Brumado: Professores da rede estadual de ensino aderem à paralisação geral com indicativo greve

18 Fev 2020 - 13:00h

Em assembleia realizada na noite desta segunda-feira (17), os professores da rede estadual de Brumado decidiram aderir à paralisação geral da categoria. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, Gilvan Moreira, membro da APLB Sindicato, destacou que a categoria está perdendo direitos. “Tentamos negociar com o Governo do Estado, mas não tivemos avanço. Por conta disso, a categoria entendeu, nesse primeiro momento, de fazer esse indicativo de greve, essa paralisação”, declarou. Moreira frisou que, durante o movimento, os professores sairão às ruas a fim de conscientizar a população acerca de suas reivindicações, bem como pedindo apoio em prol de uma educação de qualidade. Na tarde desta terça-feira (18), a categoria se reunirá para uma manifestação no Colégio Getúlio Vargas. Na quarta-feira (19), será realizada no CEEP uma palestra com o diretor geral César Nolasco. Já na noite de quinta-feira (20), os professores se reunirão novamente no anfiteatro da Praça Coronel Zeca Leite para debater as pautas do movimento. “Esperamos que o Governo do Estado se sensibilize e que não tenha necessidade de uma greve no início do ano. A responsabilidade por uma política educacional no Estado é do governador. Espero que ele atenda as nossas reivindicações e sente conosco para conversar”, reiterou. Uma nova assembleia será realizada no dia 4 de março para definir se, de fato, haverá greve.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias