhotim (Minas Gerais) e a Praia da Pipa (Rio Grande do Norte).