Achei Sudoeste

BUSCA PELA CATEGORIA "Esportes"

20 Set 2019 - 13:00h

Com algumas novidades, o técnico Tite anunciou no final da manhã desta sexta-feira (20) a convocação da Seleção Brasileira para os amistosos contra Senegal e Nigéria, respectivamente no dia 10 de outubro, uma quinta-feira, e no dia 13, um domingo. As duas partidas serão disputadas no Estádio Nacional de Singapura. Após cumprir suspensão, o atacante Gabriel Jesus, do Manchester City, está de volta ao time Canarinho. Outro que retorna é o também atacante Everton Cebolinha, do Grêmio, que não foi chamado para os amistosos de setembro por causa da disputa da semifinal da Copa do Brasil. Das novidades, foram chamados o goleiro Santos, o zagueiro Rodrigo Caio, o lateral Renan Lodi, o meia Matheus Henrique e o atacante Gabriel, o Gabigol. Confira a lista dos 23 jogadores convocados: Goleiros: Ederson (Manchester City), Santos (Athletico-PR) e Weverton (Palmeiras); Laterais: Daniel Alves (São Paulo), Danilo (Juventus), Alex Sandro (Juventus) e Renan Lodi (Atletico de Madrid); Defensores: Éder Militão (Real Madrid), Marquinhos (PSG), Rodrigo Caio (Flamengo) e Thiago Silva (PSG); Meias: Arthur (Barcelona), Casemiro (Real Madrid), Fabinho (Liverpool), Lucas Paquetá (Milan), Matheus Henrique (Grêmio) e Philippe Coutinho (Bayern de Munique); Atacantes: Everton (Grêmio), Gabriel (Flamengo), Gabriel Jesus (Manchester City), Neymar (PSG), Richarlison (Everton) e Roberto Firmino (Liverpool).

19 Set 2019 - 06:50h

O Athletico Paranaense é o campeão da Copa do Brasil de 2019. Com uma exibição segura, mesmo diante de um Beira-Rio lotado, a equipe comandada por Thiago Nunes segurou o Internacional, venceu por 2 a 1 e assegurou o troféu inédito para o clube paranaense. Léo Cittadini abriu o placar, enquanto Nico López anotou o gol que chegou a dar esperança aos gaúchos. Rony, no fim, anotou um belo gol após jogada linda de Marcelo Cirino. De acordo com o Uol Esporte, mesmo fora de casa, o Athletico se sentiu à vontade. A postura retraída contrastou com os contra-ataques velozes, especialmente quando o Inter exibia certo nervosismo e desperdiçava passes. Em um deles, Cittadini aproveitou a chance, calou o Beira-Rio e mudou todo o panorama do duelo. Nem o gol de Nico serviu para promover uma grande pressão colorada. A maturidade do time de Tiago Nunes vem desde a temporada passada. Sob o comando do treinador e com boa parte do grupo, com destaque para Bruno Guimarães, a equipe paranaense conquista o segundo título de Copa, já que, no ano passado, o clube rubro-negro chegou ao topo na Sul-Americana. A parceria ainda rendeu o troféu do Campeonato Paranaense de 2018 e a Levain Cup deste ano.

24 Jul 2019 - 16:30h

Pesquisa inédita do Instituto Paraná revela que 62% dos brasileiros apoiam a permanência do técnico Tite na Seleção Brasileira. Já 24% afirmaram ser contra, enquanto 13% não souberam ou não quiseram responder. Ainda não se sabe se Tite continuará comandando o time. Ele tem enfrentado uma série de desavenças com o presidente da CBF, Rogério Caboclo. Entre elas a escolha de Juninho Paulista para substituir Edu Gaspar no cargo de coordenador da Seleção.

12 Jul 2019 - 16:30h

Um dos protagonistas do Campeonato Brasileiro até a parada para a realização da Copa América, o árbitro de vídeo causou estranheza nas primeiras nove rodadas da competição. O público que assiste futebol pela TV ou frequenta os estádios por aqui ainda não se acostumou com o tempo que os árbitros levam para rever as decisões com o auxílio do VAR – a demora, inclusive, é algo que se repetiu na Copa América disputada no país. Apesar das críticas e dos problemas – que voltaram a acontecer na noite desta quarta-feira pela Copa do Brasil –, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou um balanço parcial no qual ficam evidentes os benefícios da adoção da tecnologia no futebol nacional. De acordo com a Revista Placar, Leonardo Gaciba, presidente da comissão de arbitragem da CBF, apresentou um relatório sobre a utilização do VAR na Comissão do Esporte da Câmara a pedido de um ex-colega de apito. A audiência pública foi solicitada pelo ex-árbitro e deputado paranaense Evandro Rogério Roman (PSD-PR). É bom deixar claro que os políticos brasileiros não têm qualquer autoridade para alterar as regras do futebol. Roman teve protagonismo em sua carreira de juiz, atuando em jogos da primeira divisão nacional e em disputas internacionais na década passada.

09 Jul 2019 - 08:30h

O repórter Mauro Naves foi demitido da Rede Globo após trabalhar por 31 anos na emissora. O jornalista estava afastado de seu cargo desde junho, quando foi retirado da cobertura da Copa América por ter passado o contato do pai de Neymar – sem comunicar a Globo – aos ex-advogados de Najila Trindade, que acusa o atacante de estupro. As informações sobre sua demissão foram confirmadas pela Assessoria de Comunicação da Rede Globo. “O Grupo Globo e o jornalista Mauro Naves decidiram encerrar consensualmente o contrato de prestação de serviços que mantinham”, diz a nota divulgada para a imprensa. “O Grupo Globo reconhece a imensa contribuição de Mauro Naves ao jornalismo esportivo e a ele agradece os 31 anos de dedicação e colaboração”. Na época do afastamento, a emissora afirmou em nota que havia evidências de que as atitudes de Naves no caso “contrariaram a expectativa da empresa sobre a conduta de seus jornalistas”. De acordo com a Veja, um dos mais experientes repórteres esportivos da Globo, o jornalista esteve nas Copas do Mundo de 1998 (França), 2002 (Coreia e Japão), 2006 (Alemanha), 2010 (África do Sul), 2014 (Brasil) e 2018 (Rússia).

08 Jul 2019 - 10:30h

Daniel Alves já era o maior campeão da história do futebol. E agora é o primeiro a atingir quatro dezenas de taças, quantidade que poucos clubes e seleções no mundo possuem. A Copa América, conquistada neste domingo diante do Peru, no Maracanã, é o 40º título da carreira do lateral, de 36 anos, o primeiro que ele ergue como capitão do Brasil. Aos 36 anos e em sua 19º temporada como profissional, ele foi campeão, em média, mais de duas vezes por ano. De acordo com o Globo Esporte, Daniel Alves está à frente de ninguém menos que Pelé. Mas com uma ressalva. O Rei tem 37 títulos, dos quais 30 são oficiais. No entanto, suas sete taças restantes são por torneios amistosos com grande relevância na época, todos com a camisa da seleção brasileira, que o faz ter 10 conquistas com a camisa do Brasil, somando-se às três Copas do Mundo. O lateral ex-Barcelona e PSG chegou ao seu quarto troféu pela Seleção: duas Copas América (2007 e 2019) e duas Copas das Confederações (2009 e 2013). “O reencontro com o Maracanã é sempre muito especial, aqui é nossa casa. A gente estava determinado que um jogo a gente ia fazer aqui. Tínhamos apanhado muito, tava doendo, sinceramente. A gente precisava dar uma resposta positiva e um passo a frente. Esse passo foi dado. Parabéns a nossa comissão e aos nossos jogadores. A gente só queria construir algo com eles. Poder dar um grande presente pra ele”, disse o lateral, ainda no gramado, após a conquista do título.

07 Jul 2019 - 19:00h

O Brasil é campeão da Copa América pela nona vez. Com muito mais drama do que o esperado, a seleção derrotou o Peru e voltou a conquistar a competição depois de 12 anos. Gabriel Jesus foi o grande nome da final disputada na tarde de hoje no Maracanã, com um gol e uma assistência, e conduziu a vitória por 3 a 1, mesmo sendo expulso no segundo tempo. Everton Cebolinha também teve participação preponderante no duelo com um gol e um pênalti sofrido no final. De acordo com o Uol Esporte, o cartão vermelho do camisa 9 deixou o jogo tenso, com a seleção peruana se lançando ao ataque e levando perigo a Alisson. Mas os gols de Everton, Jesus - esses dois na primeira etapa - e Richarlison deram a paz que Tite e companhia tanto buscavam nesta Copa América. Paolo Guerrero descontou para o Peru, de pênalti, também no primeiro tempo. Ainda que a final tenha ganhado ares dramáticos por alguns minutos, o título coroa uma campanha invicta e dominante do Brasil, capaz de ostentar o melhor ataque, com 12 gols em seis partidas, a melhor defesa, que foi vazada pela primeira vez hoje, e as melhores marcas em dribles, finalizações, passes certos e posse de bola.

02 Jul 2019 - 23:30h

Só Jesus na causa! O camisa 9 da seleção brasileira, enfim, voltou a mostrar toda a personalidade e categoria do início da carreira e decidiu o clássico contra a Argentina na noite de hoje. Graças a um gol e a uma assistência de Gabriel Jesus, o Brasil venceu os rivais por 2 a 0 no Mineirão, em Belo Horizonte, e está de volta a uma final de Copa América depois de três campanhas fracassadas. A última decisão havia sido em 2007, ano também do último título canarinho no torneio. De acordo com o Uol Esporte, o placar foi inaugurado aos 18 minutos do primeiro tempo, em uma linda trama ofensiva protagonizada por Daniel Alves, um dos melhores da noite, com assistência de Roberto Firmino para Gabriel Jesus desencantar na Copa América. Jesus ainda apareceu para decidir na etapa final, com arrancada e passe para Firmino ampliar aos 25 do segundo tempo. No fim, houve tempo para a torcida se deliciar com gritos de olé, mesmo diante de toda a dificuldade encontrada ao longo da partida. A final está marcada para as 17h de domingo, no Maracanã, no Rio de Janeiro. O adversário sai da disputa entre Chile e Peru, que se enfrentam amanhã, às 21h30, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. A decisão do terceiro lugar será no sábado, às 16h, na Arena Corinthians, em São Paulo.

27 Jun 2019 - 23:50h

A seleção brasileira, enfim, se livrou do fantasma paraguaio na Copa América. Depois de ser eliminado da competição pelo adversário nos pênaltis em 2011 e 2015, o Brasil desta vez passou pelo Paraguai nas penalidades com vitória por 4 a 3, após o empate por 0 a 0 na noite de hoje, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. É a primeira vez desde 2007 que a seleção chega à semifinal do torneio - o rival ainda não está definido. De acordo com o Uol Esporte, após um primeiro tempo sem muitas emoções - inclusive com os paraguaios criando a melhor chance, em defesa de Alisson após chute de Derlis González -, o Brasil sobrou na etapa final. Foram muitas finalizações perigosas, com intervenções decisivas do goleiro botafoguense Gatito Fernández, e até uma bola na trave de Willian aos 44 minutos. Nos acréscimos, Everton e Philippe Coutinho só não marcaram porque desvios da defesa salvaram o Paraguai. A tensão e a retranca paraguaia acabaram prevalecendo.

23 Jun 2019 - 18:48h

Não deu para o Brasil. Apesar de bastante intensidade, uma atuação coletiva em alto nível e o flerte com a virada de placar, a seleção brasileira perdeu hoje (23) para a França por 2 a 1, já na prorrogação, no estádio Océane, em Le Havre, pelas oitavas de final da Copa do Mundo feminina, e deu adeus à competição, sendo eliminada justamente pelas anfitriãs. De acordo com o Uol Esporte, o jogo foi agitado do início ao fim com chances de gol para ambas as equipes. O Brasil pecou individualmente; e foi assim que a França balançou as redes. As donas da casa, por sua vez, se atrapalharam enquanto coletivo, dando brechas para rápidas e envolventes subidas canarinhas ao ataque. Gauvin abriu o placar, e Thaisa empatou, levando o jogo à prorrogação. Foi então que Henry aproveitou bola aérea e chutou no canto esquerdo de Barbara para selar a eliminação brasileira. Agora nas quartas de final de final, em jogo previsto para a próxima sexta-feira (28), no estádio Parc des Princes, a França encara o vencedor do embate entre Espanha e Estados Unidos, que se enfrentam amanhã (24), às 13h (horário de Brasília), no estádio de Reims. Tricampeãs, as estadunidenses chegam como favoritas.

22 Jun 2019 - 18:00h

A seleção brasileira conseguiu uma atuação mais regular e convincente ao logo dos 90 minutos na tarde de hoje contra o Peru e venceu por 5 a 0. O resultado construído com tranquilidade na Arena Corinthians, em São Paulo, garantiu ao Brasil a primeira colocação do Grupo A com sete pontos e, consequentemente, a vaga nas quartas de final da Copa América. O adversário ainda não está definido. De acordo com o Uol Esporte, o placar foi inaugurado aos 13 minutos do primeiro tempo, com gol de cabeça de Casemiro, que nunca havia marcado pelo time canarinho. Aos 19, aproveitando falha grotesca do goleiro Pedro Gallese, Roberto Firmino ampliou. Ainda na etapa inicial, o xodó Everton, craque do jogo, fez bonito gol, aos 31. Depois do intervalo, Daniel Alves precisou de nove minutos para anotar mais e Willian, já aos 45, fez um golaço de fora da área para fechar o passeio. O rival do Brasil nas quartas de final será um dos dois melhores terceiros da fase de grupos, menos os peruanos, caso se classifiquem - assim, até a Argentina pode entrar no caminho. Essa partida está prevista para as 21h30 da próxima quinta-feira (27), na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. O Peru precisa aguardar a definição dos terceiros colocados das demais chaves para saber se avança.

18 Jun 2019 - 23:45h

As vaias vieram novamente. Mas desta vez no segundo tempo. E não houve compensação para a torcida. O Brasil sofreu com a forte defesa da Venezuela e a tecnologia. Teve dois gols anulados pelo VAR e ficou no 0 a 0 com a Vinotinto na noite desta terça-feira, na Fonte Nova, pela segunda rodada do Grupo A da Copa América. De acordo com o Globoesporte.com, o resultado frustrou parte dos quase 40 mil torceodres que acompanharam o jogo em Salvador. Houve quem gritasse "olé" para os venezuelanos. Tite e companhia agora lutarão pelo primeiro lugar da chave com o Peru, no próximo sábado, às 16h.

15 Jun 2019 - 06:20h

Jogando de branco, o Brasil estreou com vitória na Copa América ao bater a Bolívia por 3 a 0, na noite desta sexta-feira (14), no Morumbi. Coutinho duas vezes, um deles de pênalti após o árbitro consultar o VAR, e Everton, com um golaço, fizeram para o time de Tite. A utilização do uniforme é uma homenagem aos 100 anos do título da Seleção no Sul-Americano de 1919, considerada a primeira edição da competição. A última vez que o time Canarinho utilizou uma vestimenta desta cor foi em 2004 contra a França, em amistoso comemorativo do centenário da Fifa.

11 Jun 2019 - 10:30h

O jogador Neymar está valendo menos no mercado após as seguidas lesões e polêmicas fora de campo. De acordo com um estudo do Centro Internacional do Estudo do Esporte (CIES), o valor do atacante caiu 29,6% desde o começo do ano, de 213 milhões de euros (R$ 935 milhões) para 150 milhões de euros (R$ 658 milhões). Uma desvalorização de R$ 277 milhões em pouco mais de cinco meses. Neymar foi vendido pelo Barcelona ao PSG por 222 milhões de euros (R$ 975 milhões), em 2017. Na última quarta-feira (5), ele foi cortado da Seleção Brasileira após se machucar em amistoso da Copa América.

04 Jun 2019 - 09:30h

O cantor baiano Léo Santana divulgou nas redes sociais, nesta segunda-feira (3), que a música tema da Copa América 2019 é fruto de uma parceria dele com a cantora colombiana Karol G. Em menos de uma hora, a publicação teve mais de 12 mil curtidas. Nos comentários, fãs vibraram por Léo. “Tá estourado demais!”, disse um fã. “O gigante vai conquistar o mundo”, escreveu outro. Segundo o artista, a canção, batizada de “Vibra Continente”, é uma composição dele com três amigos. A música ainda não foi lançada. A Copa América deste ano ocorre de 14 de junho a 7 de julho, no Brasil. No total, 12 seleções irão disputar o título.

20 Mai 2019 - 15:30h

Neste domingo 19, em partida válida pela 25ª rodada do Campeonato Boliviano, o juiz Víctor Hugo Hurtado Ogeda morreu enquanto arbitrava o confronto entre Always Ready e Oriente Petrolero. A notícia foi confirmada pela própria federação de futebol da Bolívia e lamentada pelo presidente do país, Evo Morales. Durante o segundo tempo do confronto, que terminou em 5 a 0 para o Always Ready, Ogeda caiu desacordado e recebeu atendimento médico ainda no gramado, mas não resistiu. A causa do falecimento ainda não foi determinada. De acordo com a Veja, a partida foi disputada no Estádio Villa Ingenio de El Alto, a 4.090 metros na altitude de La Paz. “A Federação Boliviana de Futebol lamenta comunicar o falecimento do árbitro da primeira categoria, Víctor Hugo Hurtado Ogeda, por causas ainda não determinadas. O juiz se encontrava arbitrando a partida entre Always Ready e Oriente Petrolero. A Federação expressa à família do profissional sua solidariedade e apoio neste momento de dor. A tempo de fazer conhecer o seu pesar, a Federação Boliviana de Futebol decreta luto no futebol nacional por sete dias”, declarou em comunicado a principal entidade futebolística do país. “Lamentamos o falecimento do árbitro Víctor Hugo Hugo Hurtado, enquanto apitava a partida entre Always Ready e Oriente Petrolero. Enviamos nossas condolências e solidariedade a sua família, amigos e colegas. O futebol boliviano está de luto”, postou o presidente boliviano Evo Morales.

09 Mai 2019 - 11:30h

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) assinou nesta quarta-feira, 8, durante evento no Rio de Janeiro, um termo de cooperação para que um novo autódromo seja construído no bairro de Deodoro, na Zona Oeste, e passe a receber o GP do Brasil de Fórmula 1 (atualmente sediado em Interlagos, em São Paulo) a partir de 2020 e também a MotoGP. O novo circuito receberá o nome de Ayrton Senna, em homenagem ao tricampeão morto há 25 anos, revelou o presidente nas redes sociais, horas depois do evento. “São Paulo, como havia participação pública e uma dívida enorme, tornou-se inviável a permanência da Fórmula 1 lá. Então, vieram para o Rio de Janeiro, e o autódromo será construído em seis, sete meses, após o início das obras. De modo que, pela ocasião da Fórmula 1 do ano que vem, ela será realizada no Rio”, afirmou Bolsonaro, durante cerimônia em homenagem ao Dia da Vitória contra o Nazifascismo, no Monumento Nacional aos Mortos da II Guerra Mundial no Aterro do Flamengo. De acordo com a Veja, o Rio de Janeiro não sedia o GP do Brasil de Fórmula 1 desde 1989, quando a prova se mudou de Jacarepaguá para Interlagos. O novo autódromo em Deodoro será erguido em um terreno cedido pelo Exército. O contrato entre A Fórmula 1 e Interlagos, no entanto, vai até 2020, o que impossibilitaria a mudança para o Rio antes de 2021. O governador de São Paulo, João Doria, e o prefeito Bruno Covas, já falaram, diversas vezes, sobre a intenção de privatizar e renovar o autódromo paulista.

21 Mar 2019 - 15:30h

A bola vai rolar para uma das principais competições entre seleções do planeta. A Copa América 2019 será disputada no Brasil. O torneio acontece entre os dias 14 de junho a 7 de julho e terá cinco estados brasileiros como sedes. Além do Brasil, vão participar do torneio Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela, além de Japão e Qatar, seleções convidadas. Os ingressos já estão à venda para a torcida.

A pressão está toda sobre a Seleção Brasileira, que não conquista a competição desde 2007 e não vence um torneio oficial desde a Copa das Confederações 2013, que também foi disputada no Brasil. O favoritismo é todo do time de Tite. A Copa América no Brasil está sendo considerada um divisor de águas. Este será o segundo torneio oficial que o treinador fará frente à Seleção. Um título em casa é mais que obrigação e o técnico espera aproveitar o torneio para fortalecer o grupo já visando a Copa de 2022 no Catar.

Neymar é a maior estrela do futebol brasileiro, mas outros jogadores podem desequilibrar a favor da nossa seleção, como o meia Phillipe Coutinho, do Barcelona, o zagueiro Marquinhos, do PSG e o atacante Gabriel Jesus, do Manchester City. Todos estes jogadores estavam na Copa do Mundo da Rússia, mas agora estão mais experientes e em destaque em seus clubes.

Os grupos da competição

O Brasil está no grupo A juntamente com Bolívia, Peru e Venezuela. Teoricamente se trata de um grupo fácil, mas vale lembrar que a seleção não conseguiu passar da primeira fase na última Copa América, em 2016, quando tinha Equador, Panamá e Peru. Na última rodada, perdeu para os peruanos por 1 a 0 e deu adeus à competição.

A Seleção estreia diante da Bolívia, dia 14 de junho, no estádio no Morumbi, em São Paulo. Na segunda rodada, o time de Tite encara a Venezuela, dia 18 de junho, na Arena Fonte Nova, em Salvador, e fecha sua participação na primeira fase contra o Peru, dia 22 de junho, na Arena Corinthians.

O grupo B é composto pela Argentina, juntamente com Colômbia, Paraguai e Qatar. Os hermanos devem fazer um confronto direto com os colombianos pelo primeiro lugar. A incógnita é com a presença de Lionel Messi, que ainda não confirmou se vem ao Brasil.

O Uruguai encabeça o grupo C, ao lado de Chile, Equador e Japão. Esta é considerada a chave mais difícil da Copa América no Brasil. Os chilenos venceram as duas últimas edições da competição e devem lutar até o fim por uma das vagas. A Celeste sempre tem feito grandes campanhas e não deve facilitar para os adversários. Diferente dos outros anos, o Japão promete não ser apenas um coadjuvante e deve dar trabalho. A boa campanha na Copa do Mundo da Rússia provou que os japoneses estão mais experientes e competitivos.

O que esperar da Argentina?

Após o fiasco em mais uma Copa do Mundo, a Argentina tenta fazer as pazes com a torcida e foca em ser campeã da Copa América para isso. Catorze vezes vencedor da competição, o time comandado por Lionel Scaloni busca a redenção e espera contar com Lionel Messi. O camisa 10 do Barcelona foi convocado para os dois últimos amistosos da seleção argentina antes da competição. Ele não jogava pelo seu país desde o Mundial da Rússia. Só lembrando que a Argentina foi vice nas duas últimas edições do torneio, 2015 e 2016, perdendo ambas para o Chile.

Além de Messi, os hermanos devem ter Dybala, da Juventus e Di Maria, do PSG no elenco. A novidade pode ser a presença do atacante Matías Suárez, campeão da última Libertadores pelo River Plate.

Cuidado com o Chile

Atual campeão da Copa América, o Chile vem para o Brasil em busca do tricampeonato seguido. As grandes campanhas nas edições anteriores empolgam os jogadores que prometem muita garra para chegar ao objetivo. Esta será a primeira competição da seleção chilena sem Jorge Sampaoli, hoje técnico do Santos. A aposta agora é em Reinaldo Rueda, campeão da Libertadores 2017 com o Atlético Nacional de Medellín, com passagem pelo Flamengo. No elenco, peças importantes não vão faltar como o do atacante Alexis Sanchez e o volante Vidal. O meia Valdivia, do Colo-Colo, também deve ser presença certa na Copa América no Brasil.

De olho na Celeste

Luizito Suárez, Arrascaeta, Sánchez, Óscar Tabárez. Quatro motivos para os adversários se preocuparem com o Uruguai na Copa América no Brasil.  O primeiro é artilheiro de um dos times mais poderosos do mundo, o Barcelona. O segundo é só a maior contratação da história do futebol brasileiro feita pelo Flamengo. Carlos Sánchez, do Santos, é outro que vem se destacando no Campeonato Paulista, e Óscar Tabárez é o técnico com mais tempo de comando entre as seleções da América. No cargo desde 2006, o comandante uruguaio foi o campeão da Copa América de 2011.

CONTINUE LENDO

19 Mar 2019 - 16:30h

A Fifa recebeu um número recorde de pedidos de países interessados em sediar a Copa do Mundo de futebol feminino de 2023, informou a entidade nesta terça-feira, 19. Foram nove propostas enviadas para a entidade, entre elas a do Brasil. Todas as candidaturas são de países que nunca sediaram o torneio. Há candidatos da América do Sul, Ásia, Oceania e África. Depois de convidar todas as federações a expressar o interesse em sediar o evento, a organização recebeu pedidos de Argentina, Austrália, Bolívia, Brasil, Colômbia, Japão, Nova Zelândia, África do Sul e Coreia do Sul, que anunciou seu interesse em uma candidatura conjunta com a Coreia do Norte. A Fifa comunicou que será realizado um processo de seleção “justo e transparente”, além de buscar nas candidaturas um compromisso concreto com a sustentabilidade e os direitos humanos. Em sete Mundiais femininos disputados, cinco países foram sede. China (1991 e 2007), Suécia (1995), Estados Unidos (1999 e 2003), Alemanha (2011) e Canadá (2015). Neste ano, a França sediará o torneio, que será disputado na Europa pela terceira vez.

08 Fev 2019 - 06:35h

Um incêndio deixou 10 mortos e três pessoas feridas no Centro de Treinamento do Flamengo, em Vargem Grande, Zona Oeste do Rio, na madrugada desta sexta-feira (8). Os bombeiros foram acionados por volta das 5h (horário de Brasília). De acordo com o G1, entre os feridos há uma pessoa em estado grave. Imagens feitas pelo Globocop mostram uma área do CT do clube completamente destruída pelas chamas. Por volta das 7h20 (horário de Brasília) as chamas já tinham sido controladas e bombeiros atuavam apenas no rescaldo.